Proprietários de veículos já podem imprimir por conta própria o Certificado de Registro e Licenciamento

QR-Code identifica documento que não precisa mais ter a versão impressa dentro do Brasil
Já é possível imprimir o documento do veículo ou o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). O novo documento eletrônico (CRLV-e), adotado em 2020. O documento tem validade jurídica, assim como o CRLV Digital, com verificação por meio do QR-Code.

O último documento de licenciamento de veículo em papel moeda será impresso nesta sexta-feira (31). Além de não precisar esperar a entrega do papel de cor verde pelos correios, o motorista pode compartilhar o documento com todos que utilizam o veículo. A impressão deverá ser em papel sulfite branco e formato A4, com tinta preta, em página única.

A mudança está prevista em regramento federal (Resolução 788/2019, do Contran) e acontece em todo o Brasil. O documento de propriedade do veículo (CRV, antigo DUT) continua a ser entregue pelos Correios em papel moeda. Ainda receberão o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) pelos Correios os proprietários de veículo que pagaram o licenciamento até 29 de julho. O fim da impressão do CRLV em papel moeda coincide com o encerramento do calendário de licenciamento 2020.

Para imprimir, o proprietário deve acessar o Portal de Serviços do Denatran ou o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (o da CNH e do CRLV digitais). Precisa fazer o cadastro no portal gov.br, informando o CPF e a senha. Usuários novos precisarão se cadastrar. Para veículos de pessoa jurídica, a obtenção do CRLV-e só está disponível no Portal do Denatran, com login por Certificado Digital.

POSTAGENS MAIS VISITADAS