Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Temer destaca Jungmann para o ministério da Segurança

O atual ministro da Defesa Raul Jungmann será o novo ministro da Segurança Pública. O porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola, oficializou a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública e a nomeação de Raul Jungmann para comandar a nova pasta. Para o lugar de Jungmann no Ministério da Defesa assumirá o general Joaquim Silva e Luna, atual secretário-geral da pasta. É a primeira vez que um militar assume como ministro da Defesa. Segundo fontes, a tendência é que o presidente Michel Temer mantenha o general da reserva no cargo. Com a decisão de criar a pasta via MP, também já foi anunciado que serão criados os cargos de ministro, secretário e nove cargos de assessoria. Apesar disso, haverá um remanejamento de alguns servidores da Justiça para a nova pasta. No domingo, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, confirmou que a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e a Secretaria de Segurança Pública (inclui

Supermercados gaúchos projetam aumento de 8% nas vendas de Páscoa

De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (27) pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) os consumidores gaúchos encontrarão uma gama maior de opções para presentes de Páscoa. Além disso, segundo a pesquisa realizada pela entidade com 55 supermercadistas, a expectativa é de vender 8% a mais nesta Páscoa na comparação com o ano passado. O presidente da entidade Antonio Cesa Longo ressalta que este ano a exposição dos ovos foi antecipada , e que as lojas deverão inovar para conquistar consumidores. "Neste ano, estão em evidência ovos de até R$ 19,90, com menor gramatura e menos brinquedos dentro. Muitos supermercados vão fazer kits para presente, e apostar também na venda de brinquedos fora dos ovos", exemplifica. Ao todo, os supermercados do RS vão comercializar cerca de 6,8 milhões de ovos de chocolate, que deverão alavancar um faturamento de R$ 129 milhões para o setor. Com relação aos preços, a pesquisa aponta que o valor médio dos produtos típicos de Páscoa es

Meeting Empresarial terá Clóvis Tramontina, Antonio Joaquim de Oliveira e Oscar Motomura durante a FIEMA em Bento

De 10 a 12 de abril, das 10h às 19h no parque de eventos de Bento Gonçalves, acontece mais uma edição da FIEMA Brasil, reunindo as mais modernas tecnologias em gestão ambiental. Paralelamente a feira, os organizadores preparam mais uma edição do Meeting Empresarial que desta vez irá reunir três nomes referenciais do corpo empresarial brasileiro. Clóvis Tramontina (Tramontina), Antonio Joaquim de Oliveira (Duratex) e Oscar Motomura(Grupo Amana-Key). As conversas, a respeito de atitudes sustentáveis e ética nos negócios, ocorrem dia 10 de abril, a partir das 9h.

Temer deve anunciar nesta segunda Ministério e Ministro da Segurança

O presidente Michel Temer recebeu neste domingo (25), no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, quatro ministros de seu gabinete para debater "assuntos variados", de acordo com nota da Presidência da República, sem dar mais detalhes sobre o teor do encontro. A lista de presentes ao encontro incluiu os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Moreira Franco (Secretaria Especial da Presidência), Raul Jungmann (Defesa) e o general Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional). O ministro da Justiça, Torquato Jardim, chegou ao Jaburu depois que a reunião já durava pelo menos uma hora. O deputado Darcísio Perondi (MDB-RS) também participou do encontro. Conforme a nota, fizeram parte dos temas do encontro os desdobramentos da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, bem como detalhes sobre o novo Ministério de Segurança Pública, cuja criação está prevista para ser anunciada formalmente pelo governo nesta segunda-feira (

US$ 44 mi da Lava Jato foram bloqueados no exterior só em 2018

O Brasil bloqueou nos primeiros meses de 2018 mais de US$ 44 milhões de dólares decorrentes da Lava Jato. De acordo com o Ministério da Justiça, os valores estão depositados em bancos suíços. Os bloqueios foram realizados por cooperação jurídica internacional com a Suíça, por intermédio do DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional), órgão ligado ao ministério. A devolução dos valores ao país é realizada após o trânsito em julgado das ações condenatórias penais na Justiça brasileira ou após os réus concordarem em dispor do valor, nos casos que envolvem acordos de colaboração premiada. De 2014 até fevereiro de 2018, US$ 377,5 milhões foram bloqueados no exterior devido a medidas de cooperação jurídica internacional fruto de investigações da Lava Jato. Desse montante, foram devolvidos ao governo cerca de US$ 135 milhões. No total, contabilizado desde 2000, cerca de US$ 1,3 bilhão foram bloqueados no exterior mediante cooperação jurídica interna

Deputado Marcel Van Hatten vai para o Novo

Em entrevista ao Blog do Jornalista Polibio Braga, o jovem deputado estadual gaúcho Marcel Van Hatten do PP confirmou que na próxima terça-feira irá avisar no plenário da Assembleia que estará trocando o PP pelo partido Novo. “ Farei isto na terça-feira, usando a tribuna da Assembleia do RS, mas só formalizarei tudo no dia 15 de março, quando assumirá o titular da cadeira que ocupo como suplente”. Marcel Van Hatten irá emprestar importante apoio para a candidatura de Mateus Bandeira ao governo do Estado. “É um Partido de ideário compatível com o que ideologicamente concordo, como defesa da economia de mercado com isonomia social e defesa do estado democrático de direito”, declarou.

Projeto suspende funcionamento de supermercados aos domingos

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 738/17, que suspende o decreto (9.127/17) que inclui supermercados e hipermercados entre os estabelecimentos autorizados a funcionar permanentemente aos domingos e feriados. O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), que apresentou a proposta, justifica que a abertura do comércio aos domingos e feriados, ao contrário do que pretendiam os comerciantes, não aumentou o movimento, apenas transferiu a preferência do consumidor por estes dias, deixando de fazer suas compras nos demais dias da semana. “O comerciário passou a trabalhar todos os dias da semana, sem recebimento de hora extra e escravizado com o acúmulo de crédito em banco de horas. Não houve aumento de vagas de emprego”, observa Almeida. Ele argumenta ainda que o Poder Executivo excedeu seus poderes ao editar o decreto em agosto de 2017, sem observar a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto-Lei 5.452/43) e a Lei 11.603/07, que trata do funcioname

Quem é o Ministro da Fazenda de Bolsonaro

O economista Paulo Guedes, será o Ministro da Fazendo se Bolsonaro for presidente. Guedes, é ph.D em economia pela Universidade de Chicago, instituição que é considerada uma referência do pensamento econômico liberal. O economista já foi membro do conselho de administração de companhias como Localiza, PDG e Anima Educação. É um dos fundadores do Banco Pactual – que posteriormente foi comprado e integra hoje o BTG Pactual, um dos maiores do país. Também criou o BR Investimentos, hoje parte da Bozano Investimentos – empresa que investe em ações privadas (private equity) e da qual ele faz parte. Além da atuação no mercado financeiro e corporativo, foi fundador do Ibmec, instituição educacional com cursos de graduação em economia e administração, e é autor de colunas no jornal O Globo. Depois de décadas recusando convites para ingressar no setor público, Guedes, se diz pronto a trocar suas caminhadas diárias pelo calçadão do Leblon por "aquela confusão lá" (Brasília). Paulo Gu

Vox Populi: Michel Temer pode torrar bilhões em propaganda que continuará a ser inviável

O cientista político Marcos Coimbra, diretor do instituto Vox Populi, publica uma competente análise política neste fim de semana, na revista Carta Capital, em que destaca alguns pontos: (1) haverá eleições porque o golpe precisa manter a aparência de legalidade; (2) o PT terá candidatura própria com ou sem Lula porque tem o maior cacife eleitoral do País; (3) Jair Bolsonaro vem murchando com o esgotamento do discurso de ódio e (4) Michel Temer pode torrar bilhões em propaganda que continuará a ser inviável. Sobre o primeiro ponto, ele afirma que os senhores do poder prezam as aparências e tentam encobrir o golpe com um verniz legalista. Tanto foi assim que a farsa da deposição da presidente Dilma Rouseff veio acompanhada de um ritual de impeachment. "É esse legalismo de fachada que impede nossas elites de desnudar o golpe e, pura e simplesmente, cancelar as eleições de outubro", afirma. Em relação ao PT, Coimbra vê Lula como candidato fortíssimo, mas diz que, em caso de seu

Vidroforte é mais uma empresa que entra em recuperação judicial

Com passivo declarado na ordem de R$ 46,4 milhões, o grupo Vidroforte, de Caxias do Sul, obteve deferimento ao seu pedido de recuperação judicial. A medida deliberada no âmbito do 1º Juizado da 5ª Vara Cível da Comarca de Caxias do Sul inclui as oito empresas do grupo, que atua no fornecimento de vidros para a indústria automotiva e construção civil. As operações estão localizadas em Caxias do Sul (RS), Três Cachoeiras (RS), São Paulo, Pará de Minas (MG), Cascavel (PR) e Goiânia (GO). A Vidroforte é mais uma empresa que atua no segmento automotivo a unir-se a outras que já estão a mais tempo na condição de recuperação. Dentre elas, estão o Grupo Voges, a Siderúrgica Tomé, a Irmãos Amalcabúrio (todas de Caxias) e Fundição Farina, de Bento Gonçalves. A situação mais emblemática é da Guerra S.A., segunda maior fabricante de implementos rodoviários do País. Sem êxito nas várias tentativas de aprovação do plano de recuperação judicial, houve decretação da falência em novembro. As infor

PMDB: R$ 1,5 milhão a cada deputado, anuncia Jucá

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), presidente do PMDB, anunciou nesta quarta-feira a distribuição dos recursos do fundo eleitoral aos deputados federais e senadores do partido que irão disputar a reeleição neste ano.A divisão foi decidida numa reunião da bancada de legenda no Congresso — que reconduziu Juca à presidência da sigla. No encontro, os integrantes do partido definiram que cada deputado receberá R$ 1,5 milhão, enquanto os senadores irão ganhar R$ 2 milhões. O senador ressaltou que estão nesse grupo apenas os parlamentares que já têm mandato, e não qualquer candidato.

Governo vai emprestar mais R$ 1 bi ao Rio

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta 4ª feira, dia 21, que o próximo empréstimo da União ao Rio de Janeiro deve ser de R$ 1 bilhão. A operação terá como garantia royalties de petróleo. Meirelles destacou que a questão fiscal do Estado vem sendo discutida “bem antes da intervenção“. Nesta semana, o ministro já havia dito que, se necessário, o Orçamento será remanejado para viabilizar o repasse ao Exército.

Setor quer Duty free a US$ 900

Representantes da ANEEA (Associação Nacional das Empresas Administradoras de Aeroportos) e da ANCAB (Associação Nacional de Concessionárias de Aeroportos Brasileiros) se reuniram nesta 4º feira, 21 com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para pedir a elevação da cota de compras de passageiros que desembarcam de voos internacionais no país. O setor deseja que o limite para compras, congelado desde 1991 em US$ 500, suba para US$ 900. Segundo as empresas, além de trazer comodidade ao consumidor, o aumento da cota ampliaria a arrecadação de impostos e contribuiria com “o aumento de renda e emprego no país“. As associações alegam que a falta de correção no valor ocasionou a queda da oferta de produtos de alto valor, como aparelhos de telefonia e informática. O pedido foi apresentado ao Ministério da Fazenda, que fará a análise.

Projeto aumenta impostos de sucos e refrigerantes adoçados com açúcar

Sucos, refrigerantes e outras bebidas não alcóolicas adoçadas com açúcar poderão ficar mais caros. A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 8541/17, do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que aumenta impostos sobre esses produtos, com o objetivo de frear o consumo. A proposta aumenta de 4% para 5% a alíquota de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) cobrada sobre a importação e a saída das fábricas desses produtos. Também determina que a alíquota mínima do IPI cobrado em outras fases da cadeia será sempre 25% maior para as bebidas não alcóolicas que tenham açúcares intencionalmente adicionados, ou seja, que não sejam naturalmente doces. A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Congresso aprova R$ 2 bi para os municípios

Deputados e senadores aprovaram nesta terça-feira (20) proposta que libera R$ 2 bilhões para os municípios investirem em saúde, educação e assistência social (PLN 1/18). O dinheiro concretiza auxílio financeiro previsto pela Medida Provisória 815/17. Serão R$ 600 milhões para educação; R$ 1 bilhão para a saúde; e R$ 400 milhões para a assistência social. A parcela destinada a cada prefeitura será definida pelos mesmos critérios de transferências via Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Os R$ 2 bilhões para os municípios serão obtidos com o cancelamento de diversas programações, sejam aquelas oriundas de emendas parlamentares não obrigatórias ou até mesmo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

PTB desiste de Cristiane Brasil

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, desistiu de indicar a filha, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), para o Ministério do Trabalho. O anúncio foi feito nesta terça-feira. Cristiane trabalhará para que o ministro interino, Helton Yomura ligado a ela, seja efetivado na função, mas essa opção enfrenta resistência dentro da bancada na Câmara. Um dos nomes que ganhou força nas últimas semanas foi o do deputado Jorge Corte Leal (PTB-PE). Leal, no entanto, já afirmou à imprensa que pretende disputar a reeleição e que não teria como permanecer à frente do ministério apenas por um mês. Como a vaga é do PTB, cabe ao partido indicar outro nome. A indicação de Cristiane Brasil havia sido barrada por uma série de decisões judiciais e estava no Supremo. "Agradecemos ao presidente Michel Temer e aos companheiros do partido pelo apoio e respeito com Cristiane Brasil durante esse período de caça às bruxas", afirmou Jefferson.

Exportações brasileiras de vinhos, espumantes e suco de uva crescem 17,3% em valor em 2017

Com mais de US$ 15 milhões comercializados no mercado internacional em sucos, vinhos e espumantes, o setor vitivinícola brasileiro obteve crescimento de 17,3% nas exportações em 2017. A informação é do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). No ano passado, o destaque das vendas ficou com a categoria de vinhos e espumantes, que representa quase 60% do total exportado, registrando uma expansão de 47,5% no valor comercializado, somando US$ 8,77 milhões. Os sucos, por sua vez, tiveram uma retração de 8,6% na contabilização das vendas, atingindo US$ 6,32 milhões.

Banrisul anuncia lucro recorde

O Banrisul divulgou nesta segunda-feira um lucro inédito nos seus 90 anos de vida, já que fechou 2017 com valor que supera R$ 1 bilhão. Foram R$ 1,053 bilhão, 59,6% mais do que o total amealhado em 2016, que foi de R$ 659,7 milhões. Os ativos totais do banco já somam R$ 73,3 bilhões. Boa parte deste desempenho se deve a carteira de produtos do Banco que apresentam ótimo desempenho como o Banrisul Cartões, que sozinha, no ano passado, registrou lucro de R$ 222,1 milhões.

Depois de derrotado na reforma da previdência, Temer muda o foco com intervenção no Rio e pacote na área ecônomia

O governo apresentou nesta segunda-feira (19) uma lista de 15 pautas prioritárias para a área econômica no Congresso a serem tocadas ainda neste ano diante da decisão de desistir de aprovar a reforma da Previdência antes da eleição presidencial. É mais um assunto que irá dominar a opinião pública, assim como o anúncio de intervenção no Rio, na tentativa de amenizar a derrota da previdência. Dessas, 11 são projetos de lei que já tramitam no Congresso, como a reoneração da folha de pagamento, o novo cadastro positivo, uma regra para distrato de imóveis e a privatização da Eletrobras. Esses temas enfrentam resistência de parlamentares. Também estão na pauta projetos que alteram a Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei das Licitações e regras sobre agência reguladoras e empresas estatais. O governo tenta ainda aprovar duas medidas que podem afetar o mercado de crédito (a duplicata eletrônica e uma nova opção para regular a quantidade de dinheiro na economia) e uma legislação para evitar que

Reforma da previdência não sai mais este ano

O governo Temer sai derrotado do processo de Reforma da Previdência. Conseguiu avançar nas discussões e debates, é verdade, mas não vai conseguir modificar nada porque não tem mais garantia de votos suficientes e porque os deputados do contra não vão querer votar nada antes das eleições. Então será preciso esperar por um novo congresso para tentar modificar algo que é extremamente necessário. Mais de R$ 182 bilhões de déficit em 2017 e previsão de chegar a quase R$ 193 bilhões este ano. Se a reforma da Previdência não for feita agora, terá necessariamente de ser realizada pelo próximo mandatário, queira ele ou não. O próprio presidente Temer sempre repetiu que deixaria um legado de reformas, mas o Planalto gastou o que tinha e o que não tinha para negociar com aliados os votos para barrar as duas denúncias contra Temer em 2017. Perdeu o timing.

Revista Veja circula com uma capa publicitária paga pelo governo de Michel Temer, em que defende a reforma da Previdência.

O governo Temer comprou capa de Veja para vender reforma da previdência. Neste fim de semana, a revista Veja circula com uma capa publicitária, paga pelo governo, em que defende a reforma da Previdência. Utilizando recursos públicos, Temer pagou uma capa publicitária na revista Veja, em que diz que, sem reforma da Previdência, as crianças não poderão se aposentar no futuro. Na tabela de preços dos anúncios da revista, não há o preço da capa. Mas certamente vale mais de R$ 3 milhões.

Para enviar R$ 2 bi a municípios, governo corta R$ 1,79 bi em emendas

De onde saíram os R$ 2 bilhões enviados a municípios Para cumprir a promessa de enviar R$ 2 bilhões aos municípios, o governo precisou cancelar despesas que já estavam previstas no Orçamento deste ano. Do total remanejado, apenas R$ 210 milhões não foram cortados de emendas de comissões e bancadas estaduais. R$ 1,79 bilhão, portanto, saiu de propostas inseridas na peça orçamentária pelos próprios congressistas.O projeto determina que os valores realocados sejam destinados à saúde (R$ 1 bilhão), educação (R$ 600 milhões) e assistência social (R$ 400 milhões), a partir dos critérios do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).Como a proposta é de remanejamento, não há perda efetiva de recursos. Há diferença, entretanto, no uso dado a essas verbas, já que passam a ser destinadas às necessidades dos município órgão valor cancelado Ministério da Educação 600.000.000 Ministério da Saúde 454.202.968 Ministério do Desenvolvimento Social 400.000.000 Ministério da Defesa 294.887.58

Ministério da Segurança

Duante a reunião no Rio de Janeiro neste sábado (17) com autoridades para tratar da intervenção federal no estado, o presidente Michel Temer anunciou pela primeira vez sua decisão de criar o Ministério da Segurança Pública. Até então Temer só tinha tratado do tema em consultas com integrantes da equipe. Mesmo assim, ele não anunciou nenhum nome para a futura pasta. A criação do Ministério da Segurança Pública vinha sendo debatida dentro do governo como uma medida para auxiliar no combate à violência no país. Após a reunião, em uma fala à imprensa, Temer disse que pretende criar a nova pasta nas próximas semanas. Ele disse que o ministério vai coordenar as ações de segurança pública no país, "sem invadir as competências dos estados". O presidente não deu mais detalhes. De acordo com o que já vinha sendo elaborado no governo, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional e a Secretaria de Segurança Pública sairiam da alçada do Ministério

Intervenção federal numa segurança sucateada

A intervenção federal na segurança pública do Rio, decretada na sexta-feira (16) pelo presidente Michel Temer, poderá esbarrar no sucateamento da estrutura das forças policiais, que tem se agravado nos últimos anos. Os 45 mil homens da PM e outros 10 mil da Polícia Civil serão o principal instrumento de trabalho do general do Exército Walter Souza Braga Netto, indicado como interventor federal no Estado. Ele é que definirá o plano de segurança que será colocado em prática pelas polícias locais. As polícias do Rio vivem rotina de deficit de pessoal, escassez de armamentos e coletes à prova de balas. Faltam investimentos em investigação, formação de novos policiais e estrutura de apoio médico e psicológico para os agentes. Hoje, os policiais estão com o 13º salário do ano passado em atraso. Nem todas as bonificações de trabalho fora da escala foram pagas até agora. A falta de estrutura atinge em cheio o moral da tropa policial e torna os agentes vítimas da criminalidade. Somente

Como pode grandes jornais tratar como se fosse uma denúncia a sério o caso de Huck e Dória?

Luciano Huck e João Dória foram acusados de comprar jatos da Embraer com financiamento do BNDES a juros subsidiados. Foram favorecidos? Não: se o caro leitor for à Embraer para comprar um avião, terá à disposição a mesma taxa de juros oferecida a Dória e Huck. O BNDES auxilia com seu crédito a venda de aviões produzidos por brasileiros no Brasil, e isso vale para todos os compradores. Competir com a Airbus/Bombardier significa também oferecer juros competitivos. Se a besteira se limitasse às redes sociais, vá lá; mas ganhou as páginas de grandes jornais, como se fosse uma denúncia a sério. 

Miolo renova parceria com a Gol

A vinícola Miolo anuncia a renovação de sua parceria com a companhia aérea GOL e sua nova linha Seival estará presente nas rotas internacionais da empresa, na Classe GOL Premium. A partir de agora, os passageiros poderão apreciar os três vinhos da linha Seival by Miolo: o tinto Seival by Miolo Tempranillo, o branco Seival by Miolo Sauvignon Blanc e o espumante Seival by Miolo Brut. A Classe GOL Premium está disponível em todos os voos internacionais da companhia e os assentos ficam localizados nas quatro primeiras fileiras da aeronave. Os clientes que optarem por este serviço poderão usufruir de uma série de vantagens, como atendimento prioritário, acesso aos GOL Premium Lounges, compartimento de bagagem de mão exclusivo, assentos com ainda mais espaço e um serviço de bordo diferenciado, que vão transformar os momentos da viagem em uma agradável experiência, com ainda mais conforto e comodidade.

Mobiliário da Dalmóbile equipa cenário na TV Globo

O programa da TV Globo, o Mais Você 2018, vai ao ar a partir desta segunda-feira (19) com cenário totalmente renovado. A cozinha exibe a tecnologia, flexibilidade e sofisticação da Dalmóbile, de Bento Gonçalves. O convite foi feito pela Globo em agosto do ano passado. Foram três meses de negociação até chegar ao projeto final. Uma equipe de técnicos e montadores da Dalmóbile já trabalha esta semana nos estúdios da Globo para montar a nova cozinha. A Dalmóbile conta atualmente com 200 pontos de venda em 22 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Huck disse que não vai, e pronto.

O apresentador Luciano Huck decidiu ontem ficar fora da disputa pela Presidência da República. A TV Globo cobrava seu posicionamento e a candidatura enfrentava a resistência de parentes. “Não serei candidato, mas não quero falar mais sobre o assunto agora. Preciso digerir a decisão”, disse à coluna Direto da Fonte. Depois de anunciar, em novembro, que não concorreria ao Planalto, o apresentador passou novamente a cogitar a candidatura após a condenação do ex-presidente Lula pelo TRF-4, em janeiro. Associado ao discurso de renovação, Huck era visto como alternativa aos políticos tradicionais. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) agora deve tentar se aproximar dos grupos apoiadores do apresentador, como o RenovaBR. Ontem, a avaliação era de que esses movimentos perdem o que seus integrantes consideravam “a mola propulsora” para candidatos ao Legislativo .

Huck fora, Alckmin quer seu lugar

Aliados do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) não conseguiram esconder o alívio que sucedeu a notícia de que Luciano Huck havia desistido da candidatura à Presidência. A informação é de Daniela Lima, na coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira. A simples presença do apresentador nas análises sobre o cenário, disseram aliados de Alckmin, prejudicava o tucano. Com Huck fora do páreo, Alckmin quer acelerar as tratativas com o PPS, partido que flertava com o apresentador.

Candidato poderá financiar totalmente a sua campanha eleitoral

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) publicou neste mês uma resolução que permite a um candidato financiar totalmente a sua campanha eleitoral. O único limite é o valor que pode ser gasto para cada cargo em disputa em outubro. Por exemplo: R$ 2,5 milhões para concorrer a deputado federal.Já há reação de alguns partidos, como o PSB, o PT e a Rede, no sentido de que o TSE altere essa liberação do autofinanciamento. Na prática, a regra interfere na maior igualdade possível de condições para uma disputa eleitoral equilibrada e limpa. Quem tem mais grana, em tese terá mais chances. Embora há de se considerar que há muitos exemplos por aí em que o dinheiro só não faz milagres. A regra pode criar distorções, considerando-se as candidaturas majoritárias, como são campanhas mais caras, a tendência é o candidato rico complementar o que o partido não consegue arrecadar. Para a Presidência da República, o gasto máximo por campanha pode chegar a R$ 70 milhões. O país corre o risco de ter um Congr

Todo palhaço é um político mas nem todo político é um palhaço. Ambos, sem público, desaparecem.

Escrito por MARIO ROSA Não é justo dizer que a política se transformou numa grande palhaçada. Mas é absolutamente justo afirmar que todo palhaço é um político. Contracena usando os mesmos artifícios de interpretação da política. E sofre os mesmos medos e busca as mesmas glórias, de certa forma. O palhaço quer o aplauso, quer ser amado, quer casa cheia. E nada mais solitário do que o antes de subir ao palco. Palhaços e políticos, sem público, desaparecem. Não podem nunca perder a graça. Falo ainda sob o impacto do espetáculo protagonizado pelo magistral palhaço Soró. Assisti à sua apresentação quando a turnê de sua trupe passou pela remota Barra Grande, no litoral do Piauí, quase na divisa do Ceará. Soró é uma aula de tudo o que os animais políticos precisam ter para sobreviver na selva da vida pública. Primeiro, essa detestável e pedantérrima palavra que entrou na moda (espero que passe logo): resiliência. O circo do palhaço Soró não é, digamos assim, nenhum Cirque du Soleil. Sua lona

L’Essenza del Vino é a nova atração na Maria Fumaça em Bento

A Serra Gaúcha ganhou uma nova opção de passeio que une a famosa Maria Fumaça de Bento Gonçalves e o vinho, principal produto turístico da região. O passeio L’Essenza del Vino. Além das belas paisagens e do charme histórico da Maria Fumaça, a viagem inclui degustação e harmonização de vinhos comandadas por um sommelier. Edições mensais estão programadas para o primeiro semestre e cada passeio terá um tema: a estreia foi “Da uva ao vinho”, conduzida pelo sommelier Vinícius Santiago, que trouxe informações desde como abrir uma garrafa até como servir e apreciar a bebida pela visão, olfato e paladar. Além de vinhos finos, foram servidos suco de uva e espumante harmonizados com queijo. Os próximos temas serão espumantes, em fevereiro, em comemoração ao Carnaval, e harmonização de vinhos com chocolate, em março, em referência à Páscoa. O tour acontece a bordo do vagão 219, que preserva sua característica original, todo em madeira, e com decoração temática. São 40 vagas. A viagem ainda é emb

Feira internacional de vinho será lançada em 2 de março

O lançamento oficial da primeira feira internacional de vinhos da América Latina, a Wine South America, que será realizada em Bento Gonçalves entre os dias 26 e 29 de setembro deste ano, deve contar com a presença de autoridades estaduais, nacionais e da região italiana do Vêneto no próximo dia 2 de março. De acordo com Alberto Piz, diretor da Milanez & Milaneze, empresa que representa a Veronafiere no país, neste dia será apresentada toda a programação visual da feira que pretende valorizar o vinho brasileiro e sul-americano. data escolhida para a feira pretende facilitar a consolidação da feira no calendário mundial dos eventos do vinho. Uma das novidades já reveladas pela organização da feira é a realização da Avaliação Nacional de Vinhos, principal evento de degustação da safra no país, no dia 29 de setembro, último dia da feira. Além disso, o evento terá uma programação importante de palestras e atividades paralelas, com a presença de nomes relevantes do setor em âmbito mundia

Falta pouco menos de 30 dias para Movelsul

Faltando um mês para esta, que a maior feira de móveis da América Latina para o lojista e importador, as quase 200 indústrias de móveis expositores investem em lançamentos e na estrutura de exposição para o evento, que se realiza de 12 a 15 de março, em Bento Gonçalves (RS). São esperados os principais lojistas e representantes do país, além de importadores de 50 nacionalidades. Até o momento, a feira está com 97% dos espaços comercializados e o presidente do Sindmóveis, Edson Pelicioli, estima o fechamento de novos contratos até o dia 28 de fevereiro, quando começa a montagem dos estandes. No período que antecede a feira, a cidade já respira os ares do evento. São 800 pessoas envolvidas nos preparativos, entre montadores da nossa infraestrutura, dos estandes e prestadores de serviços. A Movelsul Brasil vai promover um grande evento de qualificação no dia 26 de fevereiro, reunindo garçons, taxistas, profissionais de decoração e comerciantes para um treinamento sobre a importância do ev

TV Globo volta a destacar o turismo em Bento

A equipe do programa Estrelas apresentou no último sábado(10) o primeiro episódio sobre o Rio Grande do Sul estrelando Bento Gonçalves. A apresentadora Angélica, que comanda o programa, conduziu os convidados para participarem de um episódio que destacou principalmente o turismo de aventuras. Eles visitaram o Parque de Aventuras Gasper, na Linha Eulália, e participaram de um salto de 150 metros de altura no bungee jump. O ator Rafael Vitti e da jornalista Carol Barcellos estavam entre os convidados. No próximo sábado, dia 17, o programa segue destacando a cidade e outras atrações, como a Casa da Ovelha, no roteiro turístico Caminhos de Pedrae e a Cantina Strapazzon.

Diretoria da FIMMA 2019 será apresentada dia 21 em Bento

Será no dia 21 de fevereiro a apresentação por parte da Movergs- Associação das Indústrias de Móveis do RS da diretoria da FIMMA- Feira Internacional de Máquinas e Matérias Primas para a indústria moveleira, edição 2019. Os dirigentes da feira devem ser os mesmos da entidade, que é presidida pelo empresário Volnei Benini. A FIMMA Brasil acontece de 26 a 29 de março de 2019, em um espaço de 58 mil m² de área coberta e climatizada, no Parque de Eventos, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. A cidade é considerada um dos maiores polos tecnológicos do setor moveleiro e é líder na produção de móveis do país.

Justiça aceita pedido da Artecola para recuperação judicial

A Justiça autorizou o pedido de recuperação judicial da Artecola Química. A dívida chega a R$ 790 milhões, considerando as seis empresas do grupo. A Artecola terá 60 dias para apresentar o plano de recuperação judicial. Se aprovado pelos credores, vai depois para homologação da Justiça para entrar em execução. A Artecola tem sede em Campo Bom e havia contratado a consultoria Iwer para reestruturar o negócio. O grupo sofreu descapitalização com a MVC, empresa na qual a Artecola era sócia da Marcopolo, de Caxias do Sul. Enfrentou problemas no cumprimento de contratos públicos para construção de 208 creches. Paralisou obras e argumentou falta de pagamento por parte dos governos. Em março do ano passado, a empresa anunciou o encerramento das atividades da Arteflex. Produzia calçados e fazia parte do grupo Artecola. Fechou uma fábrica em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, e outra em Itanhandu, Minas Gerais. A Artecola é também um dos principais fornecedores do setor moveleiro, por meio

Bento prepara PPP para melhorar serviço de iluminação e ampliar a rede

Bento Gonçalves deve lançar no primeiro semestre deste ano um edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para a concessão da modernização, expansão, gestão e manutenção da rede de iluminação pública do Município. O objetivo é atualizar o parque de iluminação pública da cidade, com a troca integral das atuais lâmpadas por luminárias de LED, garantir a manutenção constante do serviço e criar mecanismos de controle de gestão que facilite o atendimento ao usuário. No ano passado, a Prefeitura já havia autorizado, sem ônus, a realização de estudos de viabilidade técnica e financeira para a Companhia Paulista de Desenvolvimento, empresa especializada nesta área, a fim de estruturar o estudo de Parceria Público-Privada (PPP). Os estudos apresentados já estão em análise pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e de Mobilidade Urbana. O contrato entre 15 a 25 anos formulado consiste na ampliação e a troca de todos os 13 mil pontos de luz por lâmpadas que reduzam o consumo de

Maluf tá mal

O STF (Supremo Tribunal Federal) deve apreciar depois do Carnaval um habeas corpus da defesa de Paulo Maluf pedindo que ele seja libertado. Uma das possibilidades é a prisão domiciliar. A informação é de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo desta sexta-feira. Aos 86 anos, Maluf já emagreceu 10 kg. Sem tintura, seus cabelos ficaram brancos. A barba está crescendo, já que ele não consegue usar as lâminas da prisão. Maluf caminha de muletas e é ajudado por um interno que é médico e fica em sua cela, na ala dos idosos da Papuda. Até hoje ele não permitiu que familiares o visitassem. Maluf não quer que eles passem pela revista íntima. O único que vai na Papuda é o assessor Jesse Ribeiro, que leva frutas e R$ 100 que o Maluf pode gastar na prisão semanalmente.

Declaração de Eunício Oliveira é um claro sinal de que a reforma da previdência não sai mais este ano.

Embora o Planalto continue se esforçando para falar do tema e dizer que quer votar, o certo é que não como, pois deputados fogem da reforma para não perder votos nas eleições de outubro. Nesta quinta-feira, porém, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, mandou um recado claro. Fez isso ao declarar a jornalistas que a reforma pode ficar para novembro. Ao insinuar que o Senado pode esticar o assunto até novembro, Eunício como que autorizou os parlamentares deixarem de lado a reforma e tratar de suas candidaturas. Aliás, é o que só se faz em Brasília, basta ver o recesso antecipado de carnaval. Ninguém quer ficar em Brasília perdendo tempo. Todos estão, digamos, nas suas bases. E por isso mesmo por que os deputados deveriam se desgastar antes da eleição?

Senado aprovou restrição ao regime de substituição tributária

O Senado aprovou nesta quarta-feira (7) um projeto que restringe a aplicação do regime de substituição tributária do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), beneficiando pequenas e microempresas enquadradas no regime do Simples. A substituição tributária é um mecanismo pelo qual uma empresa é responsável pelo pagamento de tributos devidos pelos demais membros de uma cadeia produtiva. Sua aplicação permite aos Estados cobrar uma alíquota maior do que a do Simples e de forma antecipada. No caso do ICMS, a lei atualmente permite que os governos estaduais lancem mão da substituição tributária quando um fabricante tenha um faturamento superior a R$ 180 mil por ano. Pela proposta aprovada, passou a valer o limite de enquadramento do Simples Nacional, que é de R$ 4,8 milhões Também beneficia setores que estariam excluídos desse mecanismo pela lei complementar 147/2014, aprovada pelo Congresso, mas que tiveram algumas empresas enquadradas nele pelo Conselho Nacional de Polít

O PTB deve anunciar depois do Carnaval uma nova indicação ao Ministério do Trabalho: o deputado Alex Canziani (PTB-PR)

O presidente da legenda, Roberto Jefferson, já admite publicamente que não tem mais como segurar a “batata quente” que Temer está tendo que engolir com a indicação da deputada Cristiane Brasil para a vaga de Ministra do Trabalho. Outros políticos do partido também não. Jefferson tem como plano B o nome do deputado Alex Canziani. “É um excelente nome”, disse Jefferson. De perfil discreto, o deputado é alinhado às políticas do presidente Michel Temer (PMDB) e foi dos maiores beneficiados em liberação de emendas em 2017.

Ministro da Saúde Ricardo Barros esteve em Caxias ouviu demandas dos prefeitos e anunciou alguns recursos

Barros esteve em Caxias do Sul nesta quinta-feira (08), onde fez uma reunião de trabalho com gestores da área da saúde e prefeitos da região. Na visita a Caxias, o ministro anunciou repasse de mais R$ 966,5 mil anuais para o custeio do Hospital Geral de Caxias. Dos prefeitos da região recebeu pedidos para a liberação imediata de verbas que estão atrasadas e da destinação de outros recursos para o atendimento público na saúde. Gestores de outras instituições, como o Hospital Pompéia e Hospital São Carlos, também apresentaram demandas de mais recursos, o que será avaliado pelo governo federal. Antes de vir a Caxias, o ministro esteve em Porto Alegre, onde participou da inauguração da nova Subestação de Energia e do lançamento da pedra fundamental do Centro de Hematologia e Oncologia no Hospital Conceição, que terá 94 leitos e tem previsão de conclusão das obras em até 3 anos.Mais cedo, o Hospital Cristo Redentor, do mesmo grupo, inaugurou 30 leitos de neurocirurgia pelo Sistema Único d

Fake news no Facebook motivou rompimento da Folha

A Folha deixa de publicar seu conteúdo no Facebook nesta quinta (8). O jornal manterá sua página na rede social, mas não mais a atualizará com novas publicações. A decisão é reflexo de discussões internas sobre os melhores caminhos para fazer com que o conteúdo do jornal chegue aos seus leitores, preocupação que consta do novo Projeto Editorial da Folha, divulgado no ano passado. As desvantagens em utilizar o Facebook como um caminho para essa distribuição ficaram mais evidentes após a decisão da rede social de diminuir a visibilidade do jornalismo profissional nas páginas de seus usuários. O algoritmo da rede passou a privilegiar conteúdos de interação pessoal, em detrimento dos distribuídos por empresas, como as que produzem jornalismo profissional. Isso reforça a tendência do usuário a consumir cada vez mais conteúdo com o qual tem afinidade, favorecendo a criação de bolhas de opiniões e convicções, e a propagação das "fake news". Além disso, não há garantia de que o leito

Aurora lança dia 17 pedra fundamental para ampliação da Unidade Vinhedos

A Cooperativa Aurora lança oficialmente no próximo dia 17 de fevereiro, em um evento para autoridades, conselheiros e convidados, a Pedra Fundamental para inicio das obras de ampliação da Unidade Vinhedos. Cerca de R$ 10 milhões serão investidos. A ideia da Aurora é transformar a Unidade Vinhedos, que hoje recebe boa parte da safra de uva de seus associados, numa grande produtora de suco de uva natural, além é claro de vinho. O projeto é produzir 8 milhões de litros por ano e de armazenagem em 3 milhões de litros por ano, com geração de mais 40 empregos diretos. A vinícola é líder no mercado brasileiro em suco de uva integral, vinhos finos e coolers, e exporta para mais de 20 países. O faturamento de 2017 fechou em R$ 552 milhões, um crescimento de 5% em relação ao ano anterior.

Jantar sob as estrelas ocorre dia 16 de fevereiro em Bento

Será no próximo dia 16 de fevereiro o tradicional Jantar Sob as Estrelas, quando diversos estabelecimentos gastronômicos e comerciais instalados na Rota Gastronômica (Rua Herny Hugo Dreher e a Av. Planalto) em Bento Gonçalves, colocam seus cardápios e pratos especiais para degustação ao ar livre para o público visitante. Mais de 30 estabelecimentos levarão seus serviços para a área externa, ofertando cardápios diversificados que vão de comida de rua a jantares sob reserva. Tudo a partir das 19h30min. A programação, em parceria com as secretaria Municipal de Turismo e de Cultura, contará com Lounge Cultural apresentando o Cinema de Rua, visita guiada ao Museu do Imigrante, Mercado de Rua, exposições de carros, espaço Expobento, música ao vivo, espaço Kid Play, Lounge Bento Paletes, shows e esquetes.O evento é aberto ao público e tem entrada gratuita. Em caso de chuva, as atividades serão transferidas para as áreas internas.

STF arquiva inquérito contra Jucá

Depois de 14 anos de tramitação no Supremo Tribunal Federal, foi arquivado nesta segunda-feira um inquérito que investigava o senador Romero Jucá (MDB-RR) por crimes de peculato. O ministro Marco Aurélio Mello, relator da apuração no STF, determinou o arquivamento com base em um pedido da Procuradoria-Geral da República, segundo a qual não foram encontrados, até o momento, indícios de que Jucá cometeu os delitos e que as infrações, supostamente cometidas entre 1999 e 2001, já teriam prescrito. À época, o senador era filiado ao PSDB. O Código Penal determina que o crime de peculato, cuja pena máxima é de 12 anos de prisão, prescreve em até 16 anos, contados desde o cometimento do delito. Dezessete anos transcorreram desde o suposto crime de Romero Jucá e o arquivamento pedido pela Procuradoria Geral da República. Presidente do PMDB e líder do governo do presidente Michel Temer (MDB) no Senado, Romero Jucá era investigado pelo suposto desvio de recursos federais destinados à cidade d

Ministro da Saúde estará em Caxias nesta quinta

A assessoria do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR) confirmou que ele estará nesta quinta-feira (08) em Caxias do Sul para visitar o Hospital Geral (HG), às 19h30, e depois se reunir com prefeitos, secretários municipais de Saúde e demais autoridades de 49 municípios da região. A visita foi articulada pelo deputado federal Mauro Pereira (PMDB). Segundo Mauro, antes de visitar Caxias, o ministro deve passar por Porto Alegre e Passo Fundo. Ele não vai pernoitar na cidade e retornará para Brasília ainda na noite de quinta. O hospital, que atende 100% SUS, vai pleitear ao governo federal aumento de verbas de custeio. Além disso, o hospital vem buscando há anos recursos para concluir obras de ampliação. O que é bem provável que o Ministro anuncie.

Oposição consegue liminar para barrar votação do Plano de Recuperação Fiscal nesta terça

O desembargador Luiz Felipe Brasil Santos acatou nesta segunda-feira o pedido da oposição e determinou a retirada da pauta do projeto de adesão ao Plano de Recuperação Fiscal que seria votado nesta terça-feira na Assembleia RS. O magistrado deu dez dias de prazo para manifestações da Procuradoria Geral do Estado e do ex-presidente da Casa, Edegar Pretto, do PT. O projeto tranca a pauta em plenário e seria o primeiro analisado na sessão de hoje. Até ontem à noite a Procuradoria Geral do Estado aguardava acesso ao processo físico. Articuladores do governo José Ivo Sartori já classificavam, no entanto, a decisão como absurda. Hoje pela manhã será realizada uma reunião no Piratini, mas já foi definido ingresso de ação no Supremo para tentar cassar a liminar. Para aprovar o projeto são necessários no mínimo 28 votos a favor. O líder do governo, Gabriel Souza, do PMDB, sustenta que tem entre 29 e 31 votos favoráveis à matéria.  As emendas seriam apresentadas hoje em plenário, mas agora será

PP define que sai do governo em março e tem dois pré-candidatos ao Piratini

O Partido Progressista (PP) oficializou nesta segunda-feira, numa reunião de seu diretório estadual, que deixará os cargos que ocupa no Executivo do Estado até o dia 15 de março e se desvinculará formalmente da base de sustentação ao governo de José Ivo Sartori (PMDB). No encontro, que foi restrito para mandatários de cargos eletivos, integrantes do diretório e da executiva, os progressistas também definiram que a pré-convenção, na qual escolherão um candidato para concorrer a governador, ocorrerá em 24 de março. Atualmente, o PP comanda a Secretaria de Agricultura, com Ernani Polo, a Secretaria de Transportes, com Pedro Westphalen, ambos deputados estaduais, além da presidência do Instituto de Previdência do Estado (IPE), com Otomar Vivian.  A reunião iniciou com três postulantes a candidato ao Piratini: o deputado federal Luiz Carlos Heinze, o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, e o empresário Antônio Weck. Com a desistência de Pasin, anunciada durante as discussões, res

PP Gaúcho deve anunciar desembarque do governo Sartori nesta segunda

Em reunião marcada para o fim da tarde desta segunda-feira, o diretório estadual do PP definirá que dia deixará a base do governador José Ivo Sartori (PMDB). Participarão do encontro 155 integrantes do diretório. O presidente estadual do partido, Celso Bernardi, ratifica que a saída do PP já está confirmada e que acontecerá antes da pré-convenção da sigla, cuja data também será definida hoje - as possibilidades são 3 e 24 de março. As informações são do JC. Ainda assim, o PP seguirá apoiando o governo em pautas como a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). "Continuamos apoiando o governo, mas não vamos prejudicar o calendário por conta da Assembleia", explica Bernardi. Hoje, o partido conta com três cargos no primeiro escalão: Pedro Westphalen, secretário do Transporte; Ernani Polo, secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação (ambos deputados estaduais); e o presidente do Instituto de Previdência do Estado (Ipergs), Otomar Vivian. Além desses, o PP ocupa sete diret

Queda do jornal impresso em 2017: 147 mil e 520 mil em 3 anos

Os principais jornais diários do Brasil continuaram a registrar perdas em suas tiragens impressas em 2017. A queda no ano passado foi de 146.901 exemplares na circulação média diária para 11 dos principais veículos nacionais. A tendência vem se repetindo há 3 anos. De 2015 a 2017, a redução na circulação média diária impressa foi de 520 mil exemplares.Em dezembro de 2014, a tiragem impressa total desses 11 diários era de 1.256.322 exemplares em média por dia. Em dezembro de 2017, o número havia caído para 736.346 –o equivalente a uma redução de 41,4%. Este levantamento considera, em ordem de tiragem impressa, Super Notícia(MG), Globo (RJ), Folha (SP), Estado (SP), Zero Hora (RS), Valor Econômico (SP), Correio Braziliense (DF), Estado de Minas (MG), A Tarde (BA) e O Povo (CE). A Gazeta do Povo (PR) parou de circular em versão impressa diária em 2017 –no início do ano passado sua circulação média era de apenas 26,6 mil exemplares por dia. Os dados utilizados neste post são do Instituto

Datafolha revela que 47% querem Lula candidato e 51% defendem impedimento

A população brasileira continua dividida quanto às possibilidades de o ex-presidente Lula (PT) disputar a Presidência da República. Para 47% dos brasileiros, Lula deveria concorrer nas eleições. Já 51% acham que o petista deveria ser impedido da disputa, a diferença está dentro da margem de erro, de 2 pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada pelo instituto Datafolha e divulgada nesta 5ª feira (1º.fev.2018). O levantamento foi feito entre os dias 29 e 30 de janeiro, logo após a condenação de Lula na 2ª Instância pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região no dia 24 de janeiro de 2018. Foram ouvidas 2.826 pessoas em 174 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou menos.

Auxílio Moradia

A casa em que o juiz Marcelo Bretas vive com sua mulher, a também juíza Simone Diniz Bretas, e com os filhos já apareceu em uma revista de arquitetura e design de interiores. O imóvel, no bairro do Flamengo, tem vista para o Pão de Açúcar. O juiz foi alvo de questionamento na corregedoria por entrar com ação para o recebimento de dois auxílios moradia. Ele conseguiu o direito de receber o benefício apesar de uma resolução que proíbe o pagamento a casais que morem sob o mesmo teto. Simone compartilhou uma foto da publicação em seu perfil do Facebook em abril de 2016. A imagem foi curtida por 53 pessoas, e algumas fizeram comentários. Um apartamento com as mesmas características está anunciado por cerca de R$ 4 mil por dia em um site de locação de imóveis por temporada. As informações são da jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo

Projeto permite que motorista escolha oficina para fazer revisão sem perder garantia do carro

As revisões de carro fora das oficinas credenciadas ou autorizadas pelo fabricante não poderão implicar perda da garantia do veículo, se o Projeto de Lei 9074/17 for aprovado pela Câmara dos Deputados. A proposta foi apresentada pelo deputado Alexandre Valle (PR-RJ). Ele destaca que hoje, para manter a garantia do veículo, “os proprietários são obrigados a fazer a revisão em oficinas autorizadas, as quais lhes impõe valores surreais em cada revisão”. O parlamentar ressalta que a Constituição é taxativa ao assegurar que ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado. O objetivo do deputado, com o projeto, é conferir às oficinas descredenciadas “igualdade com as autorizadas, de modo que os proprietários dos veículos possam escolher onde e com quem fazer suas revisões”. Segundo o texto, os itens obrigatórios exigidos pelo fabricante em suas revisões de garantia deverão ser observados pelas oficinas descredenciadas, ficando as mesmas obrigadas a comprovarem, por meio

Havan poderia se instalar em Bento

Na tarde desta quarta-feira (31), Luciano Hang, dono da rede catarinense Havan, que em dezembro de 2016 recebeu a visita em Brusque do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, anunciou, em reunião no Palácio Piratini, que irá investir no RS. Serão pelo menos 50 mega lojas e 4 pequenas usinas hidroelétricas. Um investimento que deve ultrapassar a R$ 1,5 bilhão. Apesar da aproximação ainda em 2016 com Bento Gonçalves, o empresário declarou que vai priorizar cidades onde os sindicatos concordem com o trabalho aos sábados, domingos e feriados.

Deputados se enrolam e não votam

A estratégia da oposição ao governo Sartori de usar o tempo de três sessões extraordinárias para enrolar e não votar temas importantes para o futuro do Estado deu certo. Foi uma derrota avassaladora para Sartori, mas a derrota é de toda a sociedade gaúcha, porque o que se está discutindo não é o futuro deste governo e sim do Estado. Medidas que estão sendo propostas que trarão governabilidade não apenas para Sartori mas para muitos outros governadores que virão. Nunca na história recente do parlamento gaúcho há registros da necessidade de três sessões extraordinárias sem que haja um desfecho final com a aprovação ou rejeição de projetos em análise. Algo repugnante. Um desserviço a sociedade. Com apenas 19 deputados na obstrução, os deputados de oposição do PT, Psol, PCdoB, mais os do PDT, contaram com interpretações subjetivas do presidente Edegar Preto, que foi inclusive qualificado de golpista pelo deputado Marcel Van Hatten(PP). O deputado do PP foi ainda mais longe, “não me adm