Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011
O caso das mudas O portal de notícias leouve do Grupo RSCOM publicou nesta terça-feira, dia 30, a informação de que a Secretaria de Meio Ambiente de Bento Gonçalves planeja plantar 15 mil mudas de árvores na cidade a um custo previsto de R$ 240 mil (R$ 16,00/muda). http://www.leouve.com.br/geral/serra/bento_gonaalves/ver/plantaaao_de_mudas_gera_discardia_em_bento-75281.html .  O projeto inicial teria sido encaminhado pela secretaria ao Conselho Municipal de Meio Ambiente. Os conselheiros teriam aceitado os argumentos do projeto e aprovado o pedido. O próximo passo é enviar a documentação para a Câmara de Vereadores para ser apreciado e votado pelos legisladores. Um absurdo, sem cabimento e sem explicação. Ainda que este editor desconheça por completo o teor do projeto, como, quando, onde, porque, quem, não se justifica. Como pode custar tudo isso? Mudas de árvore nativa custam centavos. Quando um cidadão corta árvores sem autorização no seu terreno e é flagrado pelo policiamento a
Aos portadores de câncer. Aqueles que por algum motivo foram vítimas dos mais variados tipos e manifestações da doença, que é curável em alguns casos. Curável sim. Muitos ainda não acreditam que possa haver cura, chegam até a condenar os doentes antes do tempo, atribuindo-lhes uma morte prematura que em alguns casos jamais virá. Tem aqueles que são preconceituosos, que simplesmente afastam-se quando deveriam se aproximar ainda mais. Tem os negativistas, que resistem em acreditar que o portador de câncer esta vencendo sua batalha, e se limitam a dar uma força desacreditando, desconfiando e fingindo que estão torcendo por dias melhores. Lutar contra o câncer é lutar pela vida. Tenho certeza que muitos dos portadores de câncer perderam ontem sua maior referência. José Alencar. Mas a morte de Alencar não significa que a doença lhe venceu. Teria vencido se há 13 anos, Alencar tivesse desistido da vida. Ele não desistiu, nunca desistiu. Seguiu vivendo, vencendo cada batalha. E em inúmeras
Os sindicatos que se cuidem! A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, assinou no dia 11 de março, em Brasília a portaria que regulamenta a Lei 12.353/2010, sancionada em dezembro do ano passado pelo então presidente Lula que estabelece a eleição de trabalhadores nos conselhos de administração das empresas federais e sociedades de economia mista. Ou seja, empresas públicas e privadas com mais de 200 empregados têm de realizar eleições de um representante dos funcionários para representá-los junto à diretoria ou à presidência em discussões salariais ou que envolvam melhorias nas condições de trabalho. ---------------------------------------- Aurora Nesta semana a Aurora  participa da ProWein, a grande feira internacional de vinhos que se realiza na Alemanha, em Dusseldorf, de 27 a 29 de março . A Alemanha já é o 2º maior mercado importador de vinhos do mundo e o 4º país em consumo do produto. A Aurora já comercializa na Alemanha itens de suas linhas de vinhos finos Reserva e Var
Paulistas vão produzir e comprar móveis mais baratos Com o anúncio do governo Alckmin da redução do ICMS para diversos setores em São Paulo, incluindo o vinho, o setor moveleiro gaúcho perde em competitividade. Além de amargar um custo maior no frete, agora os paulistas ganharam vantagens com a redução para 7% da carga tributária para indústria de placas de madeira (MDF) e de crédito outorgado de 5% para toda fábrica de móveis que adquirir MDF de produtor do Estado de São Paulo. Em termos de comparação, o valor chega a ser 5% menor do que as empresas gaúchas pagam no Rio Grande do Sul. No caso dos vinhos, os paulistas já contavam com os benefícios e agora conseguiram a prorrogação até o final do ano. Estima-se que em torno de 30% dos móveis produzidos no Rio Grande do Sul sejam vendidos para o mercado paulista, o maior consumidor do País. ---------------------------------------- PTB com Lunelli em 2012 Causou surpresa em alguns a notícia de que em Bento Gonçalves o PTB esteja negoc
Especial FIMMA- Parte IV A Fimma Brasil 2011 chega ao final contabilizando números recordes e projetando bons negócios para os expositores nos próximos meses. Nos próximos meses também certamente os compradores de móveis no Brasil irão encontrar móveis ainda melhores, mais funcionais, mas tecnológicos, com mais qualidade e adaptados para as necessidades de cada um. Foi a maior feira já realizada em Bento Gonçalves. Maior em número de expositores e maior em volume de dinheiro injetado na economia local e regional. A Fimma termina com a pretensão de ser no futuro maior ainda. Hoje no inicio da tarde a diretoria reuniu a imprensa para apresentar um balanço da feira. Sem revelar os dados finais, todos foram unânimes em afirmar que a Fimma encerra superando tudo o que foi previsto. Para comemorar a semana a diretoria da FIMMA Brasil organizou uma despedida que surpreendeu os visitantes e expositores que deixavam o Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Música eletrônica e efeitos de luz ga
Especial FIMMA- Parte III A SBMI equipamentos de movimentação e cargas participa da FIMMA em Bento Gonçalves apresentando diversas soluções para a movimentação de materiais que incluem Elevadoras Hidráulicas, Carregadores Automáticos para alimentar Plainas Moldureiras, Esteiras de Lona, Carregadores com sistema de transporte, carrinhos, esteiras, mesas elevatórias e acessórios. A SBMI busca constantemente o aperfeiçoamento de sua linha de produtos através da utilização de novas tecnologias, priorizando, neste processo, o ganho de produtividade decorrente da diminuição de perdas com movimentação, bem estar do ser humano no ambiente de trabalho, melhorando a ergonomia dos colaboradores envolvidos no processo produtivo e diminuindo as lesões por esforços repetitivos (LER). --------------------------------------- Na FIMMA expositores investem também em alternativas para atrair a atenção dos visitantes. Há empresas que procuram atrair os clientes para dentro de seu estande por meio de e
Especial FIMMA- Parte II Tecnologia ao alcance de todos Reforçando o caráter de inovação tecnológica a FIMMA reúne expositores que apresentam equipamentos cada vez mais completos e dotados de muita tecnologia. Destacam-se grandes centros de usinagem, com comandos informatizados e de grande precisão. Robôs que facilitam a vida dos trabalhadores em inúmeros trabalhos repetitivos , máquinas com grande capacidade de programação, com interligação automatizada e setup automático, onde o tempo de resposta é cada vez menor, enfim na FIMMA fica comprovado que o avanço da tecnologia trouxe inúmeros benefícios para o homem e para o setor moveleiro nacional. Clique nos vídeos para ver um pouco do que é possível encontrar na FIMMA Brasil em Bento Gonçalves. As imagens são de equipamentos italianos. O robô de pintura é da CMA Robotics e o Centro de Usinagem é da Bacci. No Brasil os fabricantes italianos são representados pela Unimac- Máquinas para Madeira com escritório em Bento Gonçalves.
Especial FIMMA- Parte I Tecnovidro O grupo Tecnovidro de Farroupilha apresenta, durante a FIMMA Brasil 2011, a marca Saint Claire, responsável por desenvolver sistemas com perfis de alumínio próprios e exclusivos. Alguns exemplos são as portas curvas e a porta Laminato Linho. Além disso, a marca apresenta ainda a mais nova marca do grupo, a Casavitra. Direcionada ao consumidor final, a Casavitra oferece fogões cooktops e uma completa linha de utilidades domésticas. ---------------------------------------- Akeo Especializada na produção de acessórios para mobiliário e serviços de acabamentos especiais, a Akeo é reconhecida no mercado pelo seu poder de inovação a cada lançamento. Na FIMMA o estande da Akeo está repleto de novidades.Repletas de estilo, as criações são assinadas pelas designers Juliana Desconsi, responsável pela linha de puxadores de metal, e por Marlene Gurgel, responsável pela linha plástica. Na linha de metal, requinte é a palavra chave. São puxadores em diferente
Clique para ampliar Precisamos mudar os hábitos. Impressionante o relato do colega jornalista Ciro Fabris do Jornal Pioneiro. Em sua coluna no Pioneiro publicada na última sexta-feira, Ciro descreve com um texto primoroso o drama que viveu ao ser vítima de um seqüestro-relâmpago em Caxias. O fato ilustra bem o cuidado que é preciso ter em nossa rotina diária, mesmo em cidades da região onde alguns ainda as consideram pacatas. ------------------------------------------------- Certificação internacional para agricultores na Salton Antônio Salton falou em nome da direção  A Vinícola Salton promoveu sexta-feira (18) a entrega de certificados a 43 produtores de uvas que participam do programa Valore. Trata-se de uma certificação desenvolvida pela Bayer CropScience em parceria com a vinícola . Ao aderir ao programa, o produtor é orientado e acompanhado durante toda a safra por técnicos da Salton, previamente treinados por uma equipe da Valore, responsável por avaliar e indicar
Coerente com o seu princípio “onde quer que predomine o capital, prevalece o trabalho e onde quer que predomine a renda, prevalece a ociosidade”, Adam Smith conta que, logo no início da sua carreira, o chefe lhe pediu para comprar determinada peça para um equipamento; não a encontrando, voltou e informou da impossibilidade da montagem. A reação do homem contra a ociosidade, que para muitos pode parecer estúpida, talvez o tenha motivado a ser uma das grandes influências administrativas da história: “ponha-se daqui pra fora e só volte com a peça, nem que para isso tenha que percorrer todo o país; eu não admito desculpas, quero soluções!” O trabalho não precisa de desculpas, precisa de soluções e criatividade. Há tempo temos comentado, denunciado, criticado, alertado sobre o caos em que se encontra as rodovias que ligam Bento a Veranópolis, Veranópolis a Nova Prata, Bento a Farroupilha, Bento a Carlos Barbosa, Carlos Barbosa a Salvador do Sul e tantos outros trechos. Nesta sexta-fei
A imprensa em Caxias vende a ideia de que a desistência da candidatura do empresário da Randon Astor Schmitt é uma perda para a região. Não é bem assim. Ora quem pode sentir que perdeu são apenas alguns em Caxias. A maior parte dos sindicatos na serra gaúcha apóia Heitor Müller que será o presidente da Fiergs.  Clique para ler a carta de renúncia de Astor Schimitt  Em cidades como Bento e Garibaldi há lideranças que vão permanecer na federação. De Bento devem permanecer Carlos Bertuol, Ademar De Gasperi, Maristela Cusin Longhi, Juarez Piva e José Carlos Steffenon. A serra continua sendo muito bem representada e é impossível conceber como a região irá perder com Müller. Os mesmos que apóiam Müller na Fiergs elegeram recentemente um “filho da terra” Renan Proença. O editor tentou conversar com Heitor Müller há duas semanas. Ele preferiu não gravar entrevista mas já deixava claro acreditar que haveria apenas uma chapa. Como se esperava Astor Schmitt desistiu “a pedido” de alguns
Pichadores, vândalos ou menores infratores... No Dicionário Escolar do MEC, 1985, o vocábulo “vândalo” tem as seguintes definições: membro de uma tribo germânica de bárbaros que invadiram e depredaram a Europa e o norte da África; aquele que destrói monumentos e objetos preciosos; iconoclasta; bárbaro; destruidor, selvagem. Pois é exatamente isso que pode ser atribuído à alguns jovens infratores que andam pela madrugada em Bento Gonçalves e certamente em outras cidades da região praticando crimes contra o patrimônio público e privado.No último final de semana pichadores agiram contra estabelecimentos comerciais na rua Júlio de Castilhos e Treze de Maio no centro de Bento. Qual o sentimento do pichador no dia seguinte, ao passar pelo local que ele pichou? O que pensa uma pessoa desta? Acha lindo? O que procura o jovem inconseqüente? Reconhecimento pela sua Tribo? A falência dos valores familiares, juntamente com a própria família, a ineficiência da escola no respeito à conscientiz
Problema moderno Símbolo de status e conforto na sociedade moderna, o automóvel não é de hoje que vem se tornando um grande problema para as cidades, cuja malha viária já não comporta o número crescente de veículos que diariamente entrma em circulação. Na quarta-feira de cinzas em Bento Gonçalves, trânsito caótico em boa parte da tarde. O movimento de veículos nas ruas centrais começou por volta da 13h15min e permaneceu intenso até as 16h.Parece que todos os veículos da cidade, estavam querendo trafegar no mesmo lugar, na mesma hora e ao mesmo tempo. O feriado bancário, o péssimo hábito de alguns de irem ao banco de carro mesmo morando perto, e a falta de planejamento viário podem são alguns motivos que contribuem para que o trânsito em Bento entre em colapso. De acordo com o DETRAN, Bento Gonçalves possui a maior proporção de veículos por habitante do RS, com 56,5 veículos para cada 100 habitantes. Os dados são de 2010. Agora seguramente são mais, pois a quantidade de veículos