Governador Eduardo Leite palestrou na CIC em Caxias nesta quarta


O governador Eduardo Leite (PSDB) cumpriu agenda na Serra Gaúcha nesta quarta-feira, 5.

Na palestra, intitulada “Desafios e oportunidades para o RS”, realizada na CIC, Leite explicou que a palavra de ordem dessa gestão é “competitividade”. “Um Estado como o nosso, com vocação para o trabalho, tem de se colocar em condições de competir no Brasil e no mundo. Temos de trabalhar para recuperar o tempo perdido e, aqui, temos o povo gaúcho, que já sabe empreender. Precisamos dar mais espaço para esse empreendedorismo, e a resposta virá”, garantiu.

A redução dos custos logísticos, tributários e de infraestrutura, assim como a diminuição da burocracia, são alguns dos pilares elegidos pelo governo para retomar a competitividade do Estado. Leite citou o investimento de R$ 300 milhões em estradas, o programa RS Parcerias, a privatização de três estatais, os programas Descomplica RS, RS Digital e RS Sustentável, o novo Código Ambiental, a Receita 2030 e a reforma estrutural da máquina pública como algumas das ações tomadas pela gestão para buscar o ajuste fiscal e para retomar o desenvolvimento econômico do Estado. Além disso, o programa RS Seguro procura deixar a população mais segura, com investimento em prevenção, combate ao crime e inteligência.

Como próximos desafios, Leite citou a reforma tributária e a revisão das isenções fiscais. O governador agradeceu o apoio e a confiança dos empresários de Caxias do Sul. “As reformas aprovadas na Assembleia serão de grande ajuda, mas não serão, por si só, a única solução para as contas do Estado. Precisamos contar com o apoio e os investimentos da iniciativa privada e, por isso, estamos trabalhando para tornar o ambiente de negócios mais atraente no RS”, reforçou.

O presidente da CIC, Ivanir Gasparin, reconheceu a importância da Reforma RS, dos quais sete dos oito projetos foram aprovados pela Assembleia na semana passada. “Graças à coragem e à determinação do governador, conseguimos, com apoio dos deputados, derrubar esse tabu. Nossos representantes pensaram na próxima geração”, destacou. O presidente da CIC ainda entregou uma lista de demandas ao governador.

Os secretários Claudio Gastal (Governança e Gestão Estratégica), Fernando Mattos (adjunto da Inovação, Ciência e Tecnologia) e Ruy Irigaray (Desenvolvimento Econômico e Turismo) acompanharam todas as agendas na Serra gaúcha. Os deputados Carlos Búrigo, Elton Weber, Fran Somensi e Neri, o Carteiro também estavam presentes.

Após a palestra na CIC, o governador participou de reuniões com a seção do Laboratório de Referência Enológica (Laren), Comissão Interestadual da Uva, integrantes do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e com a diretoria da Marcopolo onde também visitou a fábrica em Ana Rech.  ( Fonte: SECOM).

POSTAGENS MAIS VISITADAS