Em nova declaração alarmante, ministro Mandetta diz que eleições em outubro é uma tragédia

Resultado de imagem para mandetta prefeitos
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defendeu em reunião online com prefeitos neste domingo, 22, que as eleições municipais de outubro sejam adiadas em razão da pandemia de coronavírus. O primeiro turno da disputa está marcado para o dia 4 de outubro – serão eleitos prefeitos e vereadores de todas as cidades brasileiras.

“Eu faço aqui até uma sugestão para vocês discutirem. Está na hora de o Congresso olhar e falar: olha, adia (as eleições municipais)”. Faça um mandato tampão desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano… uma tragédia. Vai todo mundo querer fazer ação política. Eu sou político. Não esqueçam disso”, afirmou.

O partido Podemos já anunciou que irá pedir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o adiamento das eleições, ao menos até dezembro. O líder do partido na Câmara, Léo Moraes (RO), argumenta que todo o calendário eleitoral, como realização de convenções, preparação do processo – como teste com urnas eletrônicas – propaganda e propriamente os dias de votação nos dois turnos – 4 e 25 de outubro – coincidirá ainda com a presença da epidemia do coronavírus no país.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), discordou. "O problema da eleição tem que ser tratado em agosto, não agora. Se a curva do ministro [em relação à epidemia] estiver certa, quando a gente chegar em agosto nós vamos ter condições de organizar esse assunto.” disse;

Luís Roberto Barroso, que ocupará a presidência do TSE a partir de maio e, portanto, presidirá o pleito municipal, disse que não cabe cogitar nada diferente nesse momento. Ele lembrou que a data das eleições está prevista na CF, podendo ser alterada por meio do Congresso Nacional. “É papel do Congresso Nacional deliberar acerca da necessidade de adiamento, inclusive decidindo sobre o momento adequado de fazer essa definição. Se o Poder Legislativo vier a alterar a data das eleições, trabalharemos com essa nova realidade.”

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal