Mudança sem Ruptura Parte II: Bento entre os melhores na educação


O terreno das redes sociais é cada vez mais movediço. Uma miopia eleitoral para quem pensa que ganhar as eleições é por ali. Apostar tudo nisso é a morte da política, do candidato, da candidatura. É importante focar as atenções nas propostas, no projeto de governo, no candidato, na consistência do programa. Não dá para aceitar receitas mirabolantes, e afirmações incoerentes daqueles que julgam que tudo está errado. Como assim tudo errado? Parece mesmo que  povo não tem memória. A história já foi escrita, é preciso ser coerente, mudar sem romper, afinal como estava nossa cidade há oito anos e como está agora? Há muitas coisas para se orgulhar, senão vejamos.

Bento Gonçalves ocupa hoje o segundo lugar no IDESE para os municípios acima de 100 MIL HABITANTES. O IDESE é um termômetro do desenvolvimento do Estado e municípios e leva em conta indicadores de renda, educação e saúde. Investir nas pessoas faz toda a diferença. O prefeito de Bento, Guilherme Pasin, não se cansa de dizer isso “ muito mais importante do que investir em tijolos é preciso investir nas pessoas, meu governo tem como prioridade as pessoas”. Pasin e seu governo foram reconhecidos pelo conselho municipal de educação como aquele que mais investiu em educação nos últimos tempos, ampliando o número de vagas nas escolas infantis e beneficiando várias famílias. Foram 75% de aumento quando comparado aos números de 2012, quando Ele venceu as eleições. No Ensino Fundamental foram 25% mais o número de vagas. 

Novas escolas foram construídas, outras foram ampliadas, reformadas e qualificadas. A escola de turno integral foi implantada, mais vagas nas creches particulares foram compradas e os professores e educadores foram qualificados e pagos em dia.

Mais de R$ 3 milhões são investidos somente na merenda escolar. Destes, cerca de R$ 1 milhão vem do governo federal, o resto é o município que coloca. 95% dos produtos são provenientes da agricultura familiar, beneficiando os produtores rurais de Bento Gonçalves e região. São frutas, legumes, hortaliças, entre outros alimentos ricos em vitaminas, sais minerais e fibras que compõem mais de 3 milhões de refeições que chegaram até as crianças.

Esses são dados da educação pública. Se contabilizarmos os dados da educação particular e das instituições de ensino superior, por exemplo, veremos que a população de Bento tem a seu dispor um rol de oportunidades para se tornar um cidadão e um profissional extremamente qualificado e preparado.

Se é verdade que Bento pode mais, há muito por fazer, mas é preciso reconhecer que a população tem muito a se orgulhar e deve seguir neste caminho.



POSTAGENS MAIS VISITADAS