Gaúchos terão que pagar todo IPVA de uma só vez em janeiro

Secretário Marco Aurélio Cardoso explicou medidas para equilibrar as contas do Rio Grande do Sul
O governo gaúcho acabou com a possibilidade do contribuinte em pagar o IPVA parceladamente. Agora só a vista e de uma vez só. De acordo com o anúncio do governo do Estado desta segunda-feira, o calendário de pagamento do IPVA 2020 ocorrerá entre 6 e 30 de janeiro, sem mais a possibilidade de parcelamento do tributo. Do valor pago pelo IPVA, 50% vai para os municípios onde os veículos são registrados e o restante para o caixa do Estado.

Os dados da frota do Rio Grande do Sul para o IPVA 2020 ainda estão em processamento, segundo o Piratini, mas números deste ano mostram que são em torno de 6,7 milhões de veículos – 3,7 milhões tributáveis (55%) e 3 milhões isentos (45%).

Os únicos descontos concedidos serão o do bom motorista (de 5 a 15%) e do Nota Fiscal Gaúcha (de 1% a 5%). "O que está mudando no IPVA é isso da cota única e a impossibilidade de parcelamento, já que menos de 5% dos pagamentos eram parcelados. Dessa forma, nós não vemos necessidade de manter esses parcelamentos", disse o secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso.

POSTAGENS MAIS VISITADAS