Aumenta a preocupação em Garibaldi com possível contaminação de trabalhadores de frigoríficos

O halal gaúcho sofre baque pós-embargo da Arábia Saudita - Jornal ...

O foco de coronavírus entre trabalhadores do frigorífico da JBS na unidade de Passo Fundo, também pode estar acontecendo na unidade de Garibaldi. Em Passo Fundo, a JBS sofreu interdição total nesta sexta-feira (24). 19 trabalhadores já testaram positivo. Mas a situação é muito mais grave.

Conforme levantamento do Ministério Público do Trabalho (MPT), grupos de funcionários testaram positivo também em dois frigoríficos de Lajeado, o Minuano e a BRF. O MPT também confirmou que houve detecção de casos positivos em unidades de Garibaldi, Marau e Serafina Corrêa. Em Garibaldi os dados não são confirmados pelas empresas, mas especula-se que há cerca de 100 trabalhadores infectados em pelo menos três indústrias. O município tem forte concentração de frigoríficos. Nesta sexta, uma morte de um trabalhador por coronavírus foi confirmada.

O risco de contaminação nos frigoríficos é alto. Em ambiente normal de temperatura, o vírus perderia sua viabilidade. Num ambiente de frigorífico, com trabalhadores em locais refrigerados, o vírus pode se manter por muito mais tempo.

O presidente da Federação dos Trabalhadores das Indústrias de Alimentação do Rio Grande do Sul, Paulo Madeira diz que a situação considerada mais grave é a da JBS em Passo Fundo, unidade com 2.650 funcionários, mas salienta a disseminação da infecção nas plantas localizadas em outros municípios. Ele destaca que, nesta sexta-feira (24), foram descobertos novos casos em frigoríficos avícolas em Tapejara e Arroio do Meio.


( Com conteúdo da ZH).

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal