Alckmin eleito e Aécio vaido

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu uma longa vaia de militantes do PSDB, ao entrar no centro de convenções onde ocorreu, neste sábado (9), a eleição do governador Geraldo Alckmin como novo presidente nacional do partido. O senador mineiro havia sido avisado por correligionários de que haveria protestos contra ele no evento, mas, mesmo assim, decidiu comparecer. Por 470 votos a 3, o PSDB elegeu Alckmin. O primeiro vice-presidente do partido será o governador de Goiás, Marconi Perillo; o segundo vice, o deputado Ricardo Tripoli (SP), líder da bancada do partido na Câmara. Alckmin chegou à presidência do PSDB como uma tentativa de unificar o partido. Nas negociações que antecederam a convenção, o senador Tasso Jereissati (CE) e o governador Goiás, Marconi Perillo, desistiram de suas candidaturas à presidência da legenda. Somente em 2017, quatro tucanos terão passado pelo comando do partido.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS