PF já preparava sala especial para Lula na prisão

Resultado de imagem para policia federal parana
A definição sobre o local onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai iniciar o cumprimento de sua pena era assunto de conversas entre a Polícia Federal do Paraná e a Justiça Federal do Paraná há pelo menos duas semana. As informações são do UOL.

As discussões em torno do local ocorreram entre a Justiça Federal e a cúpula da Polícia Federal nas últimas duas semanas, no mesmo período em que o STF (Supremo Tribunal Federal) avaliava o habeas corpus impetrado pela defesa de Lula que pedia que ele não cumprisse sua pena após o julgamento em segunda instância. A principal preocupação era com a segurança do ex-presidente nos primeiros dias do cumprimento de sua pena. 

No despacho que determinou a prisão, Moro disse que Lula ficará preso em uma sala reservada na sede da PF por conta da "dignidade do cargo ocupado" pelo petista. A sala onde Lula ficará preso fica no quarto andar do prédio da Superintendência da Polícia Federal. A PF faz agora os últimos ajustes no espaço que terá acesso a um banheiro e uma cama.

Lula não ficará, portanto, no mesmo local onde ficaram presos outras pessoas condenadas pela Operação Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (MDB) e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Eles, assim como outros investigados pela operação, ficaram presos na carceragem da superintendência, um local semelhante a celas de presídios convencionais.

A PF no Paraná trabalha agora no esquema de segurança previsto para receber o ex-presidente nesta sexta-feira (6).

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal