Alckmin sai na frente em alianças

Imagem relacionada
A uma semana do fim das convenções partidárias, seis legendas já lançaram candidatos à Presidência da República. Outras quatro oficializaram em convenção apoio a algum nome.

A lei eleitoral estabelece que os partidos políticos realizem suas convenções nacionais sejam de 20 de julho a 5 de agosto. É nesse período que as siglas devem oficializar seus candidatos e alianças com outros partidos.

Até este domingo, dia 28, seis nomes haviam sido lançados na corrida presidencial:
Ciro Gomes (PDT);
Paulo Rabello de Castro (PSC);
Guilherme Boulos (Psol)
Vera Lúcia (PSTU);
Jair Bolsonaro (PSL);
Eymael (DC).

Geraldo Alckmin é o que recebeu mais alianças formais: PTB, Solidariedade e PSD. Embora não oficializados, estão fechados com o tucano siglas como DEM, PR, PP e PRB.

O PCB definiu apoio a Guilherme Boulos. PMN e Avante realizaram suas convenções sem lançar candidatos.

O PV também optou por não lançar nome próprio. A sigla tende a apoiar Marina Silva (Rede). Já a tendência para o PSB é apoiar Ciro Gomes (PDT). 

Até o dia 5, devem ser confirmadas as candidaturas de Manuela D’Ávila (PC do B), Henrique Meirelles (MDB), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Alvaro Dias (Podemos), João Amôedo (Novo), Levy Fidélix (PRTB), João Vicente Goulart (PPL), além do lançamento do candidato do PT. As informações são do Poder360.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS