Pesquisa da XP mostra piora na avaliação do presidente Bolsonaro

xp-01-min
Uma pesquisa realizada pela XP/Ipespe e divulgada nesta sexta-feira (03) mostra uma piora na avaliação do presidente Jair Bolsonaro.

Conforme a pesquisa, 28% dos entrevistados consideram a atuação do presidente Bolsonaro boa ou ótima, contra 42% que atribuem avaliação ruim ou péssima.

No início de março, a avaliação positiva de Bolsonaro era de 30% e a negativa, de 36%

A atuação dos profissionais de saúde é a que tem melhor avaliação no enfrentamento à crise. São 87% os que dizem avaliá-la como ótima ou boa.

Entre agentes públicos, Luiz Mandetta e o Ministério da Saúde são os mais bem vistos pela população: 68% têm avaliação positiva e 7%, negativa.

Para Paulo Guedes e Ministério da Economia, os números são 37% e 18%.

A ação do Congresso é ótima ou boa para 30% e ruim ou péssima para 25%, e a de Bolsonaro, positiva para 29% e negativa para 44%.

Os entrevistados foram questionados ainda sobre o isolamento social preconizado pelo Ministério da Saúde: 80% concordam que esta é a melhor forma de tentar evitar a contaminação pelo vírus.

Sobre a sugestão do presidente Jair Bolsonaro de limitar o isolamento aos idosos e vulneráveis, 60% discordam parcial ou totalmente, enquanto 34% concordam com parte ou com toda a declaração.

E 62% acreditam que o isolamento acabará em até cerca de 1 mês.

A pesquisa ouviu 1.000 entrevistados, entre os dias 30 e 31 de março e 1º de abril. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal