Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011
Ouro lidera ranking dos investimentos em abril   Bovespa fica na lanterna das aplicações, com aumento de aversão a risco e realização de lucros Clique para ampliar  Cai o número de vagas de estágios   A nova Lei do Estágio em vigor no País, provocou a queda no número de vagas para estágios. A queda é explicada pela resistência de parte das empresas em se adaptar às regras.   "A lei estabelece uma cota de estudantes de ensino médio que uma empresa pode ter como estagiários. Quando há mais de 25 funcionários, por exemplo, 20% podem ser estagiários. Esse limite, que não havia antes, provocou a redução das vagas", afirma o coordenador de relações universitárias da UCS, Adalmir Antunes.   Entre as mudanças estão a limitação da jornada de trabalho diário para 4 horas no caso do ensino médio e 6 horas para o ensino superior. Além disso, estagiários ganharam direito à redução de 50% na jornada de trabalho durante o período de provas e a férias remuneradas de 3
Como assim ? Só nós vamos pagar a conta?  Assim ficará o complexo de saúde quando pronto Esta semana uma declaração do Secretário Municipal de Saúde de Bento Gonçalves Ivanir Zandoná à rádio VIVA, deixou-me um tanto preocupado. O secretário disse por ocasião da aprovação do gasto de R$ 3,3 milhões (R$ 2,6 milhões de recursos federais) em reformas no prédio de pronto atendimento já existente, de que ,com isso, será possível atender pacientes de toda a região. Ora, como assim da região? O secretário disse “nós vamos poder atender 200 mil pessoas da região". Quer dizer que vamos fazer um convênio para pegar R$ 2,6 milhões de dinheiro federal e assumir o restante (R$ 700 mil) para ainda ter que atender pacientes da região? O município de Bento arcará então sozinho com o custo do atendimento? Para quem ainda não se deu conta, Bento Gonçalves esta ingressando num programa do Governo Federal que visa a instalação no município de uma UPA 3 (Unidade de Pronto Atendimento do Tipo
Será que todos os demais colegas da imprensa estão enxergando a mesma coisa e só um enxerga diferente? Como pode um só ver o que os outros não estão vendo? A Secretária Municipal de Administração de Bento Gonçalves, declarou esta semana em uma reunião do orçamento participativo que há no município um único veículo de comunicação, ao contrário de todos os outros, que só enxerga coisas ruins, coisas “cinzas” na administração municipal. Disse mais “disseram que muitas das obras solicitadas não foram feiras, o que é mentira”. Bem, como profissional da imprensa, preciso fazer uma reflexão sobre o que disse Eliana Passarin. E ao fazê-la tenho plena certeza de que o “chapéu não me serve e nem ao veículo ao qual estou veiculado”. Desconheço se todas as obras listadas como prioridades foram atendidas pelo executivo. Eu sou a favor do Orçamento Participativo. Eu não sou fiscal de obras. Quando referimos aqui à volta das reuniões do orçamento participativo, deixei claro um elogio ao exec
Femaçã Há muito tempo que a população de Veranópolis merecia um evento de peso e de grande repercussão, digno de sua gente como o que aconteceu com a Femaçã. A festa que encerrou neste final de semana contribuiu muito para a divulgação do município e proporcionou, àqueles que souberam aproveitar, muitas atrações musicais. Há muito tempo que grandes shows musicais não aconteciam na cidade. Só por isso a festa já deu uma enorme contribuição. -------------------------------------------------- Fenavinho A Fenavinho começa esta semana. Sexta-feira, dia 29. Não há novamente um clima de festa no ar. Longe disso. A magia, a alegria, a participação popular, a apoteose do vinho jorrando nas ruas, está longe de ser a mesma de tempos passados. A Fenavinho mais profissional e bem organizada, ainda carece de um algo mais, para motivar, integrar e empolgar os bentogonçalvenses. Mas o evento vai cumprir com seu papel e manter viva a história. ----------------------------------------------------
O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, recebeu carta branca da presidente Dilma Rousseff para arrochar ainda mais a oferta de crédito e conter o consumo, que está empurrando a inflação perigosamente para o teto da meta definida pelo governo, de 6,5%. Já há um consenso de que o aumento da taxa básica de juros (Selic) poderá se estender um pouco além do previsto inicialmente — os economistas trabalham com, no máximo, mais duas altas, uma de 0,5 e outra de 0,25 ponto percentual. E mais: muito provavelmente, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) deve subir e os bancos serão obrigados a ampliar os recolhimentos que fazem compulsoriamente aos cofres do BC. ------------------------------------------- Ação social de Páscoa na SCA Quem visitar o hot site da S.C.A. -   http://site.sca.com.br/pascoa - pode enviar cartões virtuais de Páscoa a amigos, e com isso, concorrer a cinco grandes ovos de chocolate recheados com bombons de licor. Até 15 de abril, a cada novo fã da S.C.
É preciso mudar o foco do debate Eu sou a favor da modernidade, da informatização, da adoção de ferramentas tecnológicas que possibilitem maior controle, mais informação, dados, planilhas, índices, melhoria nos processos e melhor gerenciamento. A informatização da prefeitura, se conduzida com cuidado, permite economia de recursos, decisões acertadas e melhoria na qualidade dos serviços públicos. A tecnologia de informação, nos últimos anos, tem se difundido por toda a sociedade. Mas o setor público, de modo geral, ainda a utiliza de forma menos intensiva do que o desejável e possível. As justificativas mais comuns apontadas para esta situação, são os poucos recursos disponíveis para investimento e a lentidão nos processos de aquisição. A falta de equipamento não é justificativa para o uso insuficiente de métodos e processos de gestão, informatizados inclusive como instrumento auxiliar da administração municipal. Muitas prefeituras possuem os equipamentos mas não conseguem exp
Cai exportações moveleiras Em valores a queda é de 8,2% em relação ao primeiro trimestre de 2010. Em participação também o RS perdeu. Nos meses de janeiro, fevereiro e março do ano passado, o Estado tinha 27% de participação nas exportações brasileiras de móveis. Agora o índice é de 25,1%. O Rio Grande do Sul permanece em segundo lugar no ranking, atrás de Santa Catarina. A maior parte das exportações brasileiras de móveis vai para a Argentina. Os números mostram que, nesse primeiro trimestre, as exportações para lá aumentaram 34%. Já no Estado os vizinhos do Mercosul caíram para a quinta posição da lista. O Reino Unido é quem lidera o ranking de aquisições de móveis gaúchos, mesmo com a queda de quase 27% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. ------------------------------------------------ O Rio Grande do Sul é o estado brasileiro com maior número de representantes na Feira Industrial de Hannover 2011. São gaúchos 77 dos 115 integrantes da missão brasileira à Hann
A Aurora comemora neste sábado dia 09 nos pavilhões da Fundaparque em Bento Gonçalves, 80 anos de fundação. O evento comemorativo contempla uma missa em ação de graças às 10h, logo após haverá pronunciamento de autoridades e às 12h almoço festivo. Cerca de 2 mil pessoas são esperadas. Durante a tarde haverá ainda shows musicais. A Aurora foi fundada por imigrantes oriundos do norte da Itália. Hoje, a Aurora é a maior e mais premiada vinícola do país e exporta seus produtos para mais de 20 países. Conta com mais de mil associados, produz 53 mil toneladas de uvas e elabora 38 milhões de litros de vinhos, espumantes e sucos a cada ano. ------------------------------------------ Viapiana A Vinícola Viapiana de Flores da Cunha anuncia investimentos de R$ 2 milhões na remodelação interna da cantina.Estão em andamento as obras para construção de uma cave para barricas de carvalho, além de reformas na cave de garrafas de vinhos e remoagem de espumantes.A cave, com capacidade para 200 barric
Elogio ao Executivo em Bento O editor considera positivo o retorno das reuniões do Orçamento Participativo em Bento Gonçalves. Pelo menos o executivo municipal demonstra ser democrático e aberto ao diálogo. Resta saber se a população saberá aproveitar os encontros para cobrar resultados. Como não encontrei tempo suficiente para apurar se todas as demandas e prioridades eleitas pelas comunidades em 2010 foram contemplas ou ainda serão neste ano, publico abaixo um resumo do que foi pedido nas reuniões do OP no ano passado. Não custa atiçar a memória de quem porventura esqueceu. Clique na imagem para ampliar ---------------------------------------------------- Todeschini lança coleção Vida A Todeschini, uma das maiores fabricantes de móveis planejados da América Latina, reuniu nesta segunda (04) e terça (05) cerca de 500 lojistas exclusivos e parceiros em Bento Gonçalves, para a convenção anual. No evento realizado nos pavilhões da Fundaparque a Todeschini apresentou a nova coleção
Promessas... Em 2008 os eleitores conservadoristas em Bento Gonçalves, foram às urnas e decidiram ousar. Votaram na mudança, votaram no PT. Alguns motivados por um modelo chamado de “A esquerda que deu certo” e outros por puro protesto e reprovação dos modelos tradicionais. Pois bem, elegeu-se Roberto Lunelli. A campanha vitoriosa de Lunelli foi ancorada na construção do Hospital Público, na segurança pública- Guarda Municipal e no corte de despesas com pessoal- CCs. Mas o projeto político era mais abrangente. Faltando pouco mais de um ano para as eleições em 2012 muito pouco foi feito. Na semana passada o prefeito foi ao CIC para responder perguntas e declarou “Se alguém aqui for candidato a prefeito um dia, nunca abandone um compromisso de campanha”. Será que o prefeito quis dizer que neste tão pouco tempo que lhe resta fará tudo o que prometeu?  Clique para ampliar e lembrar o que foi prometido. ----------------------------------------------------------------- Jantares
Ferrugem o Raposinho Companheiro Num lindo bosque vivia uma família de raposos, muito comilões e que estavam sempre preparando emboscadas para suas caças. Mas, nem todos eram assim! Ferrugem, o mais novinho, tinha bom coração. Quando saiu do covil encontrou dois coelhinhos brincando, os quais, logo se assustaram, pois as raposas eram inimigos verdadeiros. Aí, Ferrugem perguntou se também podia brincar. Mesmo temendo uma traição, os coelhinhos acreditaram na bondade do novo amiguinho e divertiram-se o dia todo. Marcaram novo encontro, e outro, a mais um, e outro ainda. E a brincadeira era sempre divertida. Todos se entendiam muito bem. E num determinado instante, a alegria foi deixada de lado, quando ouviram vozes bem perto dali. Ferrugem, reconhecendo as vozes dos irmãos, rapidamente, escondeu seus amiguinhos dentro de um tronco oco e se colocou na frente, fingindo que estava dormindo. Após ter sido chamado de preguiçoso por seus irmãos, os mesmos se afastaram. E os coelhinhos gr