Crise protagonizada por Bebbiano respinga em Bolsonaro


Qualquer que seja o desfecho da crise envolvendo o ministro Gustavo Bebbiano (Secretaria Geral), será ruim para o presidente Jair Bolsonaro. Se Bebbiano ficar no cargo depois de ter sido chamado de mentiroso pelo presidente e seu filho Carlos Bolsonaro, isso soará como algo a esconder. Ele saberia demais para não ser demitido.

Se for dispensado, Bolsonaro terá na praça um inimigo que conviveu de perto com ele numa campanha acirrada e vitaminada por fake news.

É legítimo que os filhos políticos do presidente façam política. Até aí, tudo bem. Mas não podem ser comportar como príncipes. Não estamos numa monarquia. (Kennedy Alencar)

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS