Vendas na Vinícola Aurora devem crescer 25% no ano

O editor conversou informalmente esta semana com o diretor-superintendente da Vinícola Aurora, Hermínio Ficagna. O setor vinícola gaúcho atravessa uma período excepcional. Vendas. O setor não sofreu os impactos da pandemia de coronavírus e teve um excelente primeiro semestre, com aumento nas vendas de 66,4% em relação ao mesmo período do ano passado, conforme dados da Associação Brasileira de Sommeliers do Rio Grande do Sul (ABS-RS) com base nos dados do Cadastro Vinícola Todas as vinícolas tem vendas expressivas, ao ponto de faltar embalagens. Garrafas de vidro tiveram faltas pontuais. 

A falta de insumos na indústria foi geral e afetou indústrias de vários outros setores que viram a demanda crescer abruptamente neste ano e não conseguem insumos, como aço, plásticos, caixas de papelão, por exemplo, para fabricar os produtos. 

Segundo o diretor da Aurora, a vinícola devera encerrar o ano com um crescimento em torno de, aproximadamente, 25% nas comercializações de vinhos, espumantes, sucos de uva e coolers. 

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal