Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

Transposul abre em clima de otimismo e celebração

O primeiro dia da 20ª TranspoSul – Feira e Congresso de Transportes e Logística, em Bento Gonçalves (RS), teve comemoração com o resultado do jogo do Brasil, empolgação com a perspectiva de negócios para o setor e nostalgia na comemoração dos 20 anos do evento. Na solenidade de abertura, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística do Rio Grande do Sul (SETCERGS), Afrânio Kieling, destacou a importância e crescimento da Transposul. – Esta edição só está acontecendo porque há vinte anos, visionários, liderados por Ademir Frasson, imaginaram um pequeno congresso do setor em Canela. Hoje, estamos diante de um evento que é o 2º maior do setor no Brasil – discursou o presidente do SETCERGS, Afrânio Kieling. O ex-presidente da Fetransul, advogado economista, pós-graduado em inovação e competitividade, Paulo Caleffi, destacou que a Transposul é um lugar de convergência dos interesses. – Estamos reunindo todos aqueles que dependem do transporte de p

Com Lula, Bolsonaro empata. Sem Lula diferença dispara

A pesquisa Methodus também avaliou dois cenários para presidente no Rio Grande do Sul. Pela pesquisa estimulada, em um cenário no qual o nome do ex-presidente Lula é apresentado, Jair Bolsonaro (PSL) tem 23,3%, seguido por Lula (PT) com 22,4%, em situação de empate técnico no Estado. No segundo cenário estimulado, o nome de Lula é substituído por Fernando Haddad. Jair Bolsonaro (PSL) se isola então na liderança com 26,3%, seguido de Manuela D´Ávila (PCdoB) com 8,3%.

Em todos os cenários, Sartori perderia no segundo turno diz Methodus

A pesquisa Methodus em 25 municípios no Rio Grande do Sul, entre os dias 19 a 25 deste mês, sobre a intenção de voto do eleitor gaúcho para governador e presidente da República, divulgada pelo Correio do Povo apresenta uma simulação de pelo menos sete cenários para as eleições do segundo turno no RS. Em quatro cenários envolvendo o atual governador Sartori os resultados para ele são desfavoráveis. Sartori perde para todos os candidatos. De qualquer forma é bom observar que o percentual de brancos e nulos continua alto em todas as simulações.

Nova pesquisa para o governo no RS , atual governador Sartori lidera com 17,5%

O Instituto Methodus realizou pesquisa em 25 municípios no Rio Grande do Sul, entre os dias 19 a 25 deste mês, sobre a intenção de voto do eleitor gaúcho para governador e presidente da República. A amostra é composta por 1.000 entrevistas, com eleitores de ambos os sexos. A margem de erro da pesquisa é de 3,0 pontos percentuais, para mais ou para menos. No cenário estimulado de primeiro turno, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados em um disco e com a pergunta “Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem você votaria para governador do Rio Grande do Sul?”, o atual governador José Ivo Sartori (MDB) aparece com 17,5% das intenções de voto, seguido de Jairo Jorge (PDT) com 10%. O candidato Miguel Rossetto (PT) aparece com 8,1%, em empate técnico com Eduardo Leite (PSDB), que tem 8% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 22,6% e 21,6% dos eleitores declaram não saber em quem votar. Na menção espontânea para governador, Sartori (MDB) é o

Di Paolo: Melhor Galeteria da Serra Gaúcha

A última edição da publicação "Veja Comer & Beber Porto Alegre e Serra Gaúcha" apresenta o restaurante DiPaolo como o melhor restaurante na categoria “Galeto”. A revista enfatiza o carro-chefe do restaurante, o galeto al primo canto. “Uma mistura de sálvia, orégano, cebola, alho, azeite e cerveja tempera os franguinhos de 500 gramas, que recebem também um banho de vinho branco antes de ir para a brasa. O resultado é uma carne suculenta, protegida por uma camada crocante e aromática”. A publicação também revisa toda a sequência de pratos da típica culinária italiana servida nas casas do Grupo indicando a casa como a melhor da região. O DiPaolo já ostenta a marca de o Melhor Galeto do Brasil por vários anos, segundo ranking da revista Quatro Rodas.

Festiqueijo começa nesta sexta em Carlos Barbosa

Tem inicio enta sexta-feira, dia 29, a 29º Festiqueijo em Carlos Barbosa. Durante o festival gastronômico, os visitantes poderão degustar uma farta variedade de queijos e outros acompanhamentos. Sempre uma das grandes atrações é o stand da Cooperativa Santa Clara, que nesta edição apresenta novidades na sua linha de produtos como a Raclette, preparação de origem suíça, onde o queijo é aquecido e, à medida que derrete, é raspado sobre um prato ou acompanhamento. Outras novidades são o Sorvete Zero Lactose de Doce de Leite e Nata e o Wrap com Temper Cheese. Já o Churrasco contará com um espaço especial no estande, onde serão servidas linguiças, iscas de carne suína, Queijo Provolone no espeto e grill e Queijo de Coalho, demonstrando a versatilidade dos produtos Santa Clara. No evento, estarão disponíveis em primeira mão o Queijo Emmental e o Queijo Coalho com orégano, pré-lançamentos da Cooperativa. A Santa Clara também estará desenvolvendo uma ação com os óculos de realidade virtual,

Delação de Palocci foi homologada, boatos circulam que ele será solto e logo saberemos de tudo

A imprensa no centro do país já noticia que Palocci delatou tudo. Lula, Dilma, Gleisi e o PT. A revista Veja que vai circular no final de semana teria na íntegra a delação de Palocci. Nitroglicerina pura. Os efeitos esperados serão devastadores. Jamais, antes, um todo poderoso do PT produziu delação. O ex-ministro Antonio Palocci poderá ser solto a qualquer momento. O desembargador Gebran Neto acaba de suspender a apelação criminal do caso Sete Brasil, após a homologação da delação premiada de Antonio Palocci. Boatos a parte é bom lembrar que as delações fechadas com a PF só preveem benefícios – como redução de pena – depois de comprovadas as informações citadas.

Fachin acumula 17 derrotas em 34 votações cruciais da Lava Jato

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), sofreu três derrotas ontem que tornaram ainda mais explícito seu isolamento na 2.ª Turma da Corte. Na principal decisão do dia, a 2.ª Turma concedeu, por 3 votos a 1, habeas corpus ao ex-ministro petista José Dirceu, condenado e preso após decisão de segunda instância. O relator também ficou vencido em outros três casos relativos à Lava Jato e seus desdobramentos: o ex-assessor do PP João Cláudio Genu e o lobista Milton Lyra foram soltos, e buscas no imóvel funcional da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) foram anuladas. Em outra decisão contrária a Fachin, uma ação contra o deputado estadual paulista Fernando Capez (PSDB) no caso da máfia das merendas foi trancada. Com a sessão de ontem, Fachin acumula 17 reveses em 34 votações cruciais da Lava Jato na Turma, formada por Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Fachin.  Em sua maioria, esses ministros têm perfil críti

Em vídeo no youtube, pastor Malafaia convoca cristãos a não votarem em Marina Silva

O pastor Silas Malafaia iniciou sua participação na campanha presidencial de 2018. E vai utilizar as mesmas armas de outros períodos eleitorais, nos quais utilizava as redes para atacar os adversários de seu aliado. Este ano, ele disse que vai apoiar o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro. Em vídeo publicado nesta segunda-feira em sua conta no Youtube, o pastor conclama os cristãos a não votarem na pré-candidata da Rede, Marina Silva, que é fiel da Assembleia de Deus. O motivo é a recente declaração de Marina, que afirmou pretender convocar um plebiscito para resolver questões como a legalização do aborto e das drogas. No vídeo, denominado "Por que um verdadeiro cristão não vota em Marina?", Malafaia classifica como "falácia" a proposta de Marina Silva sobre o plebiscito. "Pior do que um ímpio é um cristão dissimulado. Me arrependo de já ter apoiado essa mulher. Como que um cristão nega fundamentos de sua fé?", indaga o pastor. O pastor ch

Gleisi escapou de uma apenas

A decisão da Segunda Turma do STF de absolver a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, em uma ação penal da Lava Jato não surpreendeu Curitiba. Quem trabalha nas investigações concorda que o caso carecia de “prova de corroboração suficiente das declarações dos delatores”. Mas a aposta é de que a petista não escapa de outro processo em que é investigada: o chamado caso Consist. A prova documental seria mais robusta, segundo envolvidos nas investigações da Lava Jato em Curitiba. (Coluna do Estadão).

José Dirceu solto

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu por maioria, hoje, mandar soltar o ex-ministro José Dirceu, preso da Operação Lava Jato. Ele foi levado para cumprir pena em 18 de maio, após esgotados os recursos no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que confirmou a condenação de Dirceu de 30 anos e 9 meses. A iniciativa foi do relator do caso, Dias Toffoli, acompanhado por Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Ficou vencido o ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin. O decano Celso de Mello não estava presente na sessão. Após o voto do ministro Toffoli, que entendeu que havia problemas na dosimetria da pena de Dirceu, o ministro Edson Fachin pediu vista (mais tempo de análise). Com isso, Toffoli sugeriu que a turma votasse um habeas corpus de ‘ofício’ ao ex-ministro, visto que esta é a última semana de atividades do judiciário antes do recesso. Toffoli foi acompanhado por Lewandowski e Gilmar para que Dirceu fique solto até que Fachin devolva a vista do processo. No

Na queda de braço sobrou para os produtores rurais

O governo reagiu às investidas do Congresso e decidiu cortar R$ 15,5 bilhões em benefícios que haviam sido aprovados pelos parlamentares ao setor agrícola. A equipe econômica diz que falta dinheiro para bancar o programa, que previa a renegociação de dívidas de pequenos produtores rurais com descontos de até 95% no saldo devedor, diferença que seria bancada pelo Tesouro Nacional. Medida provisória foi editada para reduzir os abatimentos e restringir o alcance da repactuação dos débitos. O projeto original contemplaria produtores de todo o Brasil e teria custo de R$ 17,1 bilhões só em 2018. Sem dinheiro em caixa, o governo já havia determinado aos bancos públicos que não efetuassem nenhuma repactuação com os produtores rurais. O deputado Afonso Florence (PT-BA) disse que a bancada pode questionar a constitucionalidade da medida do governo. Uma queda de braço entre o governo e os deputados que é prejudicial ao homem do campo.

3º edição do Wine Festival é sexta dia 29

Será na próxima sexta-feira(20) a terceira edição do Wine Festival. O evento gratuito é promovido pelo Instituto Brasileiro do Vinho reunirá, sete vinícolas, cinco food trucks e duas atrações musicais. A iniciativa integra também a programação do 7º Congresso Latino-Americano de Enoturismo e acontece das 17h às 23h30min na Rua Coberta, no bairro Planalto. As vinícolas Casa Perini, Dal Pizzol Vinhos Finos, Domno, Fazenda Santa Rita, Lidio Carraro Vinícola Boutique, Pizzato Vinhas e Vinhos e Salton estarão comercializando vinhos, espumantes e sucos de uva. Poderão ser adquiridos vinhos e espumantes em doses de 200ml, a preços de R$ 8 a R$ 18, ou em garrafas (750ml), de R$ 25 a R$ 60. O suco de uva estará à venda por R$ 5 (200ml). Também serão comercializados no local ice bags, por R$ 10 (diretamente nos estandes das vinícolas), além da taça de acrílico Vinhos do Brasil, por R$ 8. Comprando duas, o valor é R$ 15. Os food trucks A Tenda do Brigadeiro, Colheita Boutique Sazonal, Républi

Wine Weekend 2018

De 28 de junho a 1º de julho, acontece em São Paulo, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera o Wine Weekend 2018. Em sua nona edição, a Wine Weekend São Paulo Festival – o maior evento de vinho do país – mostrará evolução desse setor no Brasil. O visitante do evento participará de palestras, exposições de arte, música ao vivo, jantares temáticos, oficinas e workshops, tudo voltado ao tema do vinho. Mais de 80 expositores nacionais e estrangeiros já confirmaram presença. Serão apresentados mais de 2.000 rótulos com preços diferenciados e descontos de até 70%. As vendas serão feitas de forma direta entre os produtores/importadores e os consumidores. Mais de 190 países terão seus rótulos representados na feira, dentre eles Chile, Itália, Espanha, Argentina, Austrália e Estados Unidos. Vinícolas gaúchas participam do evento, como é o caso da Aurora. A maior e mais premiada vinícola do Brasil leva novidades, vinhos premiados e rótulos consagrados. O vinho medalha Duplo Ouro no Concurso M

Quarta começa a Transposul em Bento

Tem início nesta quarta-feira, dia 27, a 20ª TranspoSul – Feira e Congresso de Transporte e Logística em Bento Gonçalves. A TranspoSul é o segundo maior evento de transporte e logística do Brasil, e reúne as principais empresas do setor na Feira e palestrantes renomados para debater assuntos pertinentes à área no Congresso que acontece no pavilhão E da Fundaparque. A TranspoSul irá reunir as novidades tecnológicas dos maiores fabricantes de caminhões, pneus, distribuidores de combustíveis e fornecedores do ramo de implementos do país, além de modernos sistemas, equipamentos e serviços voltados para a logística e multimodalidade. O evento, nas últimas edições acontecia em Porto Alegre e retorna agora a Bento após 12 anos.

Disputa pelo comando do Palácio Piratini tem nove pré-candidatos.

Há quatro meses das eleições, a disputa pelo comando do Palácio Piratini tem nove pré-candidatos. Embora continue negando em público a possibilidade de tentar novo mandato, José Ivo Sartori  já andou dizendo que vai concorrer. A convenção estadual do MDB do RS só sairá no último dia do prazo legal, 5 de agosto. Mas a chapa mais provável terá como Governador, Sartori, Vice - José Cairolli, PSD e Senadores - Beto Albuquerque (PSB) e Rigotto (MSDB). Eduardo Leite (PSDB) , terá como vice o delegado Ranolfo Vieira Júnior do PTB, que confirmou coligação no último dia 21. Embora os dois partidos já estivessem em negociações avançadas desde o final do ano passado, havia um forte complicador: a exigência dos deputados estaduais do PTB em formar coligação também na eleição proporcional. Com cinco parlamentares eleitos para à Assembleia em 2014, a legenda projeta que, com os tucanos, poderia chegar a oito. Leite terá ainda o apoio do PPS. O PPS mantinha conversas com três pré-candidatos: Leit

17 expositores reunidos no jantando com a Agas em Caxias do Sul

A Associação Gaúcha de Supermercados promove no próximo dia 27, a segunda edição de 2018 do Jantando com a Agas em Caxias do Sul. Novamente acompanhando do Circuito de Negócios, com os dois eventos ocorrendo em paralelo, o encontro acontecerá no Sica Gastronomia (Rua Ítalo Vitor Bersani, 1134 – Bairro Jardim America), a partir das 18h. O momento oportunizará encontros e a troca de cartões entre supermercadistas, fornecedores e empresários da região e de todo o Rio Grande do Sul, num ambiente descontraído e sem palestras. Em Caxias do Sul, o Circuito de Negócios contará com a presença de 17 expositores, aproveitando a ocasião sem a necessidade da montagem de estrutura de feira para expor seus produtos e serviços aos varejistas. A entrada será R$ 70,00 para sócios da Agas e R$ 100,00 para não sócios, com pagamento no local. A Agas estima a participação de pelo menos 300 players no evento, em busca de oportunidades exclusivas e de network com a indústria.

Começa terça-feira a votação da Consulta Popular

Começa terça-feira (26) a votação das demandas da Consulta Popular, programa do Governo do Estado que tem por objetivo a participação da comunidade na escolha das prioridades para cada região. A votação segue na quarta(27) e quinta-feira (29), por SMS, internet ou na frente da Prefeitura de Bento,. Postos de Saúde, Hospital Tachini e no BCOM também há urnas on-line. Para participar do processo basta possuir título de eleitor no município. Os eleitores tem que escolher um projeto apenas. Em Bento a recomendação é votar na Saúde.

Duratex anuncia joint venture com Lenzing para fábrica de celulose solúvel

A Duratex anunciou nesta quinta-feira, 21, a criação de uma joint venture com o grupo austríaco Lenzing para criação de uma fábrica de celulose solúvel. O negócio receberá investimentos iniciais de cerca de US$ 1 bilhão. O acordo também garante a venda da totalidade da produção de celulose solúvel para a Lenzing, em condições de mercado. Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa informa que joint venture que irá operar a fábrica e a floresta será detida pela Duratex e Lenzing, com participação acionária de 49% e 51%, respectivamente. Os resultados da nova companhia serão reconhecidos no resultado da Duratex por equivalência patrimonial. A nova companhia terá como atividade a produção e comercialização de celulose solúvel do tipo viscose, com localização estratégica no Estado de Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro, próximo a São Paulo. Segundo a empresa, o acordo não afetará sua capacidade de fornecimento de madeira própria para suas unidad

Gleisi pergunta: "Quem vai me pedir desculpas?"

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse nesta quinta-feira, 21, que passou por um processo de desconstrução de sua imagem nos últimos quatro anos e que merece um pedido de desculpas. “Quem é que vai me pedir desculpas por tudo que aconteceu?", disse a petista em entrevista coletiva para falar sobre o assunto, em Curitiba. Segundo Gleisi, o processo teria começado com a revelação da delação premiada que citava seu nome e durou até o julgamento da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, que nesta semana inocentou ela e o ex-ministro Paulo Bernardo das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro em um dos processos da Operação Lava Jato. "Quem vai reconstituir os anos que eu tive de desconstrução da imagem pública, as ofensas que a minha família recebeu e que eu recebi? Não tem como recolocar isso”, questionou. “Foi uma ação cotidiana de desconstrução da imagem por agentes do Estado, pela mídia e opositores políticos. Foi muito difícil, eu não tinha o mesmo espaço para m

Rodrigo Janot disse em Bento que "O mensalão perto da Lava-jato é um pinto"

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, responsável por apresentar duas denúncias contra o presidente Michel Temer no Superior Tribunal Federal (STF), derrubadas no Congresso Nacional, encerrou o 2º Congresso Estadual de Direito Eleitoral na noite de sexta-feira, na UCS, em Bento Gonçalves. Em uma hora, Janot apresentou a palestra “Eleições e Corrupção” onde citou os principais casos de corrupção investigados no país e América Latina . Durante a explanação , o ex-procurador-geral fez um balanço da Lava-Jato. Segundo ele, o sucesso da operação é resultado da cooperação entre diversas instituições, dos acordos de colaboração premiada, da experiência e do treinamento das equipes destacadas para atuar no caso. Para ele, não é correto atribuir os bons resultados das operações a uma única pessoa. "O mensalão perto da Lava-jato é um pinto", disse. Depois que deixou a Procuradoria-Geral da República, Janot passou a dar aulas, palestras e escrever artigos em defesa da

Travestis criam escândalo defronte prédio do Deputado José Otávio Germano em POA

Foi nesta sexta-feira(22) no final da manhã que a tranquilidade de uma rua no bairro Petrópolis, em Porto Alegre, foi quebrada devido a um tumulto em frente a um prédio onde mora o deputado federal José Otávio Germano (PP). Moradores acabaram por chamar a Brigada Militar. Duas transexuais gritavam afirmando estar cobrando uma suposta dívida do deputado. A guarnição da BM, composta por três soldados, tentou negociar o fim do protesto. Um dos policiais subiu ao sétimo andar, onde mora Germano, e voltou dizendo que ele iria pagar a dívida. Descrevendo o deputado como "muito alterado", o soldado pediu que as transexuais esperassem a chegada de uma pessoa que iria trazer o dinheiro. Após demorada negociação e por receberem R$ 2,5 mil entregue pelos policiais, as transexuais aceitaram ir embora mediante a promessa de que o restante da suposta dívida será pago em breve.   A recente trajetória de José Otávio Germano é repleta de episódios polêmicos. Em março deste ano, um asses

Confira as principais datas do calendário eleitoral de 2018

Os próximos meses serão de muitas movimentações no tabuleiro político do país. A principal dúvida que ainda paira no ar é quem finalmente serão os candidatos. A resposta só deveremos saber com absoluta certeza entre julho e agosto, quando serão realizadas as convenções partidárias, que oficializam os candidatos e as chapas que disputarão a eleição. O ano de 2018, aliás, é cheio de diferenças, justamente por tratar-se de período eleitoral. Há prazo para quem vai concorrer renunciar do cargo público, para demitir servidor público sem justa causa ou para reajustar salário. Tudo isso está previsto no calendário eleitoral oficial, emitido pelo Tribunal Superior Eleitoral. Veja as principais datas. Clique na imagem para ampliar.

Consultora dá dicas para candidatos moldarem o discurso e a linguagem corporal.

Olga Curado já usou seu treinamento à base de aikidô (arte marcial japonesa) com os petistas Lula e Dilma Rousseff e o tucano Aécio Neves. Na eleição de 2018, dará o golpe de mestre o concorrente que transmitir moderação na fala e no gestual e exibir vigor, crê a consultora de imagem, experiente em ajudar candidatos a moldarem o discurso e a linguagem corporal. "Não vai ser ninguém que fale acima do tom. As pessoas não aguentam mais essa gritaria", afirma a jornalista, que há 15 anos auxilia políticos em campanha, executivos e empresas encalacrados em crises de imagem –um trabalho que ela resume como "aprender a tomar decisão em tempos difíceis". "Todo mundo encheu o saco de briga, ninguém quer radicalização", diz a goiana, que assessorou Dilma em 2010 e Aécio em 2014. "Agora vai ser alguém com perfil conciliador. Não à toa estão todos [pré-candidatos] falando isso." Os requisitos afastariam o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e o ex-minis

Prefeitura de Bento irá leiloar terrenos sem uso

A Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria Municipal de Finanças realiza no dia 31 de julho, Concorrência Pública 12/2018, para a venda de 19 bens imóveis de propriedade do Município. Todos os imóveis disponibilizados serão entregues livres e desembaraçados de qualquer restrição para os compradores. Os valores arrecadados somente poderão ser utilizados em aquisição de outros bens imóveis ou em aplicação no Passivo Atuarial do Fundo de Aposentadoria e Pensão dos Servidores Públicos do Município, garantindo assim, que os valores que seriam investidos na aplicação do Passivo, sejam alocados em áreas importantes para o atendimento a população. Os interessados em participar devem apresentar a documentação em dois envelopes fechados e lacrados, identificados com as palavras documentação e proposta. Além disso, é necessário o depósito de um valor caução de 5% do valor do imóvel interessado, podendo também ser por meio de seguro ou fiança bancária. Em caso de compra, esta quant

Ministro Raul Jungmann estará em Bento nesta quinta

Será nesta quinta-feira, as 14h a solenidade de abertura da 8ª Edição do Fórum Nacional de Tecnologia e Inovação na Segurança Pública. O evento ocorre na Casa das Artes em Bento Gonçalves e é uma realização da Network, prefeitura de Bento Gonçalves, secretaria nacional de Segurança Pública (Senasp) e o Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública (Consesp), secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio Grande do Sul (SSP/RS), Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC), e Associação dos Secretários e Gestores Municipais de Segurança Pública (ASGMUSP). Na oportunidade serão abordados temas, tendências, desafios e perspectivas do que há de mais moderno no mercado mundial para Segurança Pública, além do intercâmbio de informações do que já está aplicado nos estados e municípios brasileiros. O encontro reunirá especialistas e executivos do segmento, e as principais autoridades da Segurança Pública. Serão realizados painéis temáticos onde convidados e patrocinadore

Rodrigo Janot palestra sexta em Bento

O Ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai palestrar sobre Eleições e corrupção nesta sexta-feira em Bento Gonçalves. Janot é convidado do  II Congresso Estadual de Direito Eleitoral do Instituto Gaúcho de Direito Eleitoral, que ocorre no Campus Universitário da Região dos Vinhedos. A palestra é as 18h. O evento é promovido pelo  Instituto Gaúcho de Direito Eleitoral (IGADE). As inscrições para acadêmicos, egressos da UCS, associados do IGADE e alunos da Verbo Jurídico custam R$ 50,00. Para o público em geral custam R$ 80,00.

Gleisi escapou...Por enquanto!

O Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu nesta terça-feira (19) a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), e o ex-ministro Paulo Bernardo, marido dela, da acusação de corrupção e lavagem de dinheiro em um dos processos da Operação Lava Jato.Também foi absolvido o empresário Ernesto Kugler Rodrigues, apontado como emissário do casal no recebimento do dinheiro. Ao apresentar a denúncia, a Procuradoria Geral da República afirmou que Gleisi e Paulo Bernardo pediram e receberam R$ 1 milhão desviado da Petrobras para a campanha dela ao Senado, em 2010. Mas, ao julgar o caso, os ministros da Segunda Turma do STF consideraram não haver provas de que o casal recebeu propina em troca da manutenção de Paulo Roberto Costa como diretor de Abastecimento da Petrobras à época. Votaram pela absolvição total: Dias Toffoli; Gilmar Mendes; Ricardo Lewandowski. O relator da ação, Edson Fachin, e o revisor, Celso de Mello, também votaram pela absolvição dos crimes de corrupção e lavagem, mas se

Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo: de casal de ministros influentes agora réus

Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo entraram para a história como a dupla com mais poder em Brasília. es formavam um incomum casal de ministros do Brasil, no ápice de suas carreiras políticas. Agora estão no banco dos réus. A acusação contra eles por corrupção passiva e lavagem de dinheiro será o segundo caso da Lava Jato que o Supremo Tribunal Federal (STF) vai analisar – quatro anos após a dupla ser citada pela primeira vez na operação. Paulo Bernardo esta recluso, saiu de cena, não tem mais ambições políticas. Gleisi não. Quer sempre o poder. Tem desafiado a justiça ultimamente. É defensora intransigente do PT e do seu ídolo Lula. O julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) da presidente nacional do PT, nesta terça-feira (19), terá consequências maiores do que a simples condenação ou absolvição da senadora. As implicações não serão apenas judiciais; mas também políticas. Condenada, Gleisi e o próprio Lula tendem a perder força dentro do PT – o que aumentará a divisão do parti

O ano acabou

A greve dos caminhoneiros, a incerteza eleitoral e as turbulências externas – que contribuíram para a disparada do dólar – derrubaram as projeções de crescimento do PIB para o ano e estão fazendo com que empresários do setor industrial suspendam investimentos. A taxa de ociosidade é de 25% a 30% nas fábricas. Pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) mostra que, em março, a expectativa, com base na consulta a 442 empresas, era de que seria investido 1,2% mais do que em 2017. Agora, a estimativa é de queda de 0,4%. O Indicador de Intenção de Investimentos da Indústria do segundo trimestre – apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da FGV com cerca de 700 empresas em abril e maio – caiu 7,6 pontos ante o primeiro trimestre. O resultado é quase igual ao do fim de 2017 e está abaixo da média registrada antes da recessão de 2014. O ano acabou, tem eleições pela frente e depois sobrará poucos meses para tentar uma recuperação.

Temer no Paraguai. Eunício e Maia viajam para não ficarem inelegíveis

Desde abril, sempre que o presidente Michel Temer viaja para o exterior, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), também programam agendas fora do país. O motivo é eleitoral: Maia e Eunício não querem correr o risco de serem impedidos de disputar as eleições em outubro. É um a vergonha, porque cada um dos parlamentares provoca um gasto público superior a R$ 300 mil. A ida de Maia para Portugal em jatinho da FAB custa pelo menos 200 mil. A ida de Eunicio para a Argentina em outro jatinho da FAB custa cerca de R$ 100 mil. Fossem em avião comercial gastariam menos de R$ 20 mil. Se tivessem responsabilidade com o dinheiro público, nem precisariam viajar. Poderiam simplesmente pedir licença do cargo. Especialistas explicam que, no caso de ficarem no exercício da Presidência da República por algum período nos seis meses anteriores à eleição, Maia e Eunício só poderiam concorrer à Presidência. Ou seja, não poderiam disputar outros car

Exército licita compra de duas toneladas de camarão, caviar e espumante

Uma licitação aberta em maio pelo Exército Brasileiro, mais especificamente o Comando Militar do Leste, estima a utilização de R$ 6,5 milhões em recursos públicos para a compra de alimentos e bebidas. A lista, um tanto quanto requintada, inclui duas toneladas de camarão, 109 potes de caviar e outros itens como salmão e centenas de garrafas de bebidas alcoólicas como cerveja, uísque, cachaça, tequila, vinhos (nacionais e importados), vodca e espumantes. As informações são do UOL. Em nota, o Exército informou que os alimentos e bebidas não são destinados aos quartéis, mas são para venda em restaurantes e bares de dois hotéis vinculados à corporação no Rio de Janeiro. Esses hotéis, conhecidos como hotéis de trânsito, são utilizados por militares (em missão ou não), seus familiares e servidores civis das Forças Armadas. Além de convidados e autorizados pelo comando do Exército. Mas o dinheiro é público né!

Direita vence na Colômbia

O direitista Iván Duque, afilhado político do ex-presidente Álvaro Uribe, foi eleito neste domingo presidente da Colômbia, após a apuração de 96,99% dos votos. Com 54,07% dos votos, o ex-senador de 41 anos venceu com boa margem o ex-guerrilheiro Gustavo Petro (41,72%) no primeiro segundo turno polarizado entre direita e esquerda da história da Colômbia. Essa eleição é determinante para os acordos de paz que buscam acabar com meio século de confronto armado no país. Vencedor do primeiro turno com 39% dos votos, Duque tem experiência política de quatro anos. Embora tenha se destacado no Senado, chegou ao Parlamento por uma lista fechada liderada por Uribe.

Chegou a vez de Gleisi Hoffmann

A senadora pelo Paraná Gleisi Hoffmann (PT) começa a ser julgada pelos cinco ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) na próxima terça-feira (19), no âmbito da ação penal 1003, na qual responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, na esteira da Operação Lava Jato. E Embora possivelmente não haja tempo para que o julgamento seja encerrado ainda naquele dia, o trâmite do processo já é considerado célere na comparação com os casos sob o guarda-chuva da Corte máxima. Foram mais de 3 anos desde a abertura da investigação(09/03/2015) pela Procuradoria-Geral da República (PGR), passando pelo oferecimento da denúncia (06/05/2016) e o acolhimento dela pelo STF(27/09/2016), até a data do julgamento (19/06/2018). O caso Na ação penal que agora chega à sua etapa final, a PGR acusa a senadora e o seu marido, o ex-ministro das gestões petistas Paulo Bernardo, além do empresário de Curitiba Ernesto Kugler Rodrigues, de receberem R$ 1 milhão do esquema de cor