Brasileira é eleita presidente da organização internacional do vinho

Regina Vanderlinde é a terceira mulher a ocupar a presidência da principal entidade de vinhos mundial de forma consecutiva (Foto: Divulgação/OIV) 
A professora da Universidade de Caxias do Sul, Regina Vanderlinde foi eleita presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), na sexta-feira (6), em cerimônia realizada em Paris, França. É a primeira brasileira a ocupar o cargo. As informações são do G1.

Regina é a terceira mulher a presidir a entidade consecutivamente, e assume no lugar da alemão Monika Christmann. O mandato da brasileira na principal entidade vitivinícola do mundo será de três anos.

Regina Vanderlinde em 2012, assumiu o primeiro posto permanente obtido pelo Brasil na OIV, como secretária científica da Subcomissão de Métodos de Análise de Vinhos da entidade. A candidatura de Regina Vanderlinde teve do governo brasileiro, por meio do Ministério da Agricultura e do Ministério das Relações Exteriores, que emitiu nota, afirmando que no mandato de Regina, o comércio e turismo vitivinícola deverá ser fortalecido, assim como o uso de tecnologia e práticas inovadoras.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal