Governo Michel Temer terá dificuldades para aprovar a reforma da Previdência

Levantamento feito pelo Jornal Estado de SP na Câmara dos Deputados mostra que o governo Michel Temer terá dificuldades para aprovar a reforma da Previdência. Até mesmo uma proposta com regras mais brandas para concessão de aposentadorias e pensões é rejeitada pelos parlamentares hoje. Segundo o placar, 251 deputados são contra a reforma, ante 95 favorável total ou parcialmente. Para que o texto seja aprovado, são necessários 308 votos a favor, o equivalente a três quintos dos 513 deputados. Até ontem à noite, cerca de 20 jornalistas entraram em contato com 436 deputados, 85% da Câmara. Apenas 11 se disseram favoráveis ao texto da forma como foi enviado pelo governo. A divulgação do Placar da Previdência teve impacto no mercado financeiro. Representantes do governo vieram a público tentar transmitir confiança aos investidores. Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, o governo não terá vitória “estrondosa”, mas a reforma passará.



Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal