Empresas da família Collor devem mais de R$ 500 milhões em dívida trabalhista

Sede da OAM (Organização Arnon de Mello) em Maceió - Carlos Madeiro/UOL
O grupo de comunicação da família Collor de Mello tem uma dívida trabahista já ajuizada, com fornecedores e bancos de pelo menos R$ 217 milhões. Os dados foram repassados ao UOL pelo responsável técnico da empresa nomeada como interventora judicial. O senador Fernando Collor (Pros-AL) é o sócio principal das empresas. Do valor apresentado pela OAM (Organização Arnon de Mello), R$ 191 milhões são débitos de fornecedores sem garantias reais, os chamados "bondholders". Outros R$ 24,5 milhões são débitos trabalhistas, enquanto R$ 1,4 milhão se refere a débitos com pequenas empresas. Ao todo, o maior grupo de comunicação de Alagoas deve mais de R$ 500 milhões a trabalhadores, empresas e governos.

POSTAGENS MAIS VISITADAS