Lula e o Papa

Resultado de imagem para lula e o papa
A reunião entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o papa Francisco na quinta-feira (13/02), no Vaticano, foi mais do que uma troca de gentilezas entre um líder político e um líder religioso. O encontro tem repercussões simbólicas para o petista, que enfrenta processos judiciais, e influi na disputa de poder dentro da própria Igreja Católica, que tem no Brasil o país com o maior número de fiéis. Tem conotação política.

Sob o ponto de vista humano e religioso, Ok. O Papa deve sempre receber arrependidos e pecadores. Mas convenhamos que a imagem de Lula ao lado do Papa, e uma surpreendente audiência, deixa a sensação de que Lula segue sendo injustiçado no Brasil.

Ao solicitar a audiência com o papa, Lula afirmou que gostaria de agradecer ao pontífice pela "solidariedade" prestada a ele e por sua dedicação ao "povo oprimido". Estariam os brasileiros oprimidos?

Desde que foi posto em liberdade, Lula tem se dedicado a tentar reerguer o PT, elaborar estratégias para as eleições municipais de 2020 e fazer oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

A audiência transmite ainda uma ideia de uma homem injustiçado, perseguido e inocente, ao ponto de que foi preciso pedir a proteção "Divina" na figura do Papa. Além do que, demonstra prestígio, pois não é todo mundo que consegue uma audiência exclusiva com o líder da igreja católica.

Além de benéfica para Lula e para o PT, a audiência provoca nos católicos um misto de reprovação e polêmica. Deveria o Papa se render a essa intenção política? Se a intenção de Lula era a mais "pura" e desprovida de qualquer interesse, porque então divulgar e usar massivamente a foto do encontro?

POSTAGENS MAIS VISITADAS