Pular para o conteúdo principal

Prudente, direção da Expobento decide transferir evento

ExpoBento | Portfólio | Alvo Global
A 30ª ExpoBento e 17ª Fenavinho tiveram suas datas transferidas para o terceiro trimestre de 2020. A informação foi divulgada pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), através de um comunicado oficial. Os dois eventos seriam realizados em Junho.

COMUNICADO OFICIAL

Comprometido em contribuir ativamente com o desenvolvimento de Bento Gonçalves, desde 1990 o Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG) assina anualmente a promoção da ExpoBento, maior feira multissetorial de compras e entretenimento do país, e recentemente assumiu, também, a realização da Festa Nacional do Vinho – Fenavinho – emblemática para o município e fomentadora de toda região. Ambos eventos têm, comprovadamente, extrema relevância para a comunidade e região, contribuindo de forma determinante com a movimentação da economia, sendo peças-chaves na promoção de negócios, geração de emprego, renda e propulsores do turismo regional.

Ciente dessa representatividade, e respeitando a sólida relação de credibilidade construída com expositores, patrocinadores e visitantes ao longo dos anos, o CIC-BG confirma a realização da 30ª ExpoBento e da 17ª Fenavinho em 2020.

Paralelo a esse compromisso, também é entendimento do CIC-BG sua responsabilidade de zelar pelo bem-estar das pessoas, preservando a saúde de toda a cadeia de envolvidos nessas promoções. Atento ao parecer de órgãos técnicos, que desaconselham a realização de atividades com aglomeração de pessoas sob pena de expandir a proliferação do novo Coronavírus, e à proximidade do início do inverno nos meses de maio e junho, o CIC-BG optou por adiar a realização da 30ª ExpoBento e 17ª Fenavinho – decisão que conta com a concordância do poder público do município de Bento Gonçalves, representado pelo prefeito Guilherme Pasin.

As programações da 30ª ExpoBento e 17ª Fenavinho (Vinho Encanado, Desfiles e Vila Típica)que ocorreriam nos meses de maio e junho serão transferidas, no que depender dos esforços do CIC-BG, para o terceiro trimestre de 2020.

As datas serão definidas e comunicadas em breve, sempre observado a viabilidade de realização dos eventos conforme a evolução do panorama da pandemia, e buscando o alinhamento com a agenda da Fundaparque e demais entidades promotoras de eventos, a fim de que todos possam alcançar com o êxito o objetivo do remanejamento de suas ações.

Desde já um comitê está trabalhando para garantir que os eventos ocorram em consonância com as determinações dos protocolos sanitários, atendendo a todas as recomendações protetivas necessárias. Dessa forma, será possível realizar as programações de feira e festa com segurança para os visitantes e garantindo, também, aos expositores condições de concretizar bons negócios.

As diretorias do CIC-BG, da 30ª ExpoBento e o comitê da 17ª Fenavinho agradecem a compreensão e solidariedade neste momento de exceção, esperando contar com o apoio de todos para construir, mais uma vez, o sucesso desses eventos tão importantes para Bento Gonçalves, região, estado e país, trazendo de volta a alegria e a integração à comunidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Em delação premiada, o advogado Alexandre Correa Romano, da Odebrecht, contou para a Polícia Federal como manteve tórrido romance com Gleisi num hotel de luxo dos Alpes da Suíça. Lá onde o calor dos corpos costuma afastar o frio, Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT, entregou seu coração ao amante. E Paulo Bernardo, o marido traído, ficava em Brasília, seja como ministro do Planejamento, seja ocupando a cadeira principal do Ministério das Comunicações, enquanto sua estrela predileta flutuava em na realização de suas fantasias eróticas. O jornalista Mino Pedrosa conta em detalhes escandalosos as razões que estão por trás do apelido que a Odebrecht aplicou na senadora Gleisi Hoffman No rastro do advogado Alexandre Correa Romano, a Polícia Federal encontrou um flat que era utilizado para guardar dinheiro e encontros clandestinos e amorosos. Segundo documentos da Operação Lava Jato, o flat fica na rua Jorge Chamas, 334, apartamento 44, em São Paulo. Romano recebia hósp

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Passou no Senado e agora foi para a Câmara Federal o projeto que proíbe que companhias aéreas cobrem pela marcação antecipada de assento em aeronaves. O conteúdo da matéria foi exposto pelo senador Jorge Viana (PT-AC) durante a Ordem do Dia. Ele afirmou que a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), responsável pelo setor, estava despreocupada com a cobrança. A proposta, de autoria do senador Reguffe (sem partido-DF), foi aprovada em votação simbólica. Se for aprovado pelos deputados e sancionado pela Presidência, será obrigatória a marcação gratuita. Caso a regra não seja cumprida, uma cobrança de multa será realizada. Neste ano, as companhias aéreas Gol, Latam e Azul Linhas Aéreas decidiram cobrar pelo assento. Pelos preços estabelecidos pelas empresas, o serviço chegará a custar R$ 25 para o consumidor.

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal

Foi apresentado nesta sexta-feira(14) para um pequeno grupo de autoridades, empresários e corretores de imóveis em Arroio do Sal, o projeto de construção do novo porto marítimo do litoral norte do RS. Um grupo de investidores russos, do Grupo Doha Investimentos e Participações SA, vai construir o porto, em Arroio Seco/Arroio do Sal. Cerca de 25 mil empregos diretos e indiretos deverão ser gerados a partir da operação do porto. Os empreendedores russos têm 1 bilhão de dólares, para investir. O dinheiro já está garantido. A ideia é aproximar o comércio brasileiro da União económica euro-asiática. Um mercado comum que abrange 170 milhões de pessoas e significa um PIB da ordem dos US$ 2,2 trilhões de euros. Atualmente, a organização é composta pela Armênia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e Rússia. O empreendimento vai modificar sobremaneira a realidade dos municípios do litoral norte, sem contar a valorização imobiliária prevista no entorno.