Sexta feira será de muita agitação política em Farroupilha. Prefeito pode sofrer impeachment



Em sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Farroupilha, marcada para esta sexta-feira, 15, os vereadores irão decidir sobre o futuro do atual prefeito, Claiton Gonçalves. A sessão inicia às 13h  e deverá se estender até a madrugada. O vereador relator Sedinei Catafesta (PSD) indicou a cassação de Gonçalves em três itens dos quatro apresentados pelos autores do terceiro pedido de afastamento do prefeito, o qual tem autoria da OAB-RS. São eles: a nomeação de um fiscal do município para atuar em função privativa de advogado, ilegal suplementação de crédito de R$ 10 mil para R$ 890 mil e a aquisição de terrenos sem autorização do Legislativo.

Nos bastidores é forte a tendência de que o prefeito será afastado. Juridicamente, tudo foi tentado para evitar a sessão, mas o judiciário não acatou nenhuma liminar.

Cerca de de 400 páginas serão lidas com tempo para todos os parlamentares se manifestarem. O prefeito Claiton Gonçalves terá duas horas para apresentar sua defesa.

A prefeitura emitiu o decreto número 6.793, que determina que os trabalhos ocorram de portas fechadas com limite de apenas 30 pessoas, restringindo o acompanhamento do julgamento somente pelas partes envolvidas. Com isso, a imprensa e o público estão restritos de participarem presencialmente.


POSTAGENS MAIS VISITADAS