Ação da PF contra fake news atinge deputados, blogueiros e empresários

Allan dos Santos dispara contra Moraes: "Maior ataque na história"
A deputada Bia Kicis (DF) e seus colegas Filipe Barros (PR) e Carlos Jordy (RJ) acabam de provocar no Senado um pedido de impeachment do ministro relator do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal, Alexandre Moraes. O inquérito, na avaliação dos parlamentares, é inconstitucional, não tem objeto definido e não tem a participação do Ministério Público Federal. Os deputados lembram que, em abril do ano passado, o ministro do STF ignorou a decisão da então procuradora-geral da Republica, Raquel Dodge, de arquivamento do inquérito. Os parlamentares consideram ainda que a ação que mira suas redes sociais fere a liberdade de expressão.

O pedido dos deputados pelo impeachment de Moraes não é o primeiro, a deputada Carla Zambelli já havia dado entrada em outro. A iniciativa vai reforçar a pressão desses parlamentares para que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, abra o processo contra Moraes. O Congresso, aliás, está se tornando cada vez mais o Poder capaz de tentar reequilibrar as relações entre os Poderes.

Na manhã desta quarta-feira, o ministro Alexandre de Moraes, determinou que as contas em redes socais dos investigados fossem bloqueadas sob o argumento de que é necessário para "a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”.

No documento, determinou ainda os mandados de busca e apreensão contra: ALLAN DOS SANTOS; BERNARDO PIRES KUSTER; EDSON PIRES SALOMÃO; EDUARDO FABRIS PORTELLA; ENZO LEONARDO SUZI MOMENTI ; MARCELO STACHIN; MARCOS DOMINGUEZ BELLIZIA; RAFAEL MORENO; PAULO GONÇALVES BEZERRA; RODRIGO BARBOSA RIBEIRO; SARA FERNANDA GIROMINI; EDGARD GOMES CORONA; LUCIANO HANG; OTAVIO OSCAR FAKHOURY; REYNALDO BIANCHI JUNIOR e WINSTON RODRIGUES LIMA.

Contra LUCIANO HANG, EDGARD GOMES CORONA, REYNALDO BIANCHI e WINSTON RODRIGUES LIMA o ministro do STF também determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal.


Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal