Estados e Municípios vão tentar no Senado a inclusão na reforma. Na Câmara não passa mais.

Resultado de imagem para marcel van hattem
O partido Novo anunciou nesta quarta-feira, 10, que retirou a emenda que pedia reinclusão de Estados e municípios na reforma da Previdência no plenário da Câmara dos Deputados. Segundo o líder da sigla, Marcel Van Hattem, a retirada é fruto de um acordo com líderes partidários e governadores diante da perspectiva de que o Senado Federal faça a reinclusão quando a matéria for remetida para análise dos senadores. Com a certeza de que no plenário da câmara não haverá como aprovar, a ideia agora é tentar pelo Senado. Como uma PEC paralela, inclusive separando os regimes para estados e outra para municípios.

Segundo o líder do Novo, a "PEC Paralela" tramitaria na Comissão de Constituição e Justiça, em uma Comissão Especial e seria apreciada no segundo semestre do ano.

"Retiramos para que seja posteriormente em acordo construído com o presidente Rodrigo Maia, presidente Davi Alcolumbre", disse Van Hattem. Segundo ele, a comissão especial que se comprometerá a, ainda no semestre que vem, votar "essa matéria tão importante para Estados e municípios".

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal