Declaração de Eunício Oliveira é um claro sinal de que a reforma da previdência não sai mais este ano.

Embora o Planalto continue se esforçando para falar do tema e dizer que quer votar, o certo é que não como, pois deputados fogem da reforma para não perder votos nas eleições de outubro. Nesta quinta-feira, porém, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, mandou um recado claro. Fez isso ao declarar a jornalistas que a reforma pode ficar para novembro. Ao insinuar que o Senado pode esticar o assunto até novembro, Eunício como que autorizou os parlamentares deixarem de lado a reforma e tratar de suas candidaturas. Aliás, é o que só se faz em Brasília, basta ver o recesso antecipado de carnaval. Ninguém quer ficar em Brasília perdendo tempo. Todos estão, digamos, nas suas bases. E por isso mesmo por que os deputados deveriam se desgastar antes da eleição?

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal