Programa de TV de Alckmin dirá que eleitor não deve votar com raiva nas eleições 2018

O primeiro programa no horário eleitoral gratuito de TV do candidato do PSDB a presidente, Geraldo Alckmin, que vai ao ar neste sábado, 1, tentará convencer o eleitor de Jair Bolsonardo (PSL) de que os principais problemas no Brasil não se resolvem "na bala".

O vídeo do programa eleitoral enviado pela campanha à Justiça Eleitoral começa com uma atriz negra no meio de uma bandeira brasileira dividida. "Eu não sou diferente de você. Eu também tô 'P' da vida. Eu também acho que do jeito que tá não pode ficar. Mas por mais indignada que eu gente esteja, e eu tô, muito, eu decidi que nesse ano eu não vou votar com raiva. Com raiva a gente não pensa. E quando a gente não pensa a chance de fazer besteira aumenta".

Na sequência, o programa repete a inserção que já foi compartilhada pela própria campanha nas redes sociais. Ao som de uma música calma, o projétil de um revólver atingem objetos que simbolizam o desemprego, o analfabetismo, a fome e outros. Na último segundo, a bala segue em direção à cabeça de uma criança. "Não é na bala que se resolve", diz a legenda - em uma clara alusão ao discurso do candidato Bolsonaro.

No último segmento, o programa mostra a história de Verônica. A legenda na tela é "Não é na bala que se resolve o problema da Verônica. Moradora de uma comunidade no norte do Pará, ela foi diagnostica com leucemia LLA e precisou viajar 3 mil quilômetros para se tratar em São Paulo. A história é contata com tom emocional e imagens da comunidade em que ela mora e de São Paulo.

No fim da histórica de Verônica, vemos Alckmin assistindo o mesmo vídeo e um monitor. "Como médico fico feliz em ver que a Verônica está vencendo o câncer, mas como homem público essa história me entristeceu profundamente..." A partir daí, o candidato crítica a situação da saúde pública no País. O programa termina com Alckmin levando um bolo de açaí para Verônica - no local em que ela faz tratamento em São Paulo. Emocionante.

Assista o primeiro programa. Vídeo enviado por Poder360


Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS