Pular para o conteúdo principal

Salton festeja 110 anos de tradição e inovação

Com crescimento de 70% na última década, a vinícola Salton de Bento Gonçalves, comemorou esta semana 110 anos de fundação,marcada pela expansão da viticultura de precisão, a ampliação do portfólio de produtos, a consolidação da liderança na venda de espumantes e o desbravamento do mercado externo.

Em 2019, a marca que lidera o mercado nacional de espumantes há 15 anos chegou ao posto de número 1 entre as marcas de vinhos mais reconhecidas no Brasil (segundo a Wine Intelligence, pesquisa Global Wine Brand Power), entre nacionais e estrangeiras, e conquistou destaque no renomado concurso francês Effervescents Du Monde. Neste mesmo ano, também inaugurou sua Enoteca, em SP, espaço onde recebe clientes para experiências em torno do vinho. Nessa trajetória intensa, iniciada por Paulo Salton e irmãos em 1910, evidenciam-se episódios que demonstram resiliência e capacidade de inovação. Uma saga empreendedora intrinsecamente ligada à história do vinho no país.

Na última década a Salton vem se firmando como uma empresa com diferentes frentes de negócios, incluindo bebidas não-alcoólicas, destilados e empreendimentos com enfoque turístico. A empresa encerrou 2019 com 36,8 milhões de garrafas vendidas e um crescimento de 17,5% no faturamento em relação ao ano anterior. É líder de vendas de espumantes nacionais com 33% de market share, segundo a Nielsen. Desde 2017, contando com uma equipe local nos EUA, as exportações crescem continuamente. Em 2019 foram embarcadas mais de 1 milhão de garrafas para 20 países.

Ao longo de 110 anos de história , a Família Salton firmou suas bases e marcou forte presença tanto no Sudeste, nas cidades de Jarinu e São Paulo capital, quanto no Rio Grande do Sul, nos municípios de Bento Gonçalves e Santana do Livramento. A companhia sempre dedicou atenção a essas cidades por meio de um olhar especial para as necessidades sociais locais das comunidades.

Como forma de retribuir a receptividade e confiança que sempre teve, a empresa lança a campanha Legado Social, projeto que busca auxiliar instituições beneficentes nestes quatro municípios. Junto com parceiros que fazem parte de sua trajetória, a Salton doará, R$ 200 mil em ações às 16 entidades selecionadas. O valor será convertido em cestas básicas para alimentação e higiene, além de material escolar e melhorias estruturais nas áreas da saúde e segurança.

Em São Paulo serão contempladas as entidades Grupo Ciranda, Mesa Solidária e o Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (Itaci). Em Jarinu, interior paulista, os beneficiários são o Abrigo Raio de Luz, o Lar Eduardo Ferrara e o Lar dos Idosos – Cidade Vicentina.

Já no Rio Grande do Sul, as entidades contempladas em Bento Gonçalves são a ADVBG, a Paróquia Santo Antônio, o Lar Lucchese, a Conserpro e a Ceacri. Por fim, em Santana do Livramento, receberão as doações a Apae, o Lar da Velhice Mario Motta, a Assandef, o Lar da Infância Daniel Albornoz e a Santa Casa de Misericórdia.

A Salton decidiu compartilhar mais que bons brindes com o seu público e lançou o documentário “Família Salton 110 anos – Um Legado como Destino”. A produção, assinada pela Vagão Filmes e dirigida e roteirizada pela Mundo Mesa Produções, apresenta depoimentos emocionados de personagens importantes na trajetória da marca. Muitas memórias, evolução dos produtos e cultura local foram resgatados.


Postagens mais visitadas deste blog

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal

Foi apresentado nesta sexta-feira(14) para um pequeno grupo de autoridades, empresários e corretores de imóveis em Arroio do Sal, o projeto de construção do novo porto marítimo do litoral norte do RS. Um grupo de investidores russos, do Grupo Doha Investimentos e Participações SA, vai construir o porto, em Arroio Seco/Arroio do Sal. Cerca de 25 mil empregos diretos e indiretos deverão ser gerados a partir da operação do porto. Os empreendedores russos têm 1 bilhão de dólares, para investir. O dinheiro já está garantido. A ideia é aproximar o comércio brasileiro da União económica euro-asiática. Um mercado comum que abrange 170 milhões de pessoas e significa um PIB da ordem dos US$ 2,2 trilhões de euros. Atualmente, a organização é composta pela Armênia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e Rússia. O empreendimento vai modificar sobremaneira a realidade dos municípios do litoral norte, sem contar a valorização imobiliária prevista no entorno.

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Em delação premiada, o advogado Alexandre Correa Romano, da Odebrecht, contou para a Polícia Federal como manteve tórrido romance com Gleisi num hotel de luxo dos Alpes da Suíça. Lá onde o calor dos corpos costuma afastar o frio, Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT, entregou seu coração ao amante. E Paulo Bernardo, o marido traído, ficava em Brasília, seja como ministro do Planejamento, seja ocupando a cadeira principal do Ministério das Comunicações, enquanto sua estrela predileta flutuava em na realização de suas fantasias eróticas. O jornalista Mino Pedrosa conta em detalhes escandalosos as razões que estão por trás do apelido que a Odebrecht aplicou na senadora Gleisi Hoffman No rastro do advogado Alexandre Correa Romano, a Polícia Federal encontrou um flat que era utilizado para guardar dinheiro e encontros clandestinos e amorosos. Segundo documentos da Operação Lava Jato, o flat fica na rua Jorge Chamas, 334, apartamento 44, em São Paulo. Romano recebia hósp

Judicialização da Política

A vontade popular e o voto na urna são soberanos. Retirar do povo o poder de decisões importantes para o rumo de uma nação e do Estado para delegar ao judiciário, poder sem atuação política, é uma ameaça a democracia. Juízes não são eleitos pelo povo. E o povo decidiu! Pois bem, a Justiça Eleitoral cassou a candidatura do prefeito eleito de Bento Gonçalves, Diogo Siqueira (PSDB), e do vice, Amarildo Lucatelli (Progressistas). A decisão, proferida nesta quarta-feira (25), considera que a coligação "Gente que faz Bento" (PSDB/Progressistas/Republicanos) foi beneficiada por divulgações em canais oficiais da administração municipal. A ação havia sido protocolada ainda antes das eleições pela coligação "Bento Unido e Forte", do candidato Alcindo Gabrielli (MDB). A denúncia acusa a atual administração, que apoiou a candidatura de Siqueira, de utilizar o site oficial do município e as redes sociais do prefeito, Guilherme Pasin (Progressistas), para divulgar as ações realiz