Safra recorde de uvas alerta para o velho dilema: Vai faltar garrafas para o vinho

Com a colheita das uvas praticamente na reta final, volta o dilema do setor vinícola: falta garrafas de vidro para o envase. O fechamento temporário de fábricas de vidro no início da pandemia, aliado à maior demanda pelas garrafas, fez com que o mercado nacional ficasse desabastecido. Dessa forma, os produtores nacionais buscaram a solução - em dólar - em países vizinhos como Argentina e Chile.

As estimativas da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), apontam alta de 56% nas vendas e recorde no consumo ao longo dos meses de isolamento social. Por isso o grande empecilho mesmo para a produção recorde do ano será engarrafar o vinho.

No final do ano passado, a Uvibra chegou a ter reuniões com indústrias de vasilhames para a instalação de uma planta na Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul, maior produtor nacional de vinhos. As negociações continuam.

Com informações da GP




Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal