Análise das pesquisas indica que pré-candidatos não conseguriram até agora superar seus pontos fracos

A Folha fez um levantamento do foco de rejeição dos principais candidatos ao Planalto. A análise das 13 pesquisas nacionais do Datafolha feitas nos últimos 30 meses mostra que, apesar das subidas, quedas e oscilações nas intenções totais de voto, nenhum deles conseguiu superar seus principais pontos fracos.

Os pontos fracos de Jair Bolsonaro continuam os mesmos: o eleitorado feminino, acima de 45 anos e que mora no Nordeste. Bolsonaro é forte no eleitorado masculino(23%), jovem (26%), e que tem renda familiar superior a cinco salários mínimos, extrato que atinge até 30%.

A principal fraqueza de Marina Silva está entre os mais ricos e que moram na região sul.

O ponto fraco de Ciro Gomes é o eleitorado jovem. Ciro é forte entre os eleitores mais ricos.

Já o de Geraldo Alckmin são a região Nordeste, Norte e Sul. É forte entre os eleitores mais ricos, especialmente na região sudeste.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal