Pandemia acelera em Caxias. Brasil tem mais de 53 mil e o RS mais de 22 mil

O boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul, divulgado nesta quarta-feira (24), aponta 805 moradores que testaram positivo para o coronavírus. A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade está em 68,3% — sendo 78% no SUS e 61% no sistema privado. Há pelo menos três dias seguidos os números de contaminados não param de crescer.

Desde o dia 1º de junho, apenas em dois dias não houveram confirmações de mortes por coronavírus na região. Todos os demais, teve pelo menos uma vítima registrada. A macrorregião Caxias do Sul soma 73 mortes até o momento, sendo 36 apenas neste mês. Uma média de três óbitos a cada 48 horas.

O Brasil chegou a 53.830 mortes ao registrar 1.185 novos óbitos nas últimas 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde. O balanço também aponta o acréscimo de 42.725 infectados, elevando o acumulado para 1.188.631. Desse total, 649.908 estão recuperados (54,7%), conforme a pasta, que ainda informa 3.904 mortes sob investigação.

O Rio Grande do Sul chegou a 500 mortes, segundo balanço da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Nas últimas 24 horas, foram registrados 23 óbitos. Também foram anotados mais 1.162 infectados. Agora, o Estado tem 22.009 casos confirmados e estimativa de 17.580 recuperados (80% dos casos).

POSTAGENS MAIS VISITADAS