Arábia Saudita barra importação de frango brasileiro

Notícia ruim para os produtores de frango da serra. Maior comprador de frango do Brasil, a Arábia Saudita barrou cinco dos 30 frigoríficos nacionais habilitados. No ano passado, o País mandou 486,4 mil toneladas de frango para lá, o equivalente a 12% das exportações. Não está claro se a medida foi uma retaliação à decisão do governo de mudar a Embaixada brasileira em Israel. 
Resultado de imagem para barrou frango arabia
Segundo informação das entidades que representam o setor, são indústrias que exportam frango griller, uma ave de pequeno porte, com menos de um quilo.

Em um comunicado oficial, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) afirma que causa da suspensão são “critérios técnicos”, e informou que há planos de ação corretiva em implementação para retomar as exportações.

O frango exportado para a Arábia Saudita é halal, ou seja, segue os princípios do Islã para o abate e a produção. Os frigoríficos que enviam proteína animal para o país precisaram se adaptar às exigências.

O Brasil é hoje o maior exportador de frango halal do mundo. Somente para a Arábia Saudita, foram 486 mil toneladas no ano passado.

A exportação de frango representou, em 2018, 28% da movimentação do Complexo Portuário que inclui os portos de Itajaí e Navegantes. O volume de aves exportado corresponde a US$ 229 milhões.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS