Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

13 Razões para Votar no PT em 80 páginas, 72 em branco!

A editora Matrix lançou um livro nesta semana intitulado de 13 Razões para Votar no PT (80 páginas, 18 reais). O curioso da obra é que grande parte dela está completamente em branco. A capa e a orelha contam com frases de Danilo Gentili, Kim Kataguiri, Marco Antonio Villa e Rogério Chequer, opositores notórios do PT, com piadinhas maldosas como “O melhor livro que Lula já leu”, de Villa. Depois de uma introdução escrita pelo autor, que assina com o pseudônimo de Aurélio Marcondes Bittencourt e Lins, seguem-se 72 páginas sem qualquer tipo de impressão. Na orelha, é possível ver a seguinte frase de Danilo Gentili, o pensador: “Esta obra conseguiu a proeza de descrever em suas páginas, com perfeita exatidão, a inteligência e o caráter daqueles que acreditam e defendem Lula e o PT“. Já Kataguiri, criativo à beça (só que não) discorreu que se trata, “sem dúvida, da maior obra jamais escrita por um petista”. 13 Razões para Não Votar no PT já está disponível para venda no site da editora. U

Temer muda o Reintegra

O Presidente Michel Temer assinou um decreto que revoga a ampliação, em 2018, de um benefício concedido a exportadores. O decreto, publicado nesta terça-feira (29), cancela o aumento de 2% para 3% da alíquota do Reintegra, programa que devolve aos empresários uma parte do valor exportado em produtos manufaturados via créditos do PIS e Cofins. Uma alíquota maior representa uma renúncia maior alta de arrecadação, pois recursos deixam de entrar nos cofres públicos. A medida penaliza a indústria mas deve gerar R$ 2,6 bilhões ao caixa do governo. De acordo com o decreto, a alíquota de 2% vale até o dia 31 de dezembro de 2018. Em 2015, a alíquota do Reintegra, ou seja, o percentual de devolução de créditos aos exportadores de produtos manufaturados, era de 3%. Em 2016, ficou em 0,1% por conta do ajuste das contas públicas. Já neste ano passou para 2%. Alíquotas maiores também compensam as perdas das empresas exportadoras brasileiras quando o dólar está desvalorizado em relação ao real, o qu

Fufuca assume

O Congresso vai viver mais uma semana histórica. A partir desta terça-feira, a Câmara será presidida pelo deputado André Fufuca. Aos 28 anos, o maranhense fará sua estreia no comando de um dos Poderes da República. Ficará no cargo durante sete dias. O maranhense é o segundo vice-presidente da Câmara. No papel, suas tarefas se limitam a examinar recibos de despesas médicas dos colegas. O cargo é cobiçado por outro motivo: dá direito a nomear uma penca de assessores sem concurso. Fufuca chegou lá graças a um padrinho poderoso: o ex-deputado Eduardo Cunha. pesar da idade, Fufuca não é um exemplo de renovação na política. Ele antecipou a primeira candidatura porque o pai, prefeito de Alto Alegre do Pindaré, temia ser barrado pela lei da Ficha Limpa. Virou deputado estadual, e depois federal, com as bênçãos do clã Sarney. Passou por outros dois partidos, PSDB e PEN, antes de se filiar ao PP. No início do mês, Fufuca ajudou a barrar a primeira denúncia criminal contra Temer. Ele disse vot

Atualmente, há 17 mil empresas e ONGs proibidas de receber dinheiro público

A mesma sociedade que cobra legalidade nos atos dos governos, não faz sua parte cumprindo com o dever de prestar contas do dinheiro público que recebe. O governo federal mantém dois cadastros com 16.954 empresas e entidades sem fins lucrativos (ONGs) proibidas de firmar contratos com o poder público porque se envolveram em algum tipo de falcatrua, em negócios anteriores. O Cadastro de Empresas Inidôneas e Suspensas (CEIS) tem 12.296 registros de empresas que cometeram algum crime. A outra lista tem 4.658 ONGs impedidas de receber dinheiro público. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. Um dos principais motivos para o impedimento de as ONGs receberem dinheiro público é a gritante irregularidade na prestação de contas. Da lista também constam diversas entidades gaúchas. Algumas estão inadimplentes há mais de 10 anos. O Ministério do Turismo reúne o maior número de convênios considerados irregulares. São 788 parcerias com ONGs que apresentaram problemas, 18% d

Blairo Maggi garante que fica

A imprensa da capital ao repercutir a Expointer faz questão de destacar a fala do ministro Blairo Maggi que participou da solenidade de abertura oficial e que avisou que não sairá do governo depois das denúncias que envolvem seu nome em suposto esquema de propina. O ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, que foi vice do ministro quando ele administrou aquele Estado, citou Blairo em pelo menos duas suspeitas de obstrução de justiça - tentativa de interferir nas investigações. Uma delas ocorreu no período em que Blairo já era ministro, no dia 22 de abril. Nessa data, Silval gravou uma conversa com um dos políticos que o visitaram na prisão, e eles falam de Blairo.O ex-governador revelou um pagamento feito por ele e por Blairo ao ex-secretário de Fazenda de Mato Grosso Éder Moraes. Silval contou que o objetivo era que Éder mudasse um depoimento a fim de inocentar Blairo Maggi. Silval diz que, em troca, Éder recebeu R$ 6 milhões e explica como acertou tudo com Blairo Maggi em uma c

Schirmer vai mudando a cara da segurança pública no RS

Trabalhando com o conhecimento de quem já foi prefeito e deputado, e com muita experiência política, o atual secretário estadual de Segurança Césa Schirmer aos poucos vai demonstrando caminhos para o enfrentamento da violência no Estado. Recente reportagem do Grupo RBS publicada pelos jornais Zero Hora e Diário Gaúcho, demonstram que o governo gaúcho conseguiu diminuir importantes índices de criminalidade especialmente na capital. Mesmo diante de todas as dificuldades de caixa, o governo gaúcho conseguiu elevar em 19% o orçamento deste ano para a área da segurança pública. O êxito da reação em Porto Alegre é consequência direta da mudança de gestão da secretaria da Segurança Pública. Ao prestar contas Cesar Schirmer também disse outra verdade: A de que o governo anterior deu aumentos salariais em dezembro de 2014, seu último mês de mandato, jogando para Sartori o pepino de ter que pagar. Os salários subiram 39% para o segundo maior bloco da Folha. Isso sem contar as aposentadorias pre

Lula continua sendo "O Cara" no Nordeste

Bloqueio de ruas, escolta policial e jantares em residências oficiais dos governadores marcaram os nove primeiros dias da caravana que Lula protagoniza pelo Nordeste. As informações são da Folha. Diz que Lula tem recebido honras de presidente. Seis carros de polícia acompanham a chegada de uma comitiva neste domingo a um hotel na praia do Atalaia, em Aracaju. O acesso a um quarteirão é fechado, enquanto a via principal é parcialmente bloqueada. Há plantão policial à porta do hotel. O aparto todo para Luiz Inácio Lula da Silva. Em Sergipe, 30 policiais militares foram destacados para a escolta. Um ônibus do Batalhão de Choque ficava em ruas vizinhas ao local reservado aos atos políticos para que fosse acionado em caso de emergência. Nas rodovias, a caravana também teve suporte da Polícia Rodoviária Federal. Além do forte policiamento, Lula teve um carro de apoio oferecido pelo Estado durante sua passagem pela Bahia. Ele também participou de ao menos duas atividades copatrocinadas pel

Despoluição urbana

São Paulo vai enterrar cerca de 52 quilômetros de fios e retirar pouco mais de 2.000 postes que dão suporte às estruturas de transmissão de energia, telefonia, TV e internet na cidade. Enfiar embaixo da terra todos os fios que existem nas ruas e avenidas da capital diminui a quantidade de apagões por causa da chuva e do vento e também deixa a cidade mais bonita. A primeira fase do projeto, revelada em reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo", pretende atingir 117 ruas de sete distritos da região central, como Consolação, Bela Vista, República, Santa Cecília, Jardim Paulista, Bom Retiro e Brás. A meta é concluir a primeira rede subterrânea de fios até meados de julho de 2018. Ainda não há um cronograma definido para que o projeto, batizado de "Cidade Linda Redes Aéreas", chegue às demais regiões da capital.

Tem muito caminho ainda para as privatizações anunciadas

O presidente Michel Temer afirmou nesta sexta-feira (25), em vídeo publicado nas redes sociais, que o anúncio dos 57 projetos de concessão e privatização de empresas públicas feito pelo governo na quarta-feira (23) foi uma medida “corajosa”. Com a iniciativa, o governo espera arrecadar, a partir deste ano, cerca de R$ 44 bilhões ao longo dos anos de vigência dos contratos. Sob este aspecto Temer tem razão. Mas será que todas elas acontecerão. O anúncio, claro, tem tom político, ou pelo menos espera produzir efeito político. Segundo Temer, os bilhões arrecadados pelo governo serão investidos no que “realmente importa”, que é saúde pública, segurança, infraestrutura e educação. Mas de fato, há muito caminho ainda para percorrer. Na lista está até a Casa da Moeda, além de 14 aeroportos, onze blocos de linhas de transmissão de energia elétrica, 15 terminais portuários, rodovias, Companhias Docas do Espírito Santo, Casemg e Ceasa Minas, além de parte da Eletrobras, como foi anunciado no in

O problema está na qualidade das informações, pois a notícia tornou-se uma poderosa arma nas mãos da imprensa sensacionalista

A imparcialidade é muito mais do que uma virtude no jornalismo. Ela é condição fundamental para que o leitor, ouvinte ou telespectador acredite ou não em uma informação. Se aplicada com o devido rigor, ela evita que se cometa enganos apresentando afirmações que não correspondem à realidade dos fatos ou, pelo menos, não à totalidade da opinião sobre os fatos. O objetivo principal dos veículos de comunicação é a informação. Correta, precisa, sem distorções e verdadeiras. O julgamento é do público, não deveria ser do jornalista que a reportou. A legitimidade se constrói com jornalismo de qualidade, que é exatamente o oposto de análises fantasiosas, manchetes mirabolantes baseadas em percepções obtidas dentro de uma única ótica apenas. A tese deveria ser: a mídia surge como uma espécie de instituição que através de seus meios de comunicação, repassaria as notícias da forma mais próxima da realidade o possível para garantir uma informação límpida para que os diversos segmentos sociais poss

Cervejas e Sucos naturais no portfólio da Fruki

Durante a Expoagas 2017, que acontece em Porto Alegre, a Fruki confirmou que pretende lançar sua linha própria de cervejas no primeiro semestre de 2018. Inicialmente a produção será terceirizada. A expectativa é de que, até 2022, a produção passe a ser em fábrica própria. Outra novidade é o lançamento de uma nova linha de sucos naturais que é produzida pela unidade da empresa em Bento Gonçalves, na fábrica da Maison Forestier. Por ora, serão comercializados os sabores laranja com maçã e uva, além da linha detox de suco verde.

Aurora lidera ranking nacional em suco de uva integral e vinho branco

A revista Supermercado Moderno publica na ultima edição a Pesquisa de Reconhecimento de Marcas 2017, um anuário que traz os cinco principais fornecedores em 132 categorias de bens de consumo de massa e de equipamentos e serviços, eleitos por 2.274 varejistas de todo o Brasil. A Vinícola Aurora é a empresa líder em suco de uva integral e em vinho branco de acordo com a Pesquisa. Este é o terceiro ano em que a maior vinícola do Brasil é apontada como líder neste segmento.Várias marcas da vinícola também aparecem entre os TOP 5 das várias categorias de bebidas, nas diferentes regiões, como vinho branco, vinho tinto e espumante. A marca Aurora de espumantes, segundo o estudo, é líder na região Sul e na área da pesquisa que inclui toda a região Norte, Centro-Oeste e parte da Nordeste. Em 2014 e 2013, a Vinícola Aurora liderou em marcas de vinho tinto, em todas as regiões.

Expoagas abriu hoje e vai até quinta em POA

Foi aberta oficialmente na manhã desta terça-feira, na FIERGS em Porto Alegre mais uma edição da Convenção Estadual de Supermercados e da Feira de Expositores- Expoagas. 24 empresas da Serra Gaúcha vão participar da feira. A Expoagas é a maior feira do setor em todo o Cone Sul e chegou à sua 36ª edição com grande estrutura, visando a oferecer o melhor para fornecedores e supermercadistas com previsão de gerar mais de R$ 461 milhões em negócios. O evento se estende até quinta-feira (24), no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre. No total são 347 expositores com milhares de lançamentos. Na Convenção que acontece sempre de manhã, importantes palestras. Hoje (22), Ricardo Amorim, o brasileiro mais influente no Linkedin e um dos maiores palestrantes do mundo, falou sobre oportunidades e estratégias no varejo. Na quarta-feira (23), Leandro Karnal, colunista do jornal Estadão e coautor de mais de dez livros, trará uma nova perspectiva sobre a crise, também às 10h30. E na quinta-feira (

Ações da Eletrobras disparam

As ações da Eletrobras disparam nesta terça-feira com a notícia de que o Ministério de Minas e Energia vai propor a privatização da companhia. Na bolsa brasileira, os papéis preferenciais tinham alta de 29,56% por volta das 15h10, a 23,10 reais, enquanto os ordinários tinham ganhos de 4,25%, a 20,62 reais. No mesmo horário, o Ibovespa avançava 2,09%, operando acima dos 70 mil pontos. Na Bolsa de Nova York (Nyse), os recibos de ações (ADRs) da companhia tinham alta na casa dos 45%, a 6,47 dólares. Ontem, no after-market, o ADR já havia subido 20%, após a divulgação da notícia. O governo não revelou a fatia da Eletrobras que será colocada à venda. Também não há consenso sobre o modelo de desestatização.

Governo propõe a privatização da Eletrobras

O governo Temer (PMDB) planeja privatizar a Eletrobras. O Ministério de Minas e Energia informou que vai propor a venda de ações da União na estatal, a exemplo do que já foi feito com a Embraer e com a Vale. A equipe do peemedebista não informou quantas ações pretende vender —falou apenas em “democratização” da empresa na Bolsa. O ministro Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) disse à Folha que a ideia é diluir a participação do governo. Seria mantida ação que garantiria poder de veto em decisões estratégicas. A União possui 40,99% das ações da Eletrobras. O BNDES tem 18,72%, e fundos federais, 3,42%. Para o ministério, a venda trará “competitividade e agilidade”. A intenção é arrecadar até R$ 30 bilhões, que ajudariam a conter o déficit em 2018. Hoje, o valor de mercado da empresa é de R$ 20 bilhões. Com o anúncio, o preço das ações da companhia negociadas em Nova York subiu 22% após o fim do pregão. O presidente da Associação dos Empregados da Eletrobras diz que a privatização é r

Reforma Política

Há um consenso no Brasil de que é preciso sim uma reforma política. Mas não essa reforma que se estará votando nesta terça-feira em Brasília. Ela é mínima. O que queremos é uma ampla reforma. A reforma que está em curso, parece ter um único objetivo: perpetuar no poder, e com foro privilegiado os principais líderes políticos. Nem bem as alterações legislativas realizadas em 2015 foram aplicadas nas últimas eleições de 2016, já se está diante de um novo sistema. Entre os temas que a imprensa tem se detido mais pontualmente nos últimos dias está a verba bilionária para um fundo partidário e o modelo de voto no distritão. O que se desconfia é de que os interesses que adulteram a reforma política.  A questão é : Com a maioria dos partidos políticos aos cacos na opinião pública, cercados de investigações, que fazermos para que a democracia representativa e a vida partidária voltem a ser chamas de mudança e de promoção do bem-estar para a população? Como garantirmos que as vozes e nece

Supersalários e vida boa para militares brasileiros que vivem no exterior

Reportagem assinada pelo jornalista Lúcio Vaz no jornal Gazeta do Povo, revela o tamanho do gasto público que o Brasil tem para manter no exterior adidos militares brasileiros. De fato, em tempos de recessão, com suspensão de reajustes e redução de salários para novos servidores, adidos militares brasileiros vivem uma vida boa no exterior. Os oficiais mais graduados recebem em torno de R$ 60 mil por mês, com pagamento em dólar, incluindo indenização de representação no exterior, auxílio-moradia, ajuda de custo para mudança, passagens aéreas, auxílio-familiar e diárias. Em alguns meses, quando se acumulam indenizações, o pagamento líquido supera os R$ 100 mil. O gasto anual com cerca de 2 mil militares em missão no exterior supera os R$ 600 milhões, incluindo missões de paz.O pagamento mensal aos coronéis que ocupam a função de adido militar corresponde a duas vezes a remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que é de R$ 33,7 mil. Para ler a matéria completa cliqu

Lula no nordeste e Dória vestido de peão

As imagens são reveladoras. Um em franca campanha para as eleições de 2018, vai ao nordeste, se veste como nordestino e participa de um roteiro pelos estados da região durante 20 dias. Lula continua a vender a imagem que está ao lado do povo nordestino, dos mais pobres e daqueles que sobrevivem dos programas sociais do governo. O outro, Dória, que a cada dia cresce como sendo o anti-Lula, bota roupa de caubói, come comida de peão e faz discurso em Barretos. Depois de receber presentes como fivela e chapéu, Doria afirmou que visitava Barretos como "amigo", "não como pré-candidato à Presidência da República". Na sexta (18), em Fortaleza (CE), Doria respondeu a uma afirmação de Lula, que se comparou, na Bahia, ao argentino Lionel Messi, cinco vezes eleito o melhor jogador do mundo."O Lula me atacou e disse que é o Messi. Pois então Lula, eu te digo que eu prefiro ser o Neymar, que é brasileiro e negro, Lula. Essa é a minha escolha", disse Doria em even

Veja denuncia que Dilma furou fila do INSS para conseguir aposentadoria

A aposentadoria da ex-presidente Dilma Rousseff foi concedida de maneira irregular. Uma investigação demonstrou que a petista furou fila e recebeu o benefício, passando na frente de milhares de pessoas que aguardavam a aposentadoria. A conclusão do caso foi divulgada nesta sexta-feira (18/8) pela Revista Veja. Em setembro de 2016, após ter pedido de cassação aprovado no Senado, Dilma Rousseff conseguiu em poucos minutos ter o processo de aposentadoria aberto e concluído. Na ocasião, uma secretária pessoal e o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas foram até uma agência do INSS e burlaram o sistema. Dilma, então, passou a ter direito de receber o teto da Previdência R$ 5.189,82. Com o fim da investigação, a servidora que sabia do esquema e beneficiou Dilma foi punida, assim como o ex-ministro Carlos Gabas. Um despacho assinado pelo ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, aplica punições ao ex-ministro Carlos Gabas,e advertência à servidora Fernanda Doerl. Gabas foi suspenso

Isto é diz que Janot tinha esquema para proteger Lula

A revista ISTOÉ desta semana traz uma reportagem sobre um monstruoso esquema montado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot para favorecer o PT e prejudicar adversários do partido, em especial, o PMDB. Os procuradores ligados a Raquel Dodge já decidiram que todas as delações obtidas com o aval de Janot serão revistas, mas para isso é preciso que o STF esteja de acordo. Leia parte da reportagem: Há duas semanas, a futura chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, foi procurada por emissários da Lava Jato de Curitiba. Na bagagem, os integrantes da maior operação de combate à corrupção da história recente do País levaram uma denúncia. No epicentro do escândalo, a entourage do ainda procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Segundo o relato, há cerca de um ano e meio, Janot e sua equipe desenvolveram um roteiro paralelo às investigações da Lava Jato com o objetivo de favorecer o PT e seus principais líderes. Nos últimos dias, sem a anuência da tur

A prioridade das prioridades: Prefeito anuncia maior compra de medicamentos da história de Bento

A prioridade é tudo aquilo que você coloca em primeiro lugar, como mais importante ou urgente em sua vida. Portanto, prioridade é tudo aquilo que aparece antes dos demais. Em outubro do ano passado, quando o povo foi às urnas para eleger seus representantes municipais (Prefeito e vereadores) o clamor popular era único: Saúde, Segurança e Educação. Mas saúde em primeiro lugar. Sempre a Saúde. Todas as pesquisas indicam que, independentemente do grau de escolaridade e do nível de renda familiar, a preocupação com a saúde lidera a lista do que o brasileiro acha que deve ter prevalência nas políticas do governo. Ora, qualquer pessoa que gerencia um orçamento, seja o seu pessoal, seja o de uma casa, de uma empresa ou de um governo, sabe que, quando o recurso é escasso, é necessário estabelecer quais gastos são de fato fundamentais. Qual a prioridade. Nesta quarta-feira (16), o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, reuniu a imprensa, vereadores e convidados para anunciar e assinar

R$ 159 bilhões é o tamanho do rombo

O governo vai pedir autorização ao Congresso para elevar o déficit das contas públicas para R$ 159 bilhões em 2017 e repetir o valor em 2018, o que significa R$ 20 bilhões a mais neste ano e R$ 30 bilhões no ano que vem. Com isso, o presidente Michel Temer terminará o mandato com um rombo acumulado de R$ 477,5 bilhões. Para garantir a meta de 2018, o governo anunciou pacote de medidas que atinge os servidores públicos, com adiamento de reajuste salarial e corte de 60 mil cargos vagos. No campo das receitas, a principal medida foi a mudança na tributação de fundos de investimentos exclusivos. Os ajustes são bem vindos, mas sempre estão atrasados. E são tímidos. É preciso mais abrangência para tratar o problema com mais rigor. O governo sabe que a recuperação econômica, embora sensível em vários segmentos da produção, tem sido insuficiente para a necessária geração de tributos. Em segundo lugar, o baixo nível de atividade continua a refletir-se em sonegação ou atraso de recolhimento

Estado espera assinar dia 15 de setembro contrato para construção do presídio em Bento

Conforme anunciou nesta terça-feira (15) em Porto Alegre, durante a inauguração de um novo centro de triagem (CT) para presos, o governo do Estado espera ter concluído o processo burocrático para assinatura das obras de construção do novo presídio de Bento. A obra em Bento Gonçalves envolve permuta e o governo estuda duas alternativas: lançar um edital para encontrar empresas interessadas em fazer a construção em troca de imóveis ou contratar a empresa Verdi, que detém exclusividade para realizar edificações em monobloco e permite inexigibilidade de licitação – também entregando imóveis como contrapartida. O terreno para a obra foi doado pela prefeitura. Conforme o secretário adjunto da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-RS), coronel Everton Oltramari, neste momento está sendo feito um estudo com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para definir o modelo de construção e a previsão é de que um contrato seja assinado até o dia 15 de setembro.

Próxima novela das 6 em cenas gravadas em Bento Gonçalves, na serra gaúcha

A serra gaúcha volta a ser cenário de novela a partir de setembro, com a estreia de Tempo de Amar, próxima novela das 6. Novamente a cidade de Bento Gonçalves, que recebeu o elenco da trama de Alcides Nogueira, com direção artística de Jayme Monjardim, estará nas TVs do Brasil. Além das paisagens, Tempo de Amar também tem uma protagonista gaúcha. Natural de Porto Alegre, a atriz Vitória Strada faz sua estreia em novelas como Maria Vitória, uma jovem portuguesa que se apaixona à primeira vista por Inácio (Bruno Cabrerizo), mas o casal não pode viver esse amor, pois o jovem é obrigado a se mudar para o Brasil. Em Tempo de Amar, Tony Ramos é José Augusto, um simples, porém influente produtor de vinhos e azeites de Morros Verdes. Bento Gonçalves tem sido cenário constante de filmes, novelas e minisséries. As belas paisagens do município já apareceram em produções como: Decamerão - A Comédia do Sexo (2009); Saneamento Básico (2007); O Quatrilho (1993); Sapore d’Italia( 2011); Além do Temp

Lula vai ao nordeste de novo, fazer política

A agenda da viagem do ex-presidente Lula pelo Nordeste, que inicia nesta quinta-feira dia 17 por Salvador, passará por 28 municípios nordestinos. Lula vai fazer campanha e para isso seus assessores e cabos eleitorais tiveram que se esforçar para preparar atos públicos relevantes a fim de que a presença de Lula alcançasse ainda mais notoriedade. Os atos preparados incluem o encontro com um reitor que foi ameaçado, uma honraria que está sendo contestada na Justiça e a entrega de um título de cidadão proposto há duas décadas. As informações são da Folha de SP.  Na Paraíba, o ex-presidente vai receber um título de cidadão de João Pessoa proposto em 1997 pelo então vereador Júlio Rafael (PT), morto em 2013. A proposta, aprovada na época, foi resgatada pelo vereador Marcos Henriques (PT). O ato, contudo, acontecerá sem a presença da Mesa Diretora da Câmara: "Não vamos participar. Entendemos que é um contrassenso entregar um título a alguém condenado por corrupção", diz o v

Governo do RS anuncia separação do IPE Saúde e IPE Previdência

O governo estadual gaúcho confirmou nesta terça-feira a proposta de dividir o IPE em duas autarquias independentes, com autonomia e gestões especializadas: o IPE Prev e o IPE Saúde. O IPE Prev, fica como gestor único do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), com foco exclusivamente na previdência dos servidores estaduais. Para a área da saúde, será criada uma nova autarquia, chamada IPE Saúde, destinada à assistência à saúde dos servidores e beneficiários. O governador afirmou que não haverá aumento da estrutura. Ele ressaltou que as mudanças propostas vão “qualificar os serviços oferecidos, ampliar o atendimento e promover uma gestão sustentável”, e que o modelo proposto hoje tem a participação de todos os governos anteriores que “tiveram papel importante no caminho até aqui”. Conforme o Piratini, o déficit previdenciário do estado é de aproximadamente R$ 9 bilhões. O IPE foi fundado em 1931 e é o responsável pelo pagamento de mais de R$ 6 bilhões em aposentadorias e pensões

Jurista lançam livro que contesta sentença de Lula

Com duras críticas ao juiz Sergio Moro e à Operação Lava Jato, advogados e especialistas em direito lançaram na noite desta segunda-feira (14) em São Paulo o livro "Comentários a uma Sentença Anunciada: o Processo Lula". Com 103 artigos, a obra reúne artigos que apontam problemas e equívocos na sentença que condenou o ex-presidente no caso do tríplex do Guarujá. Um farto conteúdo jurídico para os que assim apreciam.O professor Celso Antônio Bandeira de Mello é um dos autores do livro. Pedro Estevam Serrano, Weida Zancanner, Lênio Streck e o ex-ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) também escreveram textos. o Processo Lula é talvez o mais importante documento jurídico publicado no Brasil em décadas.

Dória é tudo que o ex-presidente Lula deseja como adversário

Cria do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o prefeito da capital paulista, João Dória ( PSDB) é a cara da burguesia. Dória é a cara da elite paulistana, encarna a imagem dos empresários liberais da poderosa Fiesp. Fala uma linguagem distante do povão, sem apelo, sem eco nas almas que engrossam as filas abaixo da linha de pobreza no País, mas tem bom relacionamento com a mídia e é bom de marketing. Picado pela mosca azul resolveu antecipar a briga interna no partido com o próprio Alckmin empreendendo uma maratona de viagens pelo País. Ontem, em Tocantins, foi recebido aos gritos de “presidente”. Doria está na estrada, longe do seu gabinete em São Paulo, porque existe um vácuo na cena eleitoral de 2018 diante do tamanho estrago provocado pela Laja Jato e, consequentemente, o deserto de novas lideranças, capazes de gerar na sociedade confiança e esperança. Mas todo mundo tem o direito de sonhar. Quem não sonha, perde a razão de viver. Dória é tudo que o ex-presidente Lula

Bom exemplo: São Paulo vai enterrar cerca de 52 quilômetros de fios

São Paulo vai enterrar cerca de 52 quilômetros de fios e retirar pouco mais de 2.000 postes que dão suporte às estruturas de transmissão de energia, telefonia, TV e internet na cidade. Enfiar embaixo da terra todos os fios que existem nas ruas e avenidas da capital diminui a quantidade de apagões por causa da chuva e do vento e também deixa a cidade mais bonita. A primeira fase do projeto, revelada em reportagem do jornal "O Estado de S. Paulo" desta segunda-feira (14), pretende atingir 117 ruas de sete distritos da região central, como Consolação, Bela Vista, República, Santa Cecília, Jardim Paulista, Bom Retiro e Brás.A meta é concluir a primeira rede subterrânea de fios até meados de julho de 2018. Ainda não há um cronograma definido para que o projeto, batizado de "Cidade Linda Redes Aéreas", chegue às demais regiões da capital.

Socialite doa R$ 500 mil para o pobre do Lula

Herdeira do banco Credit Suisse , fundado em Zurique (Suíça), em 1856, e socialista declarada, Roberta Luchsinger, de 32 anos, causou alvoroço na internet nesta sexta-feira após dizer em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo que doou dinheiro e apetrechos valiosos ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), entre os quais destacam-se um cheque de 28 mil francos suíços (cerca de 93 mil reais) dado pelo avô, o banqueiro suíço Peter Paul Arnold Luchsinger (falecido em junho), um relógio Rolex, um anel de diamantes Emar Batalha, um vestido Dolce & Gabbana, além de uma bolsa e uma mala de grife – tudo avaliado em 500 mil reais. O que Lula faria com um vestido Dolce & Gabbana? Bem, a doação foi feita para ajudar o petista, que teve dinheiro e bens bloqueados pelo juiz Sergio Moro. Que coisa boa! Como Lula tem amigos! Do nada aparece alguém para doar alguma coisa para Lula. “A elite desse país é mesquinha, provinciana, não sabe olhar além de seu umbigo. Essa doação tem um valo

O apetite insaciável de juízes e procuradores por mais salários

A Frentas (Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público) divulgou uma nota nesta sexta-feira com reação dura à decisão de 8 dos 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) de não prever reajuste salarial de 16,3% para juízes e procuradores no Orçamento de 2018. De acordo com a Frentas, que representa cerca de 40 mil magistrados e integrantes do Ministério Público, a decisão do STF seria “intolerável”, porque jogaria o peso da crise econômica sobre “as costas das categorias”. A Frentas invocou, indiretamente, o combate à corrupção para dizer que juízes e procuradores estariam sofrendo retaliação. “Ao fim e ao cabo, a Magistratura e o Ministério Público, que tanto vêm lutando para corrigir os rumos desse País, inclusive em aspectos de moralidade pública, estão sofrendo as consequências de sua atuação imparcial, com a decisiva colaboração do Supremo Tribunal Federal, ao desautorizar o seguimento de projeto de lei por ele mesmo chancelado e encaminhado em 2015”, diz a

Distritão passa na comissão

Aprovado na comissão especial da Câmara que analisa a reforma política, o modelo eleitoral conhecido como distritão enfrentará, no entanto, forte resistência no plenário. Pelo modelo, só seriam eleitos candidatos a deputado e vereador os mais votados. Hoje, é possível se eleger com excedente de votos de colegas de partido. Por ser emenda à Constituição, o distritão precisará do apoio de pelo menos 308 dos 513 parlamentares. Já há uma frente suprapartidária, com governo e oposição, contra o modelo. Críticos veem a medida como uma manobra para assegurar a reeleição dos atuais deputados federais. O distritão, que substituiria o formato atual a partir de 2018, é apoiado pela cúpula do Congresso e por líderes de partidos da base. Especialistas em direito eleitoral veem com desconfiança a adoção do modelo. A criação de um fundo público de R$ 3,6 bilhões para financiar campanhas eleitorais no Brasil, também aprovado pela comissão especial da Câmara, foi igualmente criticada. No Brasil o voto

Crise fiscal leva prefeituras ao menor investimento em onze anos

Em 2016, em média, apenas 6,8% do orçamento das prefeituras foram destinados aos investimentos, o menor percentual em onze anos. Em comparação com o ano anterior, as cidades brasileiras deixaram de investir R$ 7,5 bilhões, mesmo sendo o último ano de mandato dos prefeitos, aquele em que geralmente são investidos, em média, 20% a mais do que nos três anos anteriores. Os dados são da nova edição do Índice FIRJAN de Gestão Fiscal (IFGF), divulgado nesta quinta-feira, dia 10, pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), com base em dados oficiais declarados pelas prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN). O estudo revela que 86% das cidades analisadas registram situação fiscal difícil ou crítica. Apenas 13 apresentaram gestão de excelência. A migalha da repatriação de recursos impediu resultado ainda pior em 2016. Mais de 715 deixaram mais de R$ 6 bi para os sucessores pagarem. Para o gerente da Firjan, a salvação pode estar nas reformas. “Para

Não será preciso licitar obra do novo presídio em Bento, contratação será direta

Um problema histórico em Bento que está sendo resolvido devido a persistência, criatividade, inovação e articulação política do prefeito Guilherme Pasin (PP) que, desde sua primeira gestão em 2013, encarou o desafio de pôr fim a novela de construção do novo presidio regional. Um equipamento que é de extrema importância para o município e arredores tendo em vista impactar diretamente na segurança pública, uma vez que é frequente a necessidade de vagas para aliviar delegacias, judiciário e a população que convive com o atual presídio localizado no centro da cidade. A Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) do Rio Grande do Sul trabalha com a estimativa de começar a construção do novo presídio estadual este ano. Isso será possível porque o Estado decidiu agilizar o processo de contratação das obras, que será realizado através de contratação direta, e não mais por licitação. Com isso, o diretor de planejamento da superintendência, Alexandre Porciúncula Micol, afirma que a

Governo gasta mais de R$ 14 milhões por ano com servidores cedidos a sindicatos no RS

Pela terceira vez desde o início da gestão, o governador José Ivo Sartori recorre à Assembleia para tentar limitar os gastos do Estado com servidores cedidos a sindicatos — e, na prática, reduzir o volume de licenças. Segundo dados da Secretaria da Fazenda, o Executivo tem ao menos 110 profissionais cedidos. É um absurdo isso. Assim como acontece nos municípios, a cedência de servidores não tem mais cabimento. É um custo muito alto que não deveria ser suportado pelos municípios. No caso do Estado, o povo paga os sindicalistas para no fim das contas trabalhar contra o próprio Estado. 110 servidores ativos representam R$ 10,26 mil de remuneração, em média; R$ 1,13 milhão de custo mensal para o Estado; 0,08% da folha ao mês; R$ 14,67 milhões de custo anual para o governo. Dados da Lei de Acesso a Informação (LAI) revelam, ainda, que pelo menos nove representantes sindicais gaúchos recebem o teto do funcionalismo estadual: R$ 30.471 mensais. Desses, três compõem a direção do Sindicato dos

Cunha vai deletar

Os próximos dez dias serão decisivos para o desfecho da proposta de delação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ele já entregou os anexos de seu relato à PGR e, agora, os procuradores e o peemedebista se preparam para a fase final das negociações. Segundo cálculos de dirigentes do DEM, ao menos 13 parlamentares trocarão o PSB pelo Democratas após as mudanças na regra eleitoral. Os novos filiados virão de oito Estados. O economista Marcos Lisboa é um dos nomes mais requisitados pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a ajudar na formulação de documento que se assemelha a um programa econômico para o país. Não há mais dúvida no tucanato de que o prefeito de São Paulo, João Doria, trabalha para se firmar como o nome para o Planalto em 2018. Ele tentará impor sua candidatura consolidando-se como o mais competitivo nas pesquisas. Pouco antes de ser alvo de uma ovada, o prefeito tucano enviou a grupos no WhatsApp texto de um jornal local que dizia: “Doria é recebido com

“Exceção no RS, Bento Gonçalves é exemplo em inovação ao conceder incentivos fiscais”, Júlio César Ferst, ex-secretário estadual de Ciência e Tecnologia.

Nesta segunda-feira(07), por ocasião da abertura da 4º Semana do Empreendedorismo, o ex-secretário estadual de Ciência e Tecnologia do Governo Yeda Crussius, Júlio César Ferst, destacou o exemplo de Bento Gonçalves nas políticas públicas implementadas em favor do empreendedorismo, e da inovação. Ferst criticou as mudanças na Secretaria da qual foi titular e disse que o prefeito de Bento Gonçalves é exemplo ao ter instituído em sua gestão a Lei de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico (Lei nº 137/2015).  Ele observou que as empresas têm dificuldades para estruturar projetos de inovação e, principalmente, para demonstrar investimentos em pesquisa, mas destacou a legislação municipal que dá incentivos fiscais sobre o ICMS incremental que é gerado a partir de implantação ou expansão de novas empresas na cidade. “ O Pasin, que trabalhou comigo na secretaria de Estado, soube aplicar muito bem em seu município projetos que não foram adiante pelo governo do Estado”. Ferst destacou a

Vereador do PP propõe solução para a proliferação dos Flanelinhas em Bento

Um problema insuportável está prestes a ser resolvido. A atuação desordenada, ilegal e abusiva dos flanelinhas em Bento Gonçalves. O loteamento das ruas da cidade, especialmente na região do Bairro Planalto, corredor gastronômico da cidade é feito por grupos que as tratam como sua propriedade e que são formados, em parte, por pessoas que colecionam passagens pela polícia. O vereador Eduardo Virissimo (PP) protocolou um projeto de lei que promete acabar com essa prática. A ideia do vereador é regularizar esse serviço para não permitir mais que eles venham a atuar inadequadamente. A proposta é cadastrar as pessoas, mapear os locais de atuação, estabelecer critérios e utilizar formas que identifiquem os trabalhadores , como crachás, diferenciando as pessoas “do bem” daquelas envolvidas com o crime e uso de drogas. A concessão do registro depende da apresentação dos documentos de identidade, atestado de bons antecedentes, certidão negativa criminal e outros documentos. Hoje, grupos de

Qualidade da Merenda Escolar em Bento rende prêmio nacional

O cuidado e o investimento na qualidade da alimentação que é oferecida aos estudantes da rede pública municipal resultaram em um reconhecimento nacional para Bento Gonçalves. No município, 93% da alimentação escolar é oriunda da agricultura familiar. O que garante renda aos agricultores e produtos de alta qualidade e nutrição as crianças. A prefeitura investe mais de R$ 2,5 milhões/ ano no programa, sendo que R$ 1,5 milhão é da própria prefeitura. São frutas e verduras de qualidade, sem agrotóxicos e produzidas com muito zelo. O município foi selecionado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) como um dos que possuem as Melhores Práticas em Alimentação Escolar vinculadas à Agricultura Familiar, colocando a merenda servida aos estudantes entre as 25 melhores do Brasil. Para alcançar este resultado, o município precisa cumprir uma série de requisitos, entre eles alcançar o percentual mínimo de 30% em compra da agricultura familiar na alimentação escolar nos exe

Começa em Bento a Semana do Empreendedorismo

A Capital Brasileira do Vinho se transforma em um centro de negócios de 7 a 11 de agosto. Organizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a IV Semana do Empreendedorismo reúne diversos palestrantes que possuem trajetórias empreendedoras. A solenidade de abertura ocorre às 19h30, na Fundação Casa das Artes. O objetivo é abrir as portas e demonstrar possibilidades que auxiliam na escolha profissional, tornando o ingresso no mercado de trabalho mais seguro. Paralelo a isso, Bento sedia o 1° Congresso Gaúcho de Cidades Digitais nos dias 10 e 11, evento que integrará prefeitos, vereadores e gestores de 100 municípios a fim de tratar inovação e modernização das administrações. Inscrições das palestras podem ser feitas através do site http://semanaempreendedorismo.bentogoncalves.rs.gov.br

Repatriação virou migalhas

O programa federal de regularização de ativos mantidos por brasileiros no exterior rendeu bem menos do que o estimado aos municípios no RS. A Receita Federal (RF) divulgou, nesta quinta-feira (3/8), que a União arrecadou, em 2017, R$ 1,61 bilhão com a repatriação. O valor é inferior aos R$ 13 bilhões, que haviam sido projetados pela RF. Conforme estudo da Área de Receitas Municipais da Famurs, as prefeituras gaúchas receberão apenas R$ 24 milhões neste ano. Segundo a FAMURS as migalhas agravam o quadro e é mais um motivo para os municípios terem que reforçar os cortes nos serviços. Municípios da Serra Bento Gonçalves 123.031,67 Caxias do Sul 158.278,63 Garibaldi 61.515,84 Carlos Barbosa 53.826,31 Farroupilha 92.273,75 Santa Tereza 23.068,39 Monte Belo 23.068,39 Pinto Bandeira 23.068,39

Oposição já prepara novos fatos contra o governo Temer

A vitória de Temer e o fiasco das mobilizações pela aprovação da primeira denúncia contra ele na Câmara fez a oposição rever sua estratégia. O PT vai usar a tentativa do governo de retomar o debate sobre a reforma da Previdência para organizar manifestações contra a proposta. Mudanças na aposentadoria têm apelo para levar gente às ruas. A ideia é criar uma insatisfação social antes que a segunda ação de Rodrigo Janot contra o presidente chegue à Câmara. A ideia de partidos como PT e PC do B é que nos atos contrários à reforma também sejam erguidas bandeiras de “Fora, Temer” e “Diretas-já”. Por esse roteiro, quando a segunda denúncia de Janot chegasse ao Congresso, haveria forte mobilização popular contra a agenda do presidente. As informações são da Folha. A crise política segue e nós pobres mortais vamos nos virando do jeito que dá para sobreviver num pais que parece ter acabado.

Saiba porque é tão difícil demitir um funcionário público que não produz o que a gente espera

Além da estabilidade, servidores que se mostram desqualificados escapam da demissão devido à burocracia envolvida nos processos administrativos disciplinares (PAD). Cada PAD tem comissão e prazo para concluir a investigação, mas todas as decisões são contestadas na Justiça. Faz parte do rito esperto para protelar indefinidamente a decisão final, com frequência, até a aposentadoria. Integral, é claro. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder. A cada decisão contestada da comissão do PAD, a Justiça estabelece prazo para análise, mas não suspende a contagem do prazo do PAD. Em 2017, foram só 119 demissões, 6 destituições e 13 cassações de aposentadoria. Isso equivale a 0,006% dos 2,2 milhões de servidores. Projeto da senadora Maria do Carmo (DEM-SE) prevê avaliações periódicas que podem resultar na demissão de incompetentes.

Mateus Bandeira filia-se ao Novo, e confirma ser candidato

O ex-secretário do Planejamento e ex-presidente do Banrisul, ambos no governo Yeda, Mateus Bandeira, assina neste sábado em Porto Alegre ficha no partido Novo. Com um consistente currículo na vida privada, Bandeira nos últimos anos, foi o principal executivo da Falconi Consultoria de Resultados. Ele surge num cenário em que o eleitor deseja renovação, juventude e novas práticas na política.

Dia da Poda na Larentis

A Vinícola Larentis abre suas portas neste sábado para mais uma edição do Dia da Poda destinado aos amantes da cultura do vinho para participarem de um dia de colheita, jantares, piqueniques e muito mais. O evento começa com uma explicação sobre a importância da poda para os vinhedos. Em seguida, os participantes recebem tesouras e vão à prática. O evento termina com visitação à produção da vinícola e degustação dos vinhos e espumantes produzidos. A partir das 14h. O valor é de R$40.

Dória preferido dos investidores é o anti-Lula?

Pesquisa da corretora XP Investimentos, com 168 investidores institucionais e mais 400 assessores, entre os dias 31 de julho e 4 de agosto monstra que o prefeito de São Paulo João Doria é o preferido de investidores e do mercado financeiro. A maioria também espera uma vitória de candidatos do PSDB, com o prefeito de São Paulo, João Dória, com 42% dos votos. Há, porém, uma diferença no segundo lugar. Em segundo lugar, aparece outro tucano, o padrinho de Dória, o governador Geraldo Ackmin, com 38% das apostas. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve 6% das citações e os demais candidatos, Marina Silva, Jair Bolsonaro e Álvaro Dias, tiveram 3% das aposta. A pesquisa perguntou também quem seriam os nomes alternativos para a eleição presidencial. Na lista, aparecem o apresentador Luciano Huck, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa. O treinador da seleção de Vôlei, Bernardinho, aparece em quarto lugar, o ex-prefeito

Um terço dos servidores pode se aposentar na próxima década

Quase 2 milhões de servidores, ou um terço do total de funcionários públicos do País, já completaram 50 anos e devem atingir a idade mínima necessária para se aposentar na próxima década. O contingente deve provocar enorme pressão sobre os gastos com a Previdência. A constatação é de nota técnica do Ipea. Os militares estão entre os casos mais preocupantes: mais de 40% têm entre 41 e 50 anos, e suas aposentadorias ocorrem cada vez mais cedo. A situação também tende a se agravar nos Estados.

Sobre as Reformas

A vitória do presidente Temer, que teve a denúncia de corrupção passiva contra ele rejeitada pela Câmara, deixou o governo mais confiante na aprovação da reforma da Previdência ainda este ano. Além dos 263 votos pela rejeição da denúncia, o Planalto conta como favoráveis os 19 deputados ausentes e os dois que se abstiveram. Somando esses 284 com os 106 deputados dos 11 partidos que têm ministros mas deram votos contra o presidente, o Planalto calcula que tem um universo de 390 deputados sobre os quais trabalhará em busca dos 308 votos necessários para a aprovação das mudanças nas regras previdenciárias. O presidente Temer mostrou confiança ontem: “Eu me sinto fortalecido para isso (aprovar a reforma da Previdência)”. Mas a tarefa do Planalto não será fácil. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que a prioridade do Planalto deve ser a recomposição da base, especialmente com a ala dissidente do PSDB, que deu 21 votos contra Temer. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles,

Vale dos Vinhedos realiza “Cálice de Estrelas” neste sábado

Será neste sábado(05) de agosto no Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves e a cidade de Isera na Região do Trento – Itália, promovem mais uma edição do Cálice das Estrelas. No mesmo dia, em ambas as localidades, é comemorada a Noite de São Lourenço. São Lourenço é um dos santos mais tradicionais da Igreja Católica, por ser o Padroeiro dos diáconos, e teve uma vida trágica por defender seu ideal cristão. Coincidiu o período de sua morte em que é visível a chuva de meteoros “Perseidas”, que resíduos da cauda do cometa Swift Tuttle forma um rastro de estrelas cadentes. Assim, a história, a religião e a poesia marcaram um tempo de celebração de vida e sonhos, de lutas e de sofrimento. Será isso que as duas cidades querem comemorar neste sábado em um evento ao ar livre. Em Isera, o evento será simultâneo no Centro Histórico e Piazza San Vincenzo com ampla valorização do Marzemino, vinho principal da cidade. O Circolo Trentino di Bento Gonçalves, com o apoio do Hotel Villa Michelon, da Asso

Bento nas telas do cinema novamente

Bento Gonçalves volta novamente as telas do cinema desta vez com a estréia do “filme da minha vida",terceiro longa dirigido por Selton Mello - depois de "Feliz Natal" (2008) e "O palhaço" (2011). O ator volta às telas após passar um tempo sumido. Por três anos, ele se dedicou exclusivamente à direção da série "Sessão de terapia" (GNT). Selton Mello dedica aos pais seu novo trabalho como diretor.  Nesta quarta-feira convidados e autoridades assistiram a pré-estreia em Bento Gonçalves junto com o ator e diretor. “É uma história de erro e reparação, sonhos, união em família e amadurecimento", acrescenta o diretor, que também atua na trama. Durante as filmagens, o protagonista lembrou muitas vezes de casa. "Parte da família do meu pai é do Sul, então todo aquele contexto já estava nas minhas células sem eu saber. Tem uma cena com um salame, que é o mesmo que meu pai trazia de lá", conta .  A Capital do Vinho foi palco para o fil

Justiça Federal do Rio suspende aumento de imposto sobre combustíveis

Pela terceira vez, agora em âmbito nacional, a Justiça suspendeu o aumento das alíquotas do PIS/Cofins sobre os combustíveis. A decisão, tomada na Vara Federal em Macaé, no Rio Janeiro, vale para todo o país, ao contrário da liminar que foi concedida na Paraíba, que ficou restrita ao estado.A Justiça se baseou em uma ação popular movida por um professor e advogado de Barra de São João, em Casemiro de Abreu. O juiz Ubiratan Cruz Rodrigues determinou a suspensão imediata do decreto que elevou em R$ 0,41 o preço do litro da gasolina. A advocacia-Geral da União (AGU) vai recorrer.  Quem está ganhando com a guerra judicial são os postos, pois, mesmo no período em que está valendo a decisão da Justiça, eles não reduzem os preços. Aproveitam para aumentar as margens de lucros. Os postos, por sinal, não economizaram no repasse dos tributos aos consumidores. Houve casos em que o litro da gasolina subiu R$ 1, mais que o dobro do previsto.

Documentário sobre Raul Randon estréia em Caxias

A trajetória do empresário caxiense Raul Anselmo Randon será contada em um documentário a ser lançado para convidados nos dias 07 e 09 de agosto, no cinema do Shopping Iguatemi, em Caxias do Sul (RS). Do início da infância em Tangará (SC), aos tempos atuais, e com 1h de duração, o documentário traz o depoimento do próprio protagonista, enriquecido pela participação de sua esposa Nilva Randon, pelos cinco filhos, pelo 1º funcionário, pelo 1º cliente e por outras pessoas que acompanharam sua trajetória de sucesso. O pequeno negócio na área metalmecânica, iniciado em 1949 junto com o irmão Hercílio Randon projetou-se como um dos mais importantes conglomerados da indústria automotiva da América do Sul. Presente em todos os continentes, conta com um dos mais completos portfólios de soluções para o transporte de carga rodoviária, ferroviária e veículos fora-de-estrada, além da fabricação de autopeças e atuação na área de serviços financeiros. O filme também retrata a paixão de Raul Rando

Mais duas medalhas para os espumantes brasileiros

O recente concurso Muscats du Monde na França premiou com medalhas de ouro o Casa Valduga Espumante Moscatel 2016 e o Peterlongo Presence Espumante Moscatel Branco. Em sua 17ª edição, avaliou mais de 230 amostras de 25 países, degustadas por 55 especialistas internacionais, metade deles franceses. Somente participaram vinhos espumantes produzidos, exclusivamente, a partir de uvas provenientes das variedades Moscatéis.

Como votaram os deputados gaúchos

Contra o governo Temer Afonso Hamm (PP)/ Afonso Motta (PDT)/ Bohn Gass (PT)/ Carlos Gomes (PRB)/ Danrlei de Deus (PSD)/ Heitor Schuch (PSB)/ Henrique Fontana (PT); Jerônimo Goergen (PP)/ João Derly (REDE)/ Jose Stédile (PSB)/ Luis Carlos Heinze (PP)/ Marco Maia (PT)/ Marcon (PT)/ Maria do Rosário (PT)/ Onyx Lorenzoni (DEM)/ Paulo Pimenta (PT)/ Pepe Vargas (PT)/ Pompeo de Mattos (PDT) A favor do governo Temer Alceu Moreira (PMDB)/ Cajar Nardes (PR)/ Covatti Filho (PP)/ Darcísio Perondi (PMDB)/ José Fogaça (PMDB)/José Otávio Germano (PP)/ Mauro Pereira (PMDB)/ Osmar Terra (PMDB)/ Renato Molling (PP)/ Ronaldo Nogueira (PTB)/ Sérgio Moraes (PTB)/ Yeda Crusius (PSDB) AUSENTES Giovani Cherini (PR)

Temer enterra denúncia na Câmara

A habilidade de Michel Temer como negociador, a liberação de emendas, e sabe-se lá outros tipos de acordos e compromissos assumidos com os deputados foram determinantes para a vitória na votação da Câmara. O plenário da Câmara dos Deputados registrou, às 20h15, 158 votos contrários à denúncia em que a Procuradoria-Geral da República acusa o presidente Michel Temer de ter cometido crime de corrupção. O governo jogou pesado durante os últimos dias para garantir o mínimo de votos necessários para barrar a denúncia. Os deputados que rejeitaram a denúncia contra Temer na CCJ receberam R$ 4 bilhões em emendas. Michel Temer (PMDB) conseguiu que a Câmara dos Deputados negasse autorização para que fosse encaminhada ao Supremo Tribunal Federal a denúncia contra ele por corrupção passiva, feita pela Procuradoria-Geral da República. Com a rejeição, o peemedebista só poderá ser processado por essa acusação agora quando não estiver mais no cargo, a partir de janeiro de 2019. Portanto , Temer seg

Desvio de recursos da Embrapa

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta (2) a Operação Liber Pater, que investiga desvio de recursos da Embrapa Uva e Vinho, de Bento Gonçalves. Pelo menos 40 policiais federais e seis auditores da Controladoria-Geral da União (CGU) cumprem nove mandados de busca e apreensão e três de condução coercitiva em Bento Gonçalves, Farroupilha, Esteio e Vacaria. A investigação apontou fraude em licitações para compra de matéria-prima e sobrepreço na aquisição de uvas. Também há indícios de superfaturamento de cinco obras, com prejuízo de cerca de R$ 800 mil. Segundo os investigadores, as fraudes estão ligadas a dois servidores da Embrapa Uva e Vinho, que são suspeitos de ter relação com fornecedores do centro de pesquisa. Eles são investigados por fraude à licitação, formação de quadrilha, peculato e falsidade ideológica. O objetivo da operação é obter documentos que confirmem os indícios já levantados pela investigação, além de obter fatos novos. A ação também tem a participaç

Bancos devem mais de R$ 80 milhões para prefeitura em Bento

A Prefeitura de Bento Gonçalves ajuizou ações de cobrança contra os principais bancos instalados na cidade, que são os maiores devedores de impostos municipais. Segundo dados da Secretaria Municipal de Finanças, Bradesco, Santander, HSBC, Banco do Brasil, Banrisul, Itaú, e outras instituições bancárias estão hoje inscritos na dívida ativa e devem cerca de R$ 80 milhões de tributos municipais, como o Imposto sobre Serviços (ISS). O objetivo da ação é além de recuperar a arrecadação do município, promover a justiça fiscal, tornando cada vez mais difícil a sonegação tributária.

Bistrô nas praças em Bento

A prefeitura de Bento Gonçalves já iniciou o processo de estudos para a concessão pública para instalação de pequenos comércios nas praças públicas da cidade. A ideia é conceder os espaços para a iniciativa privada poder explorar gastronomicamente e em contra partida assumir a manutenção, limpeza e administração do local, por um período possível de 5 a 25 anos. O projeto irá abranger as praças Achyles Mincarone, Centenário e Dr. Walter Galassi, nas áreas centrais da cidade. O termo de referência, que é a primeira parte do projeto, está elaborado, agora a negociação está em fase final da construção de um edital para a abertura, onde por meio deste, o poder público aguardará a entrega das propostas dos interessados.

A Voz das Ruas

Por José Casado – O Globo Michel Temer é um político estimado no Congresso. Sua habilidade como negociador foi demonstrada no período 1997 a 2009, quando ganhou três eleições para a presidência da Câmara – numa delas teve apoio até da oposição: candidato único, recebeu 422 dos 513 votos possíveis. Agradeceu, em discurso, e sugeriu aos deputados federais que fizessem seu trabalho “com os olhos voltados para as agruras das ruas”. Às vésperas do julgamento político, Temer reafirma a destreza em negociações com os seus juízes no ambiente legislativo. Temer já gastou o que não podia. Numa etapa de cofres vazios, torrou R$ 6 bilhões para atender aliados. Não é pouco. Essa dinheirama equivale a toda a receita esperada com o recente aumento da tributação sobre os preços dos combustíveis. Comprometeu R$ 4 bilhões para saldo no fim do ano. Outros R$ 2 bilhões foram pagos até quinta-feira passada, dia 27. É o estilo Temer de negociar com o dinheiro alheio, isto é, dos contribuintes. Em 1997, venc