Líder do governo no Senado defende estados e municípios na reforma



O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defendeu, hoje, durante o evento “Expert 2019”, promovido pela XP Investimentos, em São Paulo, a inclusão de estados e municípios na Reforma da Previdência. Para o líder, as mudanças no sistema previdenciário serão aprovadas em dois turnos no plenário da Câmara em julho, antes do recesso parlamentar.

“A única coisa que ainda está faltando, e não é articulação política, é a inclusão dos estados e dos municípios. Este é o sentimento do Senado. E o sentimento do Brasil é pressa pela Reforma da Previdência”, afirmou.

Para Fernando Bezerra Coelho, se estados e municípios forem incluídos, a Reforma da Previdenciária terá rápida tramitação no Senado. “Por isso, temos que incluir estados e municípios e, quando chegar ao Senado, tirar de lá em 45, 60 dias para o Brasil começar a deslanchar e crescer ainda este ano”.

O líder acrescentou que, após a aprovação da Reforma da Previdência, o governo deve dar início a um amplo programa de desestatização, para “enxugar o tamanho do Estado brasileiro”, e avançar também na reforma tributária. As medidas devem ocorrer nos próximos 12 meses. “O governo tem a proposta de simplificação e unificação de impostos federais. O sistema tributário brasileiro é um problema para empresários e investidores, porque há 27 legislações tributárias”, avaliou.

Fernando Bezerra Coelho participou do painel “A interação dos poderes e o papel das instituições no cenário atual”, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal