Correios anunciam fim definitivo do e-Sedex

Os Correios vão acabar definitivamente nesta segunda-feira (19) com o e-Sedex, serviço exclusivo para o comércio eletrônico que tem o mesmo valor de uma encomenda tradicional, mas opera com a logística e prazos de entrega do serviço expresso Sedex. A extinção do e-Sedex foi decidida no fim de 2016 e estava prevista para vigorar a partir de primeiro de janeiro deste ano, mas uma liminar obtida pela Associação Brasileira de Franquias Postais (Abrapost) conseguiu prolongar a existência do serviço até agora. Segundo o comunicado, a decisão judicial que impedia o fim do e-Sedex foi revogada nesta semana e a extinção do serviço já havia sido aprovada pelo conselho dos Correios, por isso ela passará a valer já na próxima segunda.Os contratos firmados com varejistas de comércio eletrônico para a utilização de postagens pelo e-Sedex passarão a funcionar por meio de Sedex tradicional ou PAC. De acordo com os Correios, os acordos atuais não serão mais válidos ou renovados. 

Segundo a Abrapost, a decisão dos Correios deve afetar diretamente os consumidores, já que o e-Sedex representa 30% do faturamento das lojas franqueadas. Ou seja, o custo extra com o serviço de entrega mais caro deverá ser repassado aos consumidores.

POSTAGENS MAIS VISITADAS