Que venha a Paralimpíada



Usamos o maior evento esportivo do planeta para mostrar ao mundo um pouco do somos e do que somos capazes. Sim, temos defeitos e precisamos avançar, enquanto sociedade, em muitas áreas sensíveis. Mas, no geral, nossos aspectos positivos superam em muito as nossas mazelas. Para o turismo, além das medalhas e da superação dos atletas, ganhamos a disputa por espaços positivos na mídia mundial. Conseguimos promover o nosso povo, a nossa cultura e os nossos destinos. No fim das contas, a Olimpíada extrapola, e muito, as quadras, campos e arenas esportivas. Trata-se de uma jogada ousada de marketing do país-cidade que se dispõe a sediar o megaevento. Nossa auto estima se eleva. Nosso orgulho com o ouro no futebol e no vôlei também. Mas há tantos outros atletas brasileiros que deram exemplo de superação, com medalha ou não. Mas a história ainda não acabou, vem aí muito mais medalhas. E serão medalhas de maior superação ainda, porque serão ganhas por atletas ainda mais especiais. Por isso, que venha a Paralimpíada

POSTAGENS MAIS VISITADAS