Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

"Ou pessoal se dá conta que o futuro do vinho nacional depende da sua popularização, ou continuaremos perdendo feio para os bons e baratos vinhos chilenos e argentinos".

Até que enfim, parece crescer a discussão sobre a popularização do consumo de vinho no Brasil. Afinal onde está o maior mercado consumidor do mundo? Pelo menos em potencial para consumir? Claro, aqui, no Brasil. Mas como então aumentar o consumo per capita de vinho no país? Há muito tempo defendo que o setor vinícola brasileiro não soube vender seu vinho para o brasileiro. Criou-se e incentivou-se o conceito de que para beber vinho é preciso todo um ritual, um copo especial, o tato, o olfato, o paladar, o boquê....Ora, pois, 108 milhões de brasileiros na classe C, e o setor vinícola quer vender vinho para o exterior ! Mas parece que ultimamente tem gente se dando conta disso. Já dá para ver e ouvir “Menos Regras, Mais Vinho ”- mote da campanha publicitária de uma vinícola brasileira. Devia ser sempre assim. Milton Pomar editor da revista em chinês “Negócios com a China” e titular do Blog Conexão Ásia, do Portal AMANHÃ escreve artigo “Brasil: massificar ou elitizar o vinho?”. Para le

TCE RS aprova as contas de Tarso, deu a lógica

Por unanimidade, o Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul (TCE) aprovou, hoje, as contas do quarto ano de gestão do ex-governador Tarso Genro (PT). Pela nona vez (quatro delas no mandato do petista), o Pleno da Corte rejeitou o parecer do procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), recomendando a reprovação das prestações de 2014. Geraldo Da Camino apontou 43 falhas nas contas do ex-gestor do Palácio Piratini. No entanto o conselheiro Algir Lorenzon, que sempre aprovou as contas de todos os governadores, entendeu que Tarso não cometeu irregularidades. Ele ressaltou que Tarso retirou recursos do Caixa Único, mas aplicou o dinheiro em saúde e educação, além de investir na reposição de profissionais na área da Segurança Pública. Foram cinco votos a favor e nenhum contra. No parecer do MPC, eram apontadas ressalvas como o descumprimento do índice de 12% em investimentos na área da saúde; abertura de créditos adicionais sem amparo legal e desequilíbrio orçamentário, diferente d

Vídeos convocam: Vem Pra Rua, 16 de agosto, em todo o Brasil!

E aí, vai fazer o quê ?

Agora, o eletrolão

Em sua 16ª fase, a Lava Jato chega ao setor elétrico. Os alvos são, por ora, as obras de Angra 3 e Belo Monte. Segundo a PF, o foco são contratos firmados por empresas investigadas com a Eletronuclear, subsidiária da Eletrobrás. A força-tarefa afirma ter identificado R$ 4,5 milhões em propina pagos entre 2009 e 2014 pela Andrade e pela Engevix para Othon. Entre os presos está o presidente licenciado da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva. Com o Eletrolão, a operação Lava Jato atinge 7 das 10 maiores obras do PAC. E ai Dilma?

TCE RS julga contas irregulares de Tarso nesta quarta

São 43 falhas nas conta do ex-governador Tarso Genro que foram apontadas pelo parecer do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Sul. É a nona vez que o órgão desaprova as prestações. Pleno do Tribunal de Contas do RS vai analisar o parecer nesta quarta-feira. Em anos anteriores, os apontamentos não foram suficientes para convencer o Tribunal a reprovar as contas de ex-gestores do Palácio Piratini.O procurador-geral do órgão, Geraldo Da Camino, reiterou, no parecer, um alerta feito ainda em 2012: “se ao longo de décadas, o Tribunal de Contas, os órgãos de controle tivessem julgado com ainda mais rigor as Contas de Governo do Estado, talvez o Estado não estivesse nessa situação financeira”. Da Camino salienta que, mais uma vez, houve descumprimento dos índices constitucionais de aplicação mínima em Ações e Serviços Públicos de Saúde (ASPS) (12% do orçamento); a obstaculização ao exame integral das informações fiscais pelo MPC e pelo TCE, e irregularidade na aplicação de recursos

MIssão empresarial ao Chile

Sete empresas fornecedoras da indústria moveleira participam, de 27 a 31 de julho, de uma missão empresarial ao Chile organizada pelo Orchestra Brasil, projeto setorial de internacionalização das fabricantes de insumos, acessórios, matérias-primas e tecnologias para o setor moveleiro, gerenciado pelo Sindmóveis Bento Gonçalves em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).Participam da missão empresarial as empresas Base, Crippa, Jimo, Metalsinos, Promob, Tecbril e Tramontina.

Fruki apresenta ao mercado a linha Sabores Intensos

A Fruki está preparando o lançamento oficial de dois novos produtos que chegam para compor a linha Sabores Intensos: Água Tônica e Citrus, que estarão disponíveis em embalagens de 350ml (lata) e 1,5L (garrafa PET).A exemplo dos demais produtos da Fruki, a linha Sabores Intensos será distribuída em todo o Rio Grande do Sul

Estado pode construir um presídio em Bento sem nenhum tostão

Pelo menos essa é a proposta que o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin tem defendido desde que assumiu o governo. A proposta da prefeitura é que o Estado ofereça a empresas de construção a área do atual presídio e imóveis sem uso que estão mofando em Bento. Como contrapartida, a empresa que assumir o terreno construiria o novo presídio na localidade de Linha Palmeiro. Uma alternativa, portanto sem necessidade de envolver recursos que o Estado não tem. Basta vontade política, articulação e decisão de vender logo o patrimônio do Estado que são inservíveis. O jornal Zero Hora desta segunda dá destaque a isso.

Vinícolas gaúchas celebram o aumento de 4,6% na comercialização no primeiro semestre na comparação com o mesmo período do ano anterior

Os dados são do Ibravin e confirmam que o suco de uva integral foi o produto que mais vendeu no semestre (alta de 25%). Foram 45,3 milhões de litros e suco, e 4,9 milhões de litros ( alta de 22,7%). Quando se consideram apenas os vinhos finos, o volume de comercialização foi 4,3% maior, totalizando 9,1 milhões de litros. Já, nos vinhos de mesa, os números se mantiveram estáveis, com a venda de 90,7 milhões ante os 90,8 milhões no ano anterior.

Aprovale avalia que fluxo de turistas cresceu de 20% a 30% em relação às férias de inverno de 2014 no Vale dos Vinhedos

Associação dos Produtores do Vale dos Vinhedos (Aprovale),que monitora o fluxo de visitantes entre os empreendedores associados no Vale dos Vinhedos, confirma que aumentou a visitação de turistas nesta época do ano em Bento. Segundo a entidade, as duas épocas de maior concentração de visitantes são o inverno e o período da safra, nos primeiros meses do ano,mas com a alta do dólar o turismo interno aumento e o destino do Vale dos Vinhedos é um dos preferidos. A divulgação maior dos produtos da região e até a exposição como cenário na novela das 18h da rede Globo também podem ter contribuído para o incremento do fluxo. A informação é compartilhada pela Secretaria de Turismo. A expectativa é receber 350 mil turistas ao longo do ano, um volume 30% superior ao ano passado .

Espumante Salton Évidence é apresentado com nova embalagem

A Vinhos Salton transformou o rótulo do premiado espumante natural brut Salton Évidence. Com fundo pérola texturizado e fontes em tons de cobre, a apresentação do novo rótulo remete aos tempos gloriosos de requinte e efervescência cultural e dá mais requinte ao produto. A cápsula, que dá cobertura à rolha, acompanha o elegante tom acobreado, dando acabamento à tradicional garrafa em tom verde escuro. Elaborado a partir das variedades Chardonnay e Pinot Noir, o espumante teve o processo de elaboração aperfeiçoado. Ele é fermentado na garrafa, a uma temperatura de 10°C, e agora permanece um ano mais em contato com as leveduras, ou seja, por 24 meses.

Produção de lixo no país cresce 29% em 11 anos

A geração de lixo no Brasil aumentou 29% de 2003 a 2014, o equivalente a cinco vezes a taxa de crescimento populacional no período, que foi 6%, de acordo com levantamento divulgado hoje (27) pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe).A quantidade de resíduos com destinação adequada, no entanto, não acompanhou o crescimento da geração de lixo. No ano passado, só 58,4% do total foram direcionados a aterros sanitários. Mais de 41% das 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos gerados no país, em 2014, tiveram como destino lixões e aterros controlados. Esse locais, segundo a entidade, são inadequados, e oferecem riscos ao meio ambiente e à saúde. A metodologia da pesquisa envolveu 400 municípios, equivalente a 91,7 milhões de pessoas. Por dia, o brasileiro gera, em média, 1,062 quilo de lixo.Em relação à reciclagem, a pesquisa revela uma evolução de 7,2 ponto percentual. Em 2010, apenas 57,6% dos municípios tinham alguma iniciativa de col

Boletim Focus confirma alta da inflação de novo

O Banco Central divulgou nesta segunda-feira (27) a previsão do mercado para e inflação, que subiu mais uma vez. Chega a 9,23%. Se confirmada, será a maior em 12 anos. Caiu também a previsão para o PIB. Analistas de mercado esperam crescimento negativo de 1,76%.

Cooperativa Vinícola Garibaldi é destaque em pesquisa de lembrança de marcas

A Cooperativa Vinícola Garibaldi anuncia mais uma importante conquista para sua marca: figura em duas categorias no ranking Mix de Marcas 2015, elaborado pela revista Supermercado Moderno, de São Paulo.A cooperativa gaúcha ocupa a segunda colocação na categoria Espumantes, em pesquisa realizada pela área de abrangência da região Sul, nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A marca é também a segunda mais lembrada na categoria Suco Integral, na área de abrangência do interior de São Paulo.A pesquisa é realizada com supermercadistas em todo o Brasil em 155 categorias de bens de consumo de massa e classifica os itens conforme as vendas, que levam em conta quesitos como tipo de produto, preço e origem.

Congresso AEARV ocorre em setembro

A Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Região dos Vinhedos promove nos dias 03 e 04 de setembro o Congresso AEARV – Ideias Sustentáveis, reflexão e consciência. A programação ocorre na Fundação Casa das Artes, em Bento Gonçalves (RS), com expectativa de reunir mais de 200 profissionais vindos de todo o Estado. O congresso AEARV é direcionado para profissionais do setor, estudantes e comunidade em geral. O objetivo é debater conceitos ligados à sustentabilidade no segmento.

Quase 12 mil atendimentos em um mês na UPA

A nova Unidade de Pronto Atendimento 24h (UPA registrou em 30 dias 11.195 atendimentos, uma média de 373 atendimentos/dia. A UPA, em funcionamento desde o dia 18 de junho e inaugurada oficialmente pela prefeitura no último dia 04 de julho, funciona como unidade intermediária de baixa complexidade e destina-se aos atendimentos de urgência e emergência. Os pacientes podem permanecer em observação por um período de 24 horas para elucidação diagnóstica ou estabilização do quadro clínico. Para tanto, conta com 16 leitos de observação. Localizada na rua Senador Alberto Pasqualini, nº 186, no Bairro Botafogo, a unidade substitui os atendimentos que, antes, eram prestados no PAM 24 horas.

Apesar da retração nível de emprego continua positivo no ano em Bento

No mês de Junho foram fechados 298 postos de trabalho em Bento Gonçalves, um decréscimo de 0,70% sobre o total de empregos formais. O setor que mais fechou postos de trabalho foi o da Indústria de Transformação, com 288 vínculos encerrados. O setor que mais abriu postos de trabalho no período foi a Extrativa Mineral, com 20 novas vagas. O saldo acumulado no ano é de 92 novos postos de trabalho. Nos últimos 12 meses foram fechados 247 postos de trabalho no município, um decréscimo de 0,58%. Neste mesmo período, os setores de Construção Civil e Serviços criaram 546 e 424 novos postos de trabalho, respectivamente. O setor da Indústria de Transformação fechou 1.209 postos. Os setores de Construção Civil e Extrativa Mineral foram os que obtiveram o maior crescimento relativo, com 26,58% e 22,06%, respectivamente.

Reportagem da Isto É denuncia um dos mais inaceitáveis casos de desperdício de dinheiro público no governo do PT: Gastos com cartões corporativos.

Petistas gastaram R$ 615 milhões com cartões corporativos, 95% em despesas secretas.Através desses cartões, a presidente, ministros e seus assessores mais próximos consomem anualmente milhões de reais sem nenhuma transparência ou forma de controle. Nas próximas semanas, o TCU começará uma investigação oficial sobre esses gastos. O processo sigiloso foi aberto em 29 de junho e terá como relator o ministro Benjamin Zymler. “Sob o argumento de que por razões de segurança os gastos devem ser mantidos em sigilo vem se cometendo enormes absurdos”, disse um dos auditores do TCU que teve acesso a alguns desses gastos. Desde que o PT chegou ao Palácio do Planalto em 2003, os gastos com os cartões corporativos dispararam ( clique na imagem). O cartão corporativo não existe só no Brasil. Ele é adotado por governos considerados inovadores na administração pública. Além de evitar a burocracia por facilitar pequenos gastos, ele ajuda na fiscalização. Inspecionar extratos de um cartão é muito mai