Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2018

Governo corta gastos com saúde e educação para baixar o diesel

Para bancar o bolsa caminhoneiro, o governo informou que decidiu quase eliminar incentivos para exportadores e acabar com benefícios para a indústria química, além de cancelar despesas com programas nas áreas de saúde, educação, saneamento básico e moradia. O presidente Michel Temer sancionou na quarta-feira a lei que prevê a chamada reoneração de setores da economia, que deixarão de pagar imposto sobre o faturamento para contribuir sobre a folha de pagamento. Temer vetou o trecho que eliminava a cobrança do PIS/Cofins sobre o óleo diesel até o fim deste ano, o que já era esperado. No entanto, ele editou três medidas provisórias para garantir o acordo com os caminhoneiros, que paralisaram as atividades e provocaram uma crise de abastecimento no País. Como o Estadão/Broadcast antecipou, o bolsa caminhoneiro terá um custo de R$ 13,5 bilhões aos cofres públicos. Temer vetou o trecho que eliminava a cobrança do PIS/Cofins sobre o óleo diesel até o fim deste ano, o que já era esperado. No e

Petrobras anuncia reajuste na gosolina

A Petrobras voltou a aumentar o preço da gasolina, depois de cinco quedas consecutivas do valor do combustível. A partir de quinta-feira (31), o preço nas refinarias subirá 0,74% e passará a ser de R$ 1,9671 por litro. Em maio, o preço do combustível nas refinarias da Petrobras acumula alta de 9,42%, já que em 28 de abril o litro custava R$ 1,7977. Congelado por 60 dias, o preço médio nacional do litro do diesel A permanece em R$ 2,1016; A política de preços da estatal, desenhada em julho de 2016, prevê mudanças até diárias das cotações, em um momento em que a companhia tem prometido praticar preços alinhados ao mercado internacional e ao mesmo tempo se esforça para evitar perda de participação no mercado doméstico de combustíveis. Em meio a greve de caminhoneiros e críticas de parte do governo a política de preços, o Palácio do Planalto divulgou nota, nesta quarta-feira (30), reiterando que o governo vai preservar a política de preços da Petrobras. Oremos!

Brasil está voltando à normalidade, afirma Jungmann

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que o “Brasil está voltando a normalidade” após o colapso de abastecimento causado pela greve dos caminhoneiros. As paralisações completaram 10 dias nesta 4ª feira (30.mai.2018). Em entrevista coletiva na noite desta 4ª, o ministro afirmou que os suspeitos de locaute, se comprovados sua culpabilidade, serão punidos. A PF (Polícia Federal) investiga empresários do ramo de transportes por suspeita de impedir o transporte de cargas. O ministro informou que, no início da noite desta 4ª feira, havia 197 pontos de concentração. No último balanço divulgado, pela manhã, foram registrados 544 pontos. Jungmann ainda afirmou que o governo editará uma medida provisória com a tabela de frete mínimo. O documento será publicado nesta 5ª feira (31.mai).

Transportadoras têm 15 dias para pagar multas por paralisações

As 96 transportadoras que descumpriram determinação de desbloquear rodovias federais do país têm 15 dias para pagar as multas cobradas pelo STF (Supremo Tribunal Federal). A determinação é do ministro Alexandre de Moraes. O valor total a ser pago soma R$ 141 milhões. Caso não haja pagamento voluntário, as empresas terão os bens penhorados. “Em um Estado de Direito, a supremacia da Constituição Federal, a sujeição de todos perante a lei e o absoluto respeito às decisões judiciais são requisitos essenciais à proteção dos direitos fundamentais, à garantia da ordem e segurança públicas e ao respeito à vida em sociedade, instrumentos imprescindíveis ao fortalecimento da Democracia”, escreveu o ministro. A lista de empresas penalizadas foi enviada na noite de 3ª feira (29.mai.2018) à Corte pela advogada-geral da União, Grace Mendonça. Os dados foram computados a partir de fiscalizações promovidas pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e informados à AGU. Os flagrantes foram registrados em

Combustível chega a Bento e postos começam a normalizar distribuição

Pelo menos oito postos de combustível em Bento Gonçalves estão fornecendo combustível nesta quinta-feira(31). O combustível começou a chegar no município na noite da quarta-feira com escolta da Brigada Militar. O transporte foi planejado ao longo de toda a terça-feira (29) entre a Brigada Militar (BM) e o Sindipetro, sindicato que representa os postos. A prioridade era garantir a retomada do abastecimento em todos os municípios da serra. Para que o serviço seja normalizado nos 98 postos da cidade, porém, é preciso que haja novos carregamentos nos próximos dias. Postos que receberam combustíveis em Bento: Posto Sander Santa Rita Posto Sander Modelo Posto L'América Posto do Hélio Posto São Bento Posto Borgo Posto Ditrento Osvaldo Aranha Posto Ditrento Vale dos Vinhedos

Vinhos brasileiros premiados na China

Quatro vinhos brasileiros foram premiados no 25º Concours Mondial de Bruxelles, realizado de 10 a 14 de maio em Pequim na China.O concurso reuniu 9.180 amostras de 48 países produtores. Cerca de 330 jurados de mais de 50 países degustaram às cegas as amostras inscritas. O Salton Prosecco 2017 recebeu medalha de ouro e as medalhas de prata foram para Aurora Procedências Brut Rosé; Brazil Intenso Brut da Vinícola Salton e Garibaldi Espumante Prosecco. Este é o único concurso de vinhos a realizar testes de controle de qualidade nos vinhos premiados.

Reoneração da folha não atingirá setor moveleiro

Desde que o presidente Michel Temer anunciou a reoneração da folha de pagamento como uma das medidas para equilibrar a proposta que reduz impostos sobre os combustíveis, o assunto voltou a fazer parte da agenda de vários setores econômicos nacionais. Desde 2011, o Governo Federal tem alterado a forma pela qual tributa as empresas para fins de financiamento da previdência social. Historicamente as despesas previdenciárias têm sido financiadas por contribuições de empregados e empregadores. Estes últimos pagam contribuições equivalentes a 20% da folha de pagamento das empresas. A chamada “desoneração da folha de pagamentos”, implementada pelo Governo Federal, consiste em substituir tal contribuição patronal por outro tributo incidente sobre o faturamento da empresa, e não mais sobre a folha de pagamentos, com alíquotas entre 1% e 2%, a depender do setor da economia. O projeto de lei que propõem o fim da desoneração da folha de pagamento por alguns setores foi aprovado na

Empresas moveleiras sofrem com a falta de insumos para produzir

A manifestação dos caminhoneiros contra a alta do preço do diesel chega nesta quarta-feira (30) ao 10º dia com impactos nas estradas e em diferentes setores; Em nota, o presidente do Sindmóveis Bento Gonçalves, Edson Pelicioli, revela que muitas empresas moveleiras encontram-se desabastecidas no momento de gás e insumos como tinta, embalagem e acessórios, o que inviabiliza a linha de produção. "Existem casos de indústrias que, já na semana passada, fizeram paradas utilizando o banco de horas. Outras estão dando férias esta semana, mas não temos um número exato de quantas foram afetadas pela greve", completa Pecioli. Além disso, o presidente salienta que, mesmo antes da paralisação, havia empresas do polo moveleiro de Bento Gonçalves fazendo paradas estratégicas de um ou dois dias na semana em função de ociosidade. "É uma situação que se agrava para o setor, mas que já vinha instalada há pelo menos cinco anos e para a qual seguimos respondendo com perseverança. A no

Casa Valduga premiada na França

A Casa Valduga, comemora mais uma conquista para o Brasil com a premiação do rótulo Leopoldina Gran Chardonnay D.O 2017, que levou a medalha de ouro – quarta desse ano – no Concurso Challenge International du Vin. A premiação, realizada em Bordeaux, na França, elegeu os melhores rótulos de 38 países. Destaque do concurso, o rótulo Leopoldina Gran Chardonnay D.O da Casa Valduga é elaborado com a uva branca O evento avaliou mais de cinco mil amostras de vinhos e espumantes de várias regiões produtoras por 800 degustadores do mundo inteiro.

O importante será resistir

Tem mais coisas "escondidas" e maquiadas na greve dos caminhoneiros. Uma coisa é a greve dos caminhoneiros, com apoio dos transportadores e produtores rurais interessados em reduzir o preço do diesel. Atendida essa reivindicação e isentos do pagamento de pedágio quando vazios, não ficaria um caminhão no acostamento. Mas estão ficando, e porque? A população em geral apoia o movimento porque sabe o quanto pesa no seu bolso o custo do combustível. Mas também irá condenar o movimento porque tem ultrapassado o limite entre o direto de greve e o caos. O governo federal cedeu as exigências dos caminhoneiros. Mas não há certeza de que a paralisação geral vá terminar. Vejam o caso da Petrobrás. A mesma população que apoia a paralisação parece ter esgotado sua paciência com a Estatal. Uns defendem abertura de mercado e outros a privatização. Há quem defenda as duas medidas. Agora a greve deflagrada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) programada para quarta feira tem outros a

Governo Federal recua e aceita exigências dos caminhoneiros

Após uma semana de fracassos para superar a crise com os caminhoneiros, que provocou desabastecimento e trouxe transtornos a todo o país, o governo federal voltou a recuar nas negociações. O presidente Michel Temer fez ontem novas concessões ao movimento grevista. Em pronunciamento, o presidente anunciou a redução do preço do litro do diesel em R$ 0,46 por 60 dias – o novo subsídio custará R$ 13,5 bilhões aos cofres públicos, segundo o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Depois disso, só haverá reajustes mensais. Temer também editou três medidas provisórias. Uma isenta caminhões da cobrança do eixo suspenso nos pedágios de todo o País, outra determina o tabelamento do frete e a terceira garante aos caminhoneiros autônomos 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento.  A greve entra hoje na segunda semana sem perspectiva de quando será definitivamente encerrada. Sem lideranças claras, os motoristas seguiam ontem parados nas estradas, levando o País a um quadro de grave

Há ainda muito para ser feito. A gasolina e combustível são apenas uma ponta no iceberg.

O caos se multiplica. Já se verifica desabastecimento de alimentos em diversas cidades do País. O transporte público está funcionando de maneira precária. Aeroportos em situação de colapso. O atendimento na área de saúde começou a ser afetado. O preço da gasolina disparou nos postos, que registram imensas filas de consumidores desesperados. Nos supermercados, armazéns e mercearias, comida, água e provisões básicas começam a faltar. A população já está em estado de aflição e revolta. Essa revolta volta-se agora para o movimento. Aquilo que era para ser apenas uma demonstração de força passou a ser uma ameaça. Passados cinco dias da greve dos caminhoneiros o país entra em uma situação muito perigosa. O movimento já atinge contornos de irresponsabilidade. Até quando isso irá perdurar? Agrava-se ao fato de que o pais é refém de grupos e corporações que atuam no setor.Há indícios de que empresários atuam nos bastidores para se beneficiar da redução do preço do diesel, a ser banc

Sartori e Cairolli vão concorrer

Em almoço promovido pela pela Revista Voto no British Club, em Porto Alegre, o governador José Ivo Sartori confirmou que é candidato a reeleição. Sartori foi convidado para debater em conjunto com o diretor-presidente da Celulose Riograndense, Walter Lídio Nunes, sobre o tema "Há caminhos para o Rio Grande avançar", no almoço: Brasil de Ideias. O Brasil de Ideias é um ciclo de encontros mensais que há sete anos percorre o Sul do país. O projeto se tornou um referencial pela excelência de seus palestrantes e diversidade dos temas. O encontro visa a fomentar a convergência entre o setor público e o privado para vislumbrar a construção de uma nova narrativa para o Brasil. O governador José Ivo Sartori editará a dobradinha com o atual vice José Paulo Cairolli (PSD)

Apesar de acordo, paralisação continua

Nem mesmo o anúncio de um acordo para colocar fim à greve dos caminhoneiros, feito na noite de quinta-feira (24) pelo Palácio do Planalto, serviu para por fim à paralisação. No Rio Grande do Sul, parte da categoria garante que não vai volta ao trabalho. Mesmo após o acordo, pelo menos mais oito Estados, além do Rio Grande do Sul, e o Distrito Federal têm protestos. São eles: Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. Nesta sexta-feira (25), há pelo menos 15 pontos de concentração de caminhoneiros em rodovias do Estado. No País a paralisação continua. E a sociedade tem aderido de forma solidária a manifestação. Mas já se preocupa com a falta de muita coisa que afeta a normalidade do dia a dia das famílias. A Federação dos Caminhoneiros Autônomos (Fecam) no Rio Grande do Sul diz que não vai se posicionar, deixando a categoria livre para decidir se acata ou não a proposta do governo. A frente da Confederação Nacional dos Transporta

Momento histórico: Obras do novo presídio de Bento é real

A inauguração da nova casa prisional está prevista para o final de 2018, e no início de 2019 a desativação da atual penitenciária, encravada no centro da cidade, estará concluída. O novo presídio terá 450 vagas para o regime fechado e os módulos saem prontos e pintados da fábrica de acordo com as especificações da Susepe e depois serão transportados e montados no local, no final da rua Avelino Signor, no bairro Barracão

Delúbio se entrega e já está preso

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares se entregou há pouco à sede da Polícia Federal em São Paulo. O ministro Edson Fachin negou pedido da defesa para evitar a prisão. Advogados de Delúbio Soares pedem, agora, que ele seja transferido para o presídio da Papuda, em Brasília. Após decisão do Tribunal Regional da 4ª Região, o juiz Sérgio Moro determinou a prisão do ex-tesoureiro, condenado por lavagem de dinheiro em processo da Lava Jato.

Paulo Geremia, dono do Di Paolo, contou na Federasul como alcançou o sucesso

Com jeito carismático e bem humorado, Paulo Geremia, precursor da marca Di Paolo, principal nome em galeterias e gastronomia italiana do Rio Grande do Sul palestrou nesta quarta-feira do Tá na Mesa da Federasul em Porto Alegre . Processo padronizado, gestão profissional e saber servir são alguns dos princípios elencados por Geremia para o crescimento e a consolidação da marca, que, em 2019, completa 25 anos de existência. “Nossos clientes devem se sentir em casa. Priorizamos, sempre, o carinho da família. Esse é o segredo do sucesso, mas também, produtos de qualidade, para seguir com o padrão de sabor de nosso cardápio”, afirmou Paulo. Geremia, ao lado de Claudir Dullius, fundador da Lojas Dullius; Givanildo Luz, CEO da Saque e Pague foram convidados pela entidade para falarem como a criatividade, a inovação e a coragem com que empreenderam possibilitou crescer e colher bons resultados.

Pelo menos em 94 rodovias brasileiras há bloqueios, situação vai piorar

Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou, no final da tarde desta quarta, que manterá somente até sexta (25) a liberação do transporte de remédios, carga viva e produtos perecíveis. Se não houver um acordo entre a categoria e o governo até lá, diz a entidade, haverá "paralisação total". A Abcam afirma representar cerca de 600 mil motoristas. Caminhoneiros têm feito protestos em todo o país nos últimos três dias contra o aumento no preço dos combustíveis. A Petrobras, contudo, já anunciou que não mudará a política de reajustes. "O que vai ter liberação no país todo é carga viva, produtos perecíveis e medicamentos. São só esses que estarão liberados. Se até sexta-feira, nós temos duas reuniões com o governo, se não sair nada, se não acontecer nada até sexta, aí lamentavelmente vai parar tudo", afirmou o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes. Mais cedo, nesta quarta, representantes dos caminhoneiros se reuniram no Palácio do Planalto com

Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou

O ex-senador e ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou às 14h45 desta quarta-feira (23) em uma delegacia de Belo Horizonte, segundo o G1. Ele é o primeiro político a ser detido no mensalão tucano. Azeredo (PSDB) foi condenado a 20 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro no mensalão tucano; prisão foi determinada após último recurso na segunda instância ser rejeitado no TJMG. Há pouco, segundo O Globo, o ministro Jorge Mussi do STJ indeferiu pedido da defesa de Azeredo para evitar a prisão.

Lula sairá da cadeia para depor

Após 52 dias na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula sairá para depor na próxima terça-feira (29), na sede da Justiça Federal. Lula foi indicado pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral como testemunha no caso em que Cabral é acusado de compra de voto para levar as Olimpíadas de 2016 para o Rio de Janeiro. O depoimento será por videoconferência.

Miolo lança na China suco de uva natural

A vinícola Miolo segue ampliando a oferta de seus produtos na China, 3º maior mercado da marca no exterior, onde conta com 7 lojas distribuídas nas cidades de Xangai, Guagzhou, Haikou, Sanya e Jiangxi. A vinícola está em Xangai participando da feira SIAL, considerada o 4º maior evento gastronômico no mundo.Juntamente com vinhos ícones que a vinícola apresenta no evento – como o tinto Lote 43 e os espumantes Millésime e Miolo Cuvée Tradition –, o destaque fica por conta do Suco de Uva Sunny Days, que a Miolo apresenta pela primeira vez na China. Elaborado na região do Vale do São Francisco, na Bahia, o suco não contém conservantes nem adição de açúcar. É a bebida ideal para acompanhar todos os tipos de alimentos, em especial lanches saudáveis e leves, além de ser excelente se apreciado sozinho. “O mercado chinês valoriza a marca Miolo e, além dos nossos vinhos, que contam com aumento crescente de consumo, preparamos, para a Sial, o ‘lançamento’ do nosso suco de uva Sunny Days, ampliand

Caminhoneiros bloquearam estradas em 20 estados; combustível teve 12º reajuste somente este mês

Somente este mês, a Petrobras aumentou em 12 ocasiões a gasolina e em dez o diesel. O aumento dos combustíveis é mais um item na longa lista de problemas que o Brasil vem enfrentando na economia. Mas, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, “uma pequena correção não vai atrapalhar ninguém”. Atrapalha sim Ministro. A grande maioria dos itens consumidos pela população é transportada, normalmente, por caminhões, movidos a gasolina ou óleo diesel. Portanto, certamente esse impacto do reajuste será ainda maior para a população brasileira, uma vez que os transportadores devem repassar o custo a mais que terão na hora de abastecer. O reajuste, segundo analistas, vai provocar impacto de até 0,65 ponto percentual no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Um caminhão com capacidade para 150 litros pode ter que pagar R$ 31,50 a mais com o reajuste esperado para o óleo diesel. O aumento no preço do diesel levou caminhoneiros autônomos a cruzar os braços e bloquear rodovias pelo país ne

Brasil e mais 15 países repudiam vitória de Maduro

A reeleição do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, obtida sob suspeita de irregularidades e de coerção do eleitorado, provocou forte reação internacional. Dezesseis países não reconhecem a vitória do chavista. Reunidos em Buenos Aires, seis chanceleres do G-20 publicaram declaração em que não reconhecem o resultado e consideram adotar medidas contra o país. Os EUA ampliaram as sanções, restringindo ainda mais as relações entre os dois países. O governo brasileiro criticou as condições em que ocorreu a eleição e afirmou que o resultado aprofunda a crise no país, com impactos negativos em toda a região.

Agora candidato, Meirelles sugere redução de impostos para combustíveis

Pré-candidato ao Palácio do Planalto, o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB) indicou nesta segunda-feira (21), em evento em Belo Horizonte, que se eleito pretende avaliar a redução de impostos sobre combustíveis. Meirelles deverá ser confirmado por Temer como candidato do partido em evento nesta terça-feira, durante o evento Encontro com Futuro em Brasília. Sobre a gasolina, Meirelles disse:“A questão da gasolina tem dois componentes. O primeiro é o preço do petróleo internacional, que não é algo controlável pelo governo brasileiro, mas definido pela oferta e consumo mundial. E o segundo é uma questão fiscal, de impostos. O que estamos propondo, e vamos certamente avaliar caso eleito, é uma diminuição se for necessário dos impostos sobre combustíveis, visando compensar o aumento do preço do petróleo e ao mesmo tempo preservar a capacidade da Petrobras”, afirmou Meirelles. Meireles afirmou ainda que cabe ao presidente Michel Temer decidir e anunciar caso não seja candidato à reeleiçã

PTB homologa segunda apoio a Eduardo Leite (PSDB)

O PTB estadual vai referendar segunda-feira seu apoio oficial a candidatura de Eduardo Leite do PSDB ao governo do estado. Partidários do PTB estão convocados para a reunião na capital onde a decisão será homologada. A chapa terá como vice o ex-secretário de Segurança de Canoas, Ranolfo Vieira Júnior. A costura inclui, além da vaga de vice, também a coligação na chapa proporcional para a Câmara dos Deputados. O PTB chegou a propor que a coalizão se estendesse à eleição para a Assembleia Legislativa, mas o PSDB considerou a alternativa pouco vantajosa, por entender que havia o risco de reduzir a bancada à metade. Com a aliança o PTB busca, além de participar do governo, fortalecer sua presença no legislativo. Juntas elas passam a somar 10 deputados.

Marcheiros de Campinas: Zé Dirceu tem prisão decretada e canta Evidências

Caitá Supermercados inaugura terça em Bento

O Grupo Caitá inaugura na terça-feria(22) uma das maiores lojas da sua rede de supermercados em Bento Gonçalves. São cerca de 20 mil m² que promete reunir muito conforto, espaço, qualidade e preço bastante competitivo. Junto com o supermercado os clientes encontrarão um amplo espaço comercial, com 16 lojas no entorno, onde estarão instalados farmácia, lotérica, salão de beleza, área de alimentação, loja de presentes, e outros serviços. Também há 320 vagas de estacionamento coberto, para melhor conforto de acesso a loja, que é toda climatizada. O Grupo começou há 20 anos, em Concórdia (SC) e hoje a rede tem 16 lojas, contando com a de Bento Gonçalves, onde emprega cerca de mil colaboradores. Bento Gonçalves é a loja modelo e a maior do grupo, de acordo com Juliano Zandonai, proprietário da rede. A nova loja incorpora o que há de mais atual em tecnologia para o varejo.O Caitá é a terceira empresa no Brasil a instalar o autoatendimento, a cerca de um ano e meio, e este serviço tamb

Grupo do PSB lança Hermes Zaneti como candidato ao governo gaúcho

O Movimento “Levanta, Rio Grande!”, composto por líderes do PSB e integrantes suprapartidários, lançou nesta quinta-feira (17) a pré-candidatura de Hermes Zaneti ao governo do Estado do Rio Grande do Sul. O ato, que contou com a presença de um dos pré-candidatos do PSB ao Senado, o ex-prefeito José Fortunati, reuniu lideranças de várias regiões do Estado no Chalé da Praça XV, no Centro Histórico de Porto Alegre. Zanetti foi deputado Constituinte-1988, e é considerado o principal líder da recuperação financeira da Cooperativa Vinícola Aurora. A tendência é de que a chapa fique completa com a indicação emedebista de Germano Rigotto para o Senado.

Prisão de Dirceu é mais um capítulo da história de um partido acabado

O PT terá mais um terrível episódio de sua história nesta sexta-feira. O ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu teve o pedido de prisão decretado pela Justiça Federal e deve voltar hoje para a cadeia. A juíza federal Gabriela Hardt, substituta da mesma Vara do juiz Sergio Moro, deu até as 17 horas para que o petista se apresente para cumprir os 30 anos e nove meses de prisão, pena imposta pela na Operação Lava-Jato. Pois é, mais um episódio que envolve os principais líderes de um partido que ainda tenta convencer seus eleitores de que tudo não passa de perseguição política e de acusações sem provas. Afinal qual a credibilidade do PT para propor qualquer coisa para o povo brasileiro depois de ter praticamente destruído o mercado brasileiro com sua obstinação pela concentração de poderes nas mãos de um governo que prometia ‘distribuir’ a riqueza mas acabou dizimando o que compartilhar? Pior: um governo que liberou os cofres públicos a políticos e empresários corruptos, todos eles

Copom surpreende, mantém a Selic em 6,50%

O Banco Centrai reagiu à recente alta do dólar e decidiu manter os juros básicos da economia em 6,5% ao ano. A instituição também sinalizou o fim do ciclo de redução da taxa, iniciado em outubro de 2016, quando ela estava em 14,25%. O Copom (Comitê de Política Monetária do BC) considerou que a recente turbulência no mercado internacional tornou desnecessário um corte adicional nos juros, que permanecem no nível mais baixo da história. A decisão surpreendeu analistas do mercado financeiro, que esperavam um novo corte, de 0,25 ponto percentual, para 6,25%. Economistas dizem que a opção por manter a Selic pode ser explicada pelo receio de que a recente valorização do dólar levasse a uma aceleração da inflação e à queda dos investimentos. A diferença de juros entre Brasil (tido como mais arriscado) e EUA (mais seguro) estava se estreitando. Para os especialistas, esse fato tem deixado o mercado local menos atraente e contribuído para a elevação do dólar. Ontem, a moeda americana fechou a R

Programação do Dia do Vinho começa nesta sexta

A partir desta sexta-feira (18) e até 03 de junho, para celebrar o Dia do Vinho 2018, pelo menos 250 empreendimentos em cinco polos enoturísticos do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil - Serra Gaúcha, Campanha Gaúcha, Vale Central Gaúcho, Roteiro de São Roque (SP) e Vale do Rio São Francisco (BA) promovem variada programação paa todos os públicos. Entre os destaques do primeiro fim de semana, de 18 a 20 deste mês, é possível encontrar dois eventos das mais típicas e legítimas tradições dos descendentes de imigrantes italianos, refeições harmonizadas na paisagem histórica dos pampas gaúchos, um espetáculo circense do Grupo Tholl, um passeio ciclístico que inclui algumas das vinícolas mais lindas do Brasil, uma feira de vinhos na praça em plena Porto Alegre (RS) e até uma combinação entre vinho e yoga em uma propriedade de cultivo de orgânicos. No site oficial diadovinho.com.br é possível conferir tudo.

13ª edição do Eles na Passarela será dia 22 em Bento

Será no dia 22 de maio o tradicional evento Eles na Passarela, promovido pela Associação Bentogonçalvense de Convivência e Apoio à Infância e Juventude (Abraçaí). A 13ª edição do desfile beneficente reúne homens convidados a desfilar em prol da entidade, que atende diariamente 250 crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social no turno inverso à escola.O evento será no Spa do Vinho Autograph Collection Hotel, a partir das 19h45min, em Bento Gonçalves. Após o desfile, haverá jantar. Ingressos: R$ 160,00 por pessoa.

Aproxima-se mais uma edição da Transposul em Bento

De 27 a 29 de junho de 2018, os pavilhões da Fundação Parque de Eventos e Desenvolvimento de Bento Gonçalves (Fundaparque), na Serra Gaúcha, sediarão a 20ª TranspoSul - Feira e Congresso de Transporte e Logística, consagrado evento de negócios. Em paralelo à feira, acontece o congresso multi setorial com a presença de renomados palestrantes oriundos das principais instituições e organizações ligadas ao setor de transporte e logística. Também acrescentam na qualidade e na diversidade da programação desta edição da TranspoSul as Visitas Orientadas aos estandes dos principais expositores da feira, entre outras atrações.

Obras do novo presídio em Bento já começaram

Com serviços de terraplanagem, as obras de construção do novo presídio regional de Bento Gonçalves prosseguem. A meta é concluir tudo até o final do ano. Um problema histórico para a segurança da população finalmente está sendo resolvido graças a persistência e capacidade de articulação do atual governo municipal, que chegou a propor um novo modelo de negócio para a construção por meio de permuta por bens inservíveis do Estado. Ou seja, sem que seja necessário aportar dinheiro novo nisso.  A estrutura, que substituirá o presídio localizado no Centro, terá capacidade para 420 detentos. Estima-se que 150 trabalhadores sejam contratados ao longo do processo.

Top of Mind são entregues em POA

Os vencedores da 28ª edição do Top of Mind, organizado pela revista Amanhã, receberam, na noite desta terça-feira (15), as distinções, em evento na Capital. A Gerdau foi a ganhadora da principal categoria, Grande Empresa no Rio Grande do Sul, pela 18ª vez. A pesquisa busca junto aos consumidores a lembrança espontânea de marcas, e é pioneira e a principal do gênero no Estado. A tradicional pesquisa ouviu 1,2 mil pessoas, com idades de 16 a 70 anos, de todas as classes sociais e diversas regiões do Estado, em janeiro e fevereiro. Principais resultados da 28ª edição Grande empresa -1º lugar: Gerdau -2º lugar: Tramontina -3º lugar: Grupo RBS -4º lugar: GM -5º lugar: Farmácias São João Da serra, os destaques ficam por conta da Rede de Postos Sim com sede em Flores da Cunha, que ficou em 4º lugar no segmento, a Universidade de Caxias do Sul- UCS 3º lugar no segmento; Lojas Colombo em 1º lugar; Isabela 1º lugar na categoria massas; Orquídea do Grupo Tondo de Caxias em 1º lugar na categ

Prefeito de Garibaldi será o próximo presidente da FAMURS

O prefeito Antônio Cettolin, de Garibaldi, venceu a disputa interna do PMDB para presidir a Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) pelo próximo ano. Ele garantiu a indicação do partido com 81 votos, contra 71 do seu oponente, Rafael Mallmann, de Estrela. A posse da nova diretoria será realizada no dia 5 de julho, durante o 38º Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. O mandato será de um ano. Ao receber o resultado da eleição, o prefeito de Garibaldi convidou Mallmann para fazer parte de sua executiva na Farmurs e considerou a disputa sadia para a democracia interna. A indicação de Cettolin obedece a um acordo firmado entre os partidos com mais prefeitos no Estado. Estabelecido em 2005, o acerto determina o rodízio de legendas na direção da entidade entre 2016 e 2020. Segundo partido com o maior número de prefeitos eleitos em 2016, o MDB obteve o direito de escolher o presidente da Famurs em 2018. O Partido Democrático Trabalhista (PDT) e

Giro pelo Rio Grande apresenta em Bento pauta mínima para candidatos as eleições

A Fecomércio-RS promoveu na noite desta terça-feira, no Hotel Vila Michelon –Vale dos Vinhedos em Bento Gonçalves, mais uma edição do projeto “Giro Pelo Rio Grande”. A entidade está fazendo um trabalho de mobilização dos empresários para participarem e refletirem sobre o tema “Brasil em Reforma” em algumas cidades pólo do estado. A Reforma Tributária , responsabilidade fiscal, reforma previdenciária, eficiência da administração pública, equilíbrio das contas públicas, reforma trabalhista na legislação do serviço público, entre outros temas foram abordados pelos economistas Marcelo Portugal e Lucas Schifino. Ambos defenderam e demonstraram como o país e o RS precisam de mudanças substanciais para avançar economicamente. Defenderam as privatizações, com o fim do Estado Empresário, o aumento da produtividade do trabalhador brasileiro, as reformas trabalhistas no setor público e a da Previdência para um maior equilíbrio no sistema e nas contas públicas. Marcelo Portugal comentou q

Senadora Ana Amélia palestra quinta e sexta em Bento

O atual momento vivenciado pela política brasileira será o tema da palestra-almoço com a senadora gaúcha Ana Amélia Lemos (PP), no Centro Empresarial de Bento Gonçalves, nesta sexta-feira, 18. Antes, porém, na noite da quinta-feira, a Senadora palestra para alunos e convidados na UCS/FERVI a partir das 19h30min. Ana Amélia abordará temas nacionais como Lava-Jato, segunda instância e foro privilegiado. A senadora mostrará seu posicionamento em defesa da investigação da Polícia Federal acerca da lavagem de dinheiro no país e também por que é favorável ao encarceramento em processos em segunda instância e ao fim do foro privilegiado. A palestra também passará pela prestação de contas de seu mandato, além de algumas leis, projetos e relatorias de sua autoria. Ana Amélia elegeu-se senadora em 2010. Na Casa, presidiu a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária e foi vice-presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esporte e integrou a Comissão Especial do Impeachment. É autora de pel

Prefeito de Garibaldi é forte candidato para ser presidente da FAMURS

Dois prefeitos do MDB/RS se candidataram à presidência da Famurs (Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul). Antônio Cetolin, de Garibaldi, e Rafael Mallmann, de Estrela. O prazo para inscrição das candidaturas terminou às 10h desta quinta-feira. Pelo sistema de rodízio, neste ano, cabe ao MDB a indicação do presidente da entidade. Na véspera do fim das inscrições, três pré-candidatos abriram mão de disputar a indicação do partido à presidência da Federação: Marco Alba (Gravatai), José Panosso (Frederico Westphalen) e Paulo Cataneo (Soledade) abriram apoio à candidatura de Cetolin. A escolha do indicado emedebista acontece na próxima terça-feira, dia 15, às 18h30, na sede estadual do partido. Em todo o RS, o partido tem 132 prefeitos e 119 vice-prefeitos.

Caixa vai pagar festa para 6 mil funcionários no Rio

Citada em escândalo de corrupção, a Caixa escolheu o estádio Mané Garrincha, símbolo de superfaturamento da Copa,para evento festivo com 6.000 funcionários. A maioria viajará com despesas pagas pelo banco. A instituição mantém em sigilo os custos da festa. O encontro "Seleção Caixa: em campo pelo Brasil", será repleto de alusões à Copa do Mundo, cuja próxima edição, na Rússia, começa em 14 de junho. Celebridades da bola, como ex-jogador Cafu e o narrador Galvão Bueno, foram convidadas para dar palestras motivacionais aos gerentes. Completa o time a badalada expert em tecnologia digital Martha Gabriel. Os mestres de cerimônia serão o ator Luigi Barricelli, astro de novelas globais, e a apresentadora Renata Fan, do Programa Jogo Aberto, da Band. A Caixa mantém em sigilo os custos do evento, bem como os valores dos cachês pagos aos convidados. Num site de agenciamento de palestras, por exemplo, o passe de Cafu está cotado a R$ 40 mil. As informações são da Folha. O propósito