Temendo segunda onda, Wuhan planeja testar 11 milhões de pessoas em 10 dias

How is the coronavirus spread between people? | World Economic Forum
Wuhan se prepara para a "batalha de 10 dias" contra o Covid-19. Vai testar novamente 11 milhões de habitantes. As seis novas infecções detectadas no último fim de semana, depois de nenhuma ter sido registrada por 35 dias, foram suficientes para acionar o alarme na cidade de surtos da pandemia de coronavírus. Uma segunda onda.

Nesta terça-feira, 12, cada distrito teve que apresentar um plano de ação detalhado, com base nas disposições da sede de Prevenção e Controle, levando em consideração que os resultados obtidos até o momento na luta contra a pandemia não significam um relaxamento da emergência. O governo quer testar todos em 10 dias.

Wuhan está em confinamento total desde 23 de janeiro para conter a propagação da infecção pelo Covid-19: somente em 8 de abril as medidas foram flexibilizadas para iniciar o lento e gradual retorno à vida normal com a reabertura das escolas, a retomada das atividades de produção e a restauração dos serviços públicos.

Surpreendentemente, o surgimento de novos casos fez o alerta disparar. O plano, divulgado pela mídia estatal, prevê que os idosos e as comunidades densamente povoadas sejam os primeiros a serem testados. O prazo para testar toda a população não é detalhado, mas os  novos casos preocupam autoridades, médicos e cientistas.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal