Aumenta a preocupação em Garibaldi com possível contaminação de trabalhadores de frigoríficos

O halal gaúcho sofre baque pós-embargo da Arábia Saudita - Jornal ...

O foco de coronavírus entre trabalhadores do frigorífico da JBS na unidade de Passo Fundo, também pode estar acontecendo na unidade de Garibaldi. Em Passo Fundo, a JBS sofreu interdição total nesta sexta-feira (24). 19 trabalhadores já testaram positivo. Mas a situação é muito mais grave.

Conforme levantamento do Ministério Público do Trabalho (MPT), grupos de funcionários testaram positivo também em dois frigoríficos de Lajeado, o Minuano e a BRF. O MPT também confirmou que houve detecção de casos positivos em unidades de Garibaldi, Marau e Serafina Corrêa. Em Garibaldi os dados não são confirmados pelas empresas, mas especula-se que há cerca de 100 trabalhadores infectados em pelo menos três indústrias. O município tem forte concentração de frigoríficos. Nesta sexta, uma morte de um trabalhador por coronavírus foi confirmada.

O risco de contaminação nos frigoríficos é alto. Em ambiente normal de temperatura, o vírus perderia sua viabilidade. Num ambiente de frigorífico, com trabalhadores em locais refrigerados, o vírus pode se manter por muito mais tempo.

O presidente da Federação dos Trabalhadores das Indústrias de Alimentação do Rio Grande do Sul, Paulo Madeira diz que a situação considerada mais grave é a da JBS em Passo Fundo, unidade com 2.650 funcionários, mas salienta a disseminação da infecção nas plantas localizadas em outros municípios. Ele destaca que, nesta sexta-feira (24), foram descobertos novos casos em frigoríficos avícolas em Tapejara e Arroio do Meio.


( Com conteúdo da ZH).

POSTAGENS MAIS VISITADAS