Alexandre Baldy deve ser o novo ministro das cidades

O presidente Michel Temer deve definir neste domingo (19) boa parte de sua reforma ministerial para tentar garantir a aprovação das mudanças na Previdência. Além de bater o martelo na indicação do deputado Alexandre Baldy (GO) – que vai se desfiliar do Podemos – para o Ministério das Cidades, o presidente vai acertar com sua equipe o novo ministro da articulação política em substituição a Antônio Imbassahy (PSDB). As informações são do G1.Temer se reuniu neste sábado (18) com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para avaliar tanto a reforma da Previdência como as mudanças em sua equipe ministerial. No encontro com o presidente, o comandante da Câmara dos Deputados disse a Temer que consultou os demais líderes da base aliada e obteve o aval de todos para a indicação do deputado goiano. Assim, ele contaria com o apoio de PP, DEM, PR e PMDB. Além do titular do Ministério das Cidades, o presidente vai definir em reunião com sua equipe o futuro ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, que cuida da articulação política.






O nome mais forte, no momento, é o do ex-ministro dos Transportes João Henrique de Almeida Sousa. Peemedebista, ele foi deputado pelo Piauí. Entraria na vaga do tucano Antônio Imbassahy, cuja saída é reivindicada pelos partidos do antigo centrão, pedido que será atendido por Temer. A expectativa é que os novos nomes sejam divulgados oficialmente até terça-feira (21).

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS