Novo presídio de Bento já tem empresa definida para construção

A noticia é boa. Empresa que vai construir novo presídio de Bento Gonçalves é a mesma que fez o de Canoas. Foi publicada pelo site GauchaZh. Segundo consta já está definida a empresa que fará a construção do novo presídio de Bento Gonçalves. A estrutura será erguida pela empresa Verdi Sistemas Construtivos, de Ivoti, a mesma que fez a penitenciária de Canoas. A Secretaria de Segurança Pública do Estado diz que a empresa detém tecnologia exclusiva, certificada pelo Tribunal de Contas da União, e por orientação da Procuradoria-Geral do Estado o processo poderá ser efetuado por meio de inexigibilidade de licitação. Desde os anos 2000, a empresa se dedica a construção de penitenciárias e tem mais de 90 unidades concluídas em diversos estados brasileiros. Ao lançar o contrato por inexigibilidade o trâmite processual é bem mais rápido, significa dizer que em breve já será possível iniciar as obras. Para viabilizar a nova penitenciária, a empresa fará a obra em troca do terreno do atual presídio e duas áreas que pertencem ao Estado: o prédio onde fica a delegacia do Daer no município e a casa oficial do superintendente. O valor projetado para a obra é de cerca de R$ 27 milhões. Os imóveis estão avaliados em R$ 40 milhões. A empresa só vai assumir a obra, não cuidará da administração do presídio. A previsão do governo do Estado é de que a permuta dos imóveis seja realizada até a segunda quinzena de outubro. Após a conclusão da permuta, será feita a assinatura de contrato e início das obras, que devem durar oito meses, segundo projeta o governo do Estado. A empresa chegou a afirmar para a prefeitura de Bento Gonçalves que, com a terraplenagem pronta, são capazes de entregar a obra em 260 dias, porque trabalham com sistema modular. Os módulos são fabricados na empresa de acordo com as especificações da Susepe e depois são montados no local. O modelo de permuta foi um golaço da administração do prefeito Pasin que encontrou uma solução viável para que o Estado não precise aportar dinheiro do caixa para fazer a obra. Basta vontade política e diálogo.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal