Exportações de móveis registraram queda de 14,5%

Segundo dados divulgados pelo Sindmóveis, as exportações de móveis registraram queda de 14,5% no faturamento setor moveleiro de Bento Gonçalves em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com o levantamento a alta do dólar apenas evitou que o faturamento com os móveis exportados tivesse uma queda ainda mais acentuada. As exportações de móveis de Bento Gonçalves foram de US$ 15,99 milhões no primeiro semestre de 2016. No lado negativo, as principais quedas foram observadas no Peru, Chile, Paraguai, Argentina, Cuba e Emirados Árabes Unidos. Em contrapartida, houve crescimento expressivo em países como o Uruguai, Reino Unido, Bolívia, Colômbia, Estados Unidos, Porto Rico e África do Sul. No Brasil, a queda nas exportações de móveis foi de 4,3%, enquanto no Rio Grande do Sul chegou a 10,2%. A queda no faturamento traz à tona um outro problema, a queda na geração de empregos e aumento das demissões. Entre os meses de janeiro e maio deste ano, foram fechados 235 postos de trabalho na indústria moveleira de Bento Gonçalves. Até o dia 31 de maio, o setor totalizava 6.959 empregos diretos. Na virada do ano de 2013 para 2014 haviam 8.973 empregos oferecidos diretamente pelo setor.

POSTAGENS MAIS VISITADAS